pessoas analisando o retorno para o negócio

Sua estratégia de marketing traz um bom retorno para o negócio?

Fazemos a seguinte pergunta: a sua estratégia de marketing está trazendo um bom retorno para o negócio?

Já faz um bom tempo que o marketing deixou de ser considerado uma área coadjuvante na realidade dos negócios.

Se antes ele era uma ferramenta que somente dava apoio nas vendas e na divulgação da empresa, por meio de ações subjetivas e imensuráveis, hoje tornou-se uma das áreas mais estratégicas para a sua sobrevivência.

Na prática, o marketing foi ganhando espaço e está assumindo cada vez mais responsabilidades no que diz respeito a captar clientes. Por esse motivo, suas ações tornaram-se muito mais objetivas e mensuráveis, sendo possível identificar um grande retorno para o negócio.

A grande realidade é que agora essa área responde por resultados, então seus esforços estão nessa busca incessante por trazer novos clientes. Tendo em vista esse cenário, é importante pensar e implementar uma estratégia de marketing prioritariamente.

Cremos que talvez você já esteja fazendo isso. Então, fazemos a seguinte pergunta: a sua estratégia de marketing está trazendo um bom retorno para o seu negócio?

Confira o restante do post para saber mais sobre o assunto e avaliar se os seus esforços estão valendo a pena!

O que é uma estratégia de marketing?

Antes de mais nada, é preciso entender o que realmente é uma estratégia de marketing. Muitos acham que isso corresponde somente a divulgar os produtos ou serviços da empresa.

Ledo engano! Uma estratégia de marketing envolve publicidade e divulgação sim, mas vai muito além disso, ela abrange questões como: entender a cabeça do consumidor, escolher o produto correto para ele, desenvolver ações para reter e fidelizar clientes, além de fortalecer a sua marca e também a sua reputação.

Nesse sentido, há diversas estratégias de marketing que podem ser adotadas pelos negócios. Sendo que cada uma delas possui objetivos e propósitos específicos. Por isso, é preciso entender como cada uma delas funciona para saber decidir quais se encaixam com as reais necessidades da empresa.

Tenha em mente que o grande objetivo dessas estratégias é atrair as pessoas certas, e assim trabalhar com ações em sua jornada de compra de modo que se tornem clientes da maneira mais eficiente possível, trazendo um retorno para o negócio.

Por fim, sugerimos que essas estratégias sejam documentadas e implementadas por meio de um plano de marketing.

Quais são as estratégias de marketing de sucesso?

Agora que você já sabe que existem diversos tipos de estratégia de marketing, vamos destacar algumas delas para que você possa conhecê-las melhor. Veja:

1. Marketing Digital

Nos dias de hoje, o marketing digital é indispensável para qualquer negócio, pois a presença na internet não é mais uma opção e sim uma necessidade.

Nesse sentido, a melhor maneira de realizar esse trabalho é por meio dessa estratégia, que envolve diversos pilares. Veja abaixo algum deles:

  • Postagens em mídias sociais;
  • Produção de conteúdo para captar leads;
  • Campanhas de email marketing;
  • Automatização da jornada de compra;
  • Relacionamento com os leads;
  • Utilização de ferramentas de análise;
  • Análise e otimização de resultados.

Essa é uma estratégia que recomendamos fortemente que você e o seu negócio a utilizem.

2. Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo também é uma estratégia que sua empresa precisa levar em consideração. A boa notícia é que ela casa muito bem com o Marketing Digital, de modo que uma apoia a outra, ou seja, as duas juntas são uma ótima combinação!

Basicamente, essa estratégia consiste em entender a persona, ter noção de suas dores e necessidades para fornecer materiais que ajudem-a em todas as etapas de sua jornada de compra.

Dessa forma, é possível lançar “iscas” por meio de materiais, e assim, captar leads para implementar outras ações com conteúdos complementares para se relacionar de forma eficiente com eles, até tornarem-se clientes.

3. Marketing de Guerrilha

Outra estratégia interessante é o marketing de guerrilha. Aliás, é uma das poucas que podem causar um grande impacto em um curto período de tempo e com poucos recursos.

Esse tipo de estratégia foi inspirada na Guerra do Vietnã, em que os soldados não tinham muitos recursos, mas conheciam muito bem o terreno em que estavam pisando.

No mundo dos negócios isso pode ser traduzido no sentido da empresa não contar com um orçamento elevado para realizar suas ações de marketing, mas o conhecimento de mercado ajuda a superar essa barreira com maestria!

Porém, para aplicar esse tipo de estratégia é preciso ter muita criatividade. Um exemplo desse tipo de estratégia pode ser uma empresa de refrigerantes oferecendo bebidas de graça em alguma ação comemorativa.

É importante se atentar também a como essa estratégia será elaborada, pois ela pode ofender o cliente e isso pode ser irreversível.

4. Marketing de Permissão

O marketing de permissão é uma das estratégias mais fáceis e intuitivas de se implementar. Ele consiste em pedir permissão para o cliente para enviar qualquer ação de marketing. Simples, não?

A eficiência dessa estratégia está no fato de que será possível se comunicar apenas com quem realmente é o seu público-alvo e tem interesse no seu segmento. Então, é esperado que as ações tenham um nível de assertividade maior do que quaisquer outras.

Um exemplo de ação de marketing de permissão, é colocar um campo em seu blog em que o cliente possa deixar o email para receber as novidades do seu negócio e do seu mercado de atuação.

5. Marketing de relacionamento

Esse tipo de estratégia é focada na parte do relacionamento dos clientes com o negócio. Desse modo, ela propõe a realização de atividades que possam melhorar a parte de atendimento e pós-venda.

Além disso, ações que fortaleçam o elo entre o cliente e o produto ou serviço também são uma ótima pedida. Isso ajuda a garantir que o consumidor tenha um nível de satisfação considerado bom e também contribuir para o seu processo de fidelização e retenção.

Obviamente que existem outras estratégias de marketing, então vale dar uma pesquisada e entender se alguma outra faz sentido para o seu negócio.

Como mensurar as suas estratégias de marketing?

O grande desafio em trabalhar com estratégias de marketing é saber mensurá-las. Afinal, como falamos no início, o marketing agora responde por resultados, então é preciso buscar isso.

Para ajudar nessa questão, listamos alguns pontos que você precisa se atentar ao definir suas estratégias de marketing:

  • Tenha um objetivo maior;
  • Se for preciso, quebre esse objetivo maior em menores;
  • Para cada objetivo definido, estabeleça metas;
  • Elabore ações que apoiem a atingir esses objetivos;
  • Faça um acompanhamento periódico dessas ações de modo que seja possível mensurar se elas estão ajudando a atingir esses objetivos;
  • Documente tudo para que seja possível analisar os resultados e aplicar correções para os próximos passos.

Como escolher a estratégia de marketing correta?

A princípio, entenda que não existe estratégia de marketing que seja perfeita, existe a que se encaixe melhor com a sua empresa. Porém, vamos fornecer algumas dicas para que você consiga se preparar e decidir essa questão da forma mais eficiente possível:

Tenha uma persona

O primeiro passo para ser assertivo na estratégia de marketing é conhecer o seu público-alvo. Não há melhor maneira de fazer isso do que utilizar a ferramenta de buyer personas.

Esse tipo de recurso oferece diversas vantagens, destacamos o entendimento do que se passa pela cabeça do cliente e quais são os momentos mais propícios para se relacionar com ele.

O ideal é que você peça ajuda para a sua equipe na hora de definir a sua persona, pois eles também se relacionam com os seus clientes e podem fornecer insights relevantes nessa construção.

Trabalhe com objetivos e metas que sejam precisos

Fica praticamente impossível saber se estamos chegando em algum lugar se não entendermos se o caminho que estamos tomando está nos levando para o destino correto.

Com os objetivos e metas é a mesma coisa, é preciso que eles sejam totalmente mensuráveis de forma que seja viável entender o seu progresso.

É preciso também que eles sejam alcançáveis, pois objetivos e metas inalcançáveis causam muito mais desmotivação do que estímulos ao cumprimento de qualquer objetivo. Então, preze por ter objetivos e metas o mais numéricos possíveis.

Meça tudo que seja possível

Já falamos sobre isso, mas não custa nada reforçar: Ter métricas bem definidas é essencial para analisar se o negócio está caminhando para cumprir seus objetivos.

A boa notícia é que hoje a tecnologia nos ajuda a medir muitas coisas, principalmente as ações relacionadas ao marketing. Então, sugerimos a utilização de KPIs nesse processo.

O grande segredo é saber mensurar tudo que seja possível, desde que isso seja relevante para avaliar se as estratégias e ações de marketing estão funcionando. Um exemplo de KPI bem elaborado é: “Aumentar em 50% a geração de leads em 30 dias”.

Fique atento ao ROI

Uma das métricas em especial que deve ser acompanhada sem exceção é o ROI.

O ROI é a sigla para Retorno Sobre o Investimento, em português. Para calcular essa métrica é muito fácil, basta levantar o quanto foi investido e o quanto obteve de retorno financeiro em uma ação. Após isso, faça a divisão entre ambos.

Por exemplo, se uma empresa investiu R$1000 em uma ação de compra de mídia paga e isso gerou R$4000 em vendas, o ROI dessa ação é de R$4000 / R$1000 = 4. Ou seja, essa ação gerou um retorno de 4 vezes mais o valor investido.

Então, tenha como hábito calcular o ROI sempre, pois só assim será possível entender se as ações estão dando resultado ou não!

Agora que você já sabe verificar se a sua estratégia de marketing está dando retorno, conheça os benefícios de aplicar os 4 ps do marketing nas suas soluções de negócio!