Melhor momento para empreender

Qual o melhor momento para empreender e como?

Análise sobre os melhores momentos para empreender e a melhor forma de fazer isso

O artigo de hoje foi escrito por Marcos Rezende, que escreve regularmente sobre desenvolvimento pessoal e negócios no Insistimento.

Tenho vinte anos, sou estudante e sonho empreender. Este é o momento certo?

Tenho trinta anos, sou empregado de uma grande indústria e quero ser dono do meu próprio negócio. Este é o momento certo?

Tenha quarenta anos, três flhos, sou gerente de operações de uma grande companhia, ganho bem, mas não vejo a hora de fazer aquilo que gosto e mandar no meu nariz. Este é  momento certo?

Por causa do medo de perder uma oportunidade ou errar o momento de entrada no mercado, muitos empreendedores ficam estagnados em uma vida que não querem mais.

É como aquela incerteza que nós temos na hora em que vamos descer uma ladeira de bicicleta, skate ou patins. Dá ou não dá?

Nunca iremos saber se não pularmos.

Acontece que pulando nós perderemos aquela posição de conforto no topo na ladeira, enquanto ao mesmo tempo, sem pular, nós perdemos a oportunidade de saber se dá certo ou não se jogar dali.

Se a vida é uma caixa de experiências e nós, como empreendedores, somos ávidos por conquistar novos limites, porque então não pular logo em direção a esse sonho?

Nas próximas linhas eu quero lhe dar dicas de como empreender de acordo com o seu perfil de vida e também lhe convidar a reflexão sobre o seu momento certo.

Pulamos ou não?

20 anos e estudante

Comece logo a sua carreira como empreendedor, mesmo que você tenha que trabalhar para uma outra pessoa em um primeiro momento. Aprenda a vender e não cobre salário. Aliás, nunca cobre salário de ninguém, pois ele vai te deixar confortável e você não vai correr atrás das vendas, que é o mais importante.

30 anos e empregado

Comece logo a sua carreira como empreendedor tocando um negócio em paralelo com o seu atual emprego. Ganhe experiência nele e se não tiver filhos ou compromissos com a vida de outras pessoas, saia do emprego quando o negócio em paralelo estiver rendendo pelo menos metade daquilo que você ganha no seu atual emprego.

40 anos e estabelecido profissionalmente

Comece logo a sua carreira como empreendedor aproveitando o seu conhecimento estratégico e a reserva financeira que acumulou durante a sua vida profissional para resolver um problema simples a partir do topo. Não reinvente a roda, mas satisfaça uma necessidade do mercado contratando pessoal e produzindo resultados financeiros enquanto encerra sua carreira como empregado. Reserve pelo menos um ano de receita em um fundo de investimentos conservador para se precaver de deslizes no seu novo negócio.

50 anos ou mais

Comece logo a sua carreira como empreendedor utilizando toda a experiência e segurança que acumulou na vida para encaminhar uma empresa jovem que necessita dessa experiência para reconhecer e vencer as dificuldades. Se posicione como um mentor e conduza a empresa com a leveza de quem já casou e criou filhos.

Comece logo

Por mais livros e artigos que você leia e por mais vídeos, filmes e palestras que você assista, você nunca vai obter um conhecimento tão real como a experiência de empreender.

Meu histórico como empreendedor é da área de prestação de serviços, mas hoje um dos meus negócios é voltado para o comércio.

Apesar de eu ter acreditado que comércio basicamente era comprar algo aqui e revender ali, a coisa não é bem assim.

Eu precisei aprender tudo de novo.

A negociar preços, a emitir nota fiscal, resolver problemas tributários entre outras questões que até então não faziam parte do meu arsenal de empreendedor, mesmo após 20 anos como um.

Comece logo. Mesmo.

Se a sua dificuldade para empreender for dinheiro, comece logo, mesmo que sem dinheiro. Crie uma alternativa para você começar. Não pegue empréstimo, mas comece com o mínimo desde já.

Se a sua dificuldade para empreender for tempo, comece logo também, mesmo que com pouquíssimo tempo, pois é melhor fazer alguma coisa do que nada. Diga não para aquelas coisas que te fazem gastar mal seu tempo e dinheiro e consiga minutos aqui e ali para começar a construção do seu negócio.

Lide com a culpa

Não se sinta culpado por ainda não ter começado. Isso só fará com que você perca ainda mais tempo.

Eu uso sempre a metáfora do carro viajando em uma estrada.

Se você olha só para o retrovisor você acaba batendo o carro.

Olhe pra frente. Olhe para a estrada.

A imagem que aparece no retrovisor só retrata o caminho que te levou até o momento onde você está agora.

Se não fosse esse caminho que você percorreu, você não estaria aqui, agora, lendo essas linhas e buscando motivação para empreender.

O melhor momento para empreender é agora.

Você está com a faca e o queijo na mão.

“Simbora” pra cima!

Marcos Rezende, 35 anos, praticante de jiu-jitsu, pai de dois filhos e padrasto de outras duas meninas, escreve regularmente sobre desenvolvimento pessoal e negócios no Insistimento. Conheça o Campus Insistimento, um ambiente que reúne conteúdo de primeira, orientação profissional e apoio financeiro para o seu projeto.