propagandas criativas

6 dicas que vão te ajudar a criar as melhores propagandas criativas!

O poder da propaganda não deve ser desprezado por qualquer negócio que deseje chegar ao sucesso. É ela que aumenta o alcance da marca, atrai clientes e pode contribuir até mesmo para gerar conversão.

O poder da propaganda não deve ser desprezado por qualquer negócio que deseje chegar ao sucesso. É ela que aumenta o alcance da marca, atrai clientes e pode contribuir até mesmo para gerar conversão.

Quando as propagandas criativas são o assunto principal, esses efeitos são ainda mais intensos. Ao fazer diferente de uma maneira altamente impactante, a propaganda criativa gera diferenciação dos concorrentes, melhora a percepção de marca e pode até mesmo se tornar viral, fazendo com que o alcance do negócio aumente de maneira orgânica.

propagandas criativas - faber castell

O que separa o seu negócio de uma propaganda criativa e impactante é um caminho com apenas alguns passos e que podem levar diretamente ao sucesso. Ficou curioso? Então veja 6 dicas que vão te ajudar a criar uma propaganda criativa.

Entenda o seu público-alvo

Uma propaganda criativa que não é efetiva em gerar interesse no seu público de interesse não cumpre a sua função principal. Sendo assim, antes de pensar em elementos inovadores é preciso considerar quem é o público que você deseja atingir.

Esse tipo de análise vai permitir que o seu negócio tenha um olhar mais empático. Ao se colocar na posição do seu cliente é mais fácil entender quais são suas dores, suas dúvidas ou seus problemas, de modo a criar uma propaganda que atinja exatamente esse ponto.

Além disso, o entendimento do público-alvo é fundamental para entender quais elementos, linguagens e meios utilizar em busca de mais conversão.

Para ter essa informação é possível tanto analisar dados e estatísticas de perfil de consumo como também perguntar diretamente aos clientes para entender melhor sobre seus hábitos e necessidades.

Saiba o que é tendência

Propagandas criativas saem do senso comum, mas, ao mesmo tempo, seguem algumas tendências, inclusive em respeito aos assuntos tratados. Sendo assim, não dá para ignorar o que faz sucesso atualmente em busca do que o seu negócio deve anunciar.

Tudo depende do público-alvo desejado e, partindo daí, é benéfico entender quais são as tendências de assuntos e interesses desse público.

propagandas criativas -MTV

Também vale a pena pensar em quais meios e ferramentas são tendências no mercado, como aconteceu recentemente com o uso dos vídeos 360° nas propagandas. Ao mesmo tempo, é fundamental entender que não basta seguir o que faz sucesso, mas, sim, dar uma nova cara a elementos que estão em alta.

Foque em mexer com as emoções

Uma propaganda criativa muitas vezes não usa recursos caros e nem nada inovador demais. Porém, ela gera essa sensação porque mexe com as emoções. Pode ser uma sacada genial que causa o riso ou uma peça publicitária que causa comoção de um jeito completamente novo.

O que essas propagandas têm em comum é que a maioria delas mexe com a emoção de quem é atingido. O motivo para investir nas emoções é que estudos revelam que, na hora de avaliar uma marca, consumidores se baseiam mais em sentimentos do que em fatos concretos.

Ao criar uma propaganda que mexa com a emoção de quem a vê, maiores são as chances de capturar a atenção e gerar a sensação de criatividade acima da média.

Invista em propagandas interativas

Uma dos grandes estrelas do mundo da propaganda atualmente é o conteúdo interativo. Em vez de apenas fazer um anúncio para as pessoas, as marcas estão investindo cada vez mais em fazer com que eles interajam com o conteúdo.

Se houver um bom planejamento, a sua marca pode fazer uma propaganda criativa ao usar a interatividade como um dos pilares.

propagandas criativas - interativa

Um exemplo recente é o de uma marca brasileira de roupas que criou um teste para que as pessoas identificassem a melhor combinação de cores de acordo com a personalidade.

Divertido e leve, o teste sequer se mostrou como uma propaganda até o resultado, gerando engajamento e uma visão muito mais criativa.

Além de tudo, ao investir em uma propaganda interativa você, está de certo modo, oferecendo uma experiência para o cliente. Como 70% da percepção de marca é determinada pelas experiências com as pessoas, essa é uma boa oportunidade de gerar melhores resultados para o negócio.

Pense fora da caixa

Muita gente acha que para fazer uma propaganda criativa é preciso gastar uma grande quantidade de recursos ou ter uma ideia muito complexa.

A verdade, entretanto, é que a criatividade está na simplicidade de perceber algo que ainda não foi utilizado, mas que é facilmente compreendido pelo público.

propagandas criativas - hortifruti

Sendo assim, mais do que um grande orçamento é muito importante pensar fora da caixa. Em vez de se limitar pelo que já foi feito até agora, faça com que toda a equipe pense que tipo de propaganda as pessoas gostariam de ver, que tipo de experiência querem ter com a propaganda.

Esse pensamento lateral também permite que recursos que já existem sejam utilizados de uma maneira totalmente nova, como foi o caso do recurso “Editar publicação” no Facebook que se transformou em uma poderosa ferramenta em uma campanha publicitária.

Use o brainstorming a favor da criação

Se fosse para fazer uma propaganda comum, bastaria utilizar elementos consagrados, como textos altamente apelativos e elementos que já são conhecidos. Porém, se o objetivo é fazer uma propaganda criativa é preciso captar ideias completamente inovadoras e trabalhar em cima delas.

Por isso, dá para fazer um brainstorming levando todos esses pontos em conta. Essa reunião em busca de ideias deve ser feita de modo a estimular que os participantes surjam com novas possibilidades, sem julgamentos.

Depois de encerrado esse processo é importante selecionar as melhores ideias que sejam viáveis, já que isso vai permitir uma criação mais assertiva.

propagandas criativas - ótica

As propagandas criativas são aquelas que geram interesse, capturam a atenção e mexem com as sensações de uma maneira positiva e impactante para a marca.

Por isso, é preciso começar entendendo o público-alvo e, então, considerar possibilidades como o uso das emoções e de conteúdo interativo.

O fundamental nesse momento é pensar lateralmente e encontrar novas possibilidades para o que já é feito atualmente, surpreendendo e gerando o impacto desejado.

Porém, não vale confundir marketing e propaganda. Para não errar, aproveite e leia nosso post com as diferenças entre os dois.