Prédio corporativo: construa uma fachada impecável

Prédio corporativo: construa uma fachada impecável

Entenda o que é preciso para criar uma fachada incrível para o seu prédio corporativo. São vários elementos que devem ser considerados para que a fachada do seu prédio corporativo esteja de acordo com a identidade de marca da sua empresa, confira!
Cursos de Marketing Digital para empresasPowered by Rock Convert

As fachadas são o cartão de visitas de um imóvel, tanto residencial quanto comercial. Porém, com os imóveis corporativos os cuidados devem ser redobrados, já que a obra precisa refletir a proposta e os valores da empresa.

Errar na construção da fachada de prédio pode comprometer o seu negócio, pois é muito importante passar para a clientela uma mensagem positiva do estabelecimento.

Mas não se desespere! Vamos mostrar que, para não correr riscos, é preciso considerar a localização do imóvel, a identidade da marca e o tipo de revestimento ideal.

Continue a leitura e construa uma fachada de prédio impecável!

Localização do prédio

Não há forma de escapar: os edifícios ficam sujeitos à ação do tempo. Por isso, avaliar a localização do prédio é o primeiro passo para protegê-lo das intempéries climáticas, como sol, chuva, umidade ou ventos excessivos.

Os revestimentos podem ser grandes aliados nessa tarefa. Em construções no litoral, por exemplo, essa questão é ainda mais decisiva, considerando que a ação da maresia é bastante prejudicial.

As opções de materiais mais comuns para fachadas corporativas são pintura, concreto e cerâmica. Esta última, inclusive, é a campeã de uso em prédios litorâneos, já que os revestimentos cerâmicos suportam muito bem os impactos da maresia e da insolação direta. Além disso, trazem uma personalidade única à fachada, aliando resistência, praticidade e estética ao ambiente corporativo.

Identidade visual da empresa

A fachada de prédio corporativo precisa refletir a identidade visual da empresa, com todos os elementos visuais — logo, cores, padrões etc. — dialogando de forma harmoniosa.

Mas como isso funciona na prática? É bem simples: a aparência do estabelecimento é o que motiva (ou não) o público a conhecer a empresa. Sabe aquela velha história de que a primeira impressão é a que fica?

Quando a fachada é revestida de forma correta, a missão e a visão da empresa são refletidas de forma natural, evidenciando uma imagem positiva da marca diante do público. Consequentemente, a clientela passa a sentir mais confiança e segurança nos serviços prestados por aquele empreendimento.

Por outro lado, um revestimento mal-escolhido pode até mesmo “esconder” a logo da empresa, o que deixaria os valores positivos da marca em segundo plano. E isso é tudo o que você não quer para seu negócio, certo?

Escolha dos revestimentos da fachada

Agora, chegamos ao ponto crucial da construção de fachadas. Como vimos ao longo do post, a escolha dos revestimentos influencia de forma direta na imagem da empresa.

Para acertar em cheio, basta considerar os dois aspectos já citados (localização do prédio e identidade visual) e garantir que a fachada receba manutenções regulares para se manter sempre bonita e vistosa, independentemente do acabamento escolhido.

A seguir, listamos os principais revestimentos de fachadas de prédio para te ajudar nessa escolha. Confira!

Pintura

A pintura é prática e econômica. Mas, por melhor que seja a tinta escolhida, esse recurso demanda muito mais manutenção do que você pode imaginar. Afinal, não há pintura que suporte a exposição direta ao sol e à chuva por longos períodos.

Se ainda assim você pretende usar tinta, é fundamental investir em produtos de boa qualidade, que ofereçam maior durabilidade e resistência às ações do clima.

Concreto

Inteiro ou em blocos, o concreto é uma alternativa muito viável para fachadas, uma vez que oferece funcionalidade e economia ao projeto. A maior vantagem dessa opção é que as construções feitas com esse material exigem poucos cuidados de manutenção e têm uma vida útil considerável.

Mas se a intenção é criar uma fachada personalizada e que tenha a cara da empresa, o concreto pode não ser a melhor opção. Isso porque a estética do material transmite uma imagem mais homogênea e, portanto, menos original.

Tijolo

O tijolo aparente é outro recurso muito utilizado em fachadas comerciais ou industriais, em especial por conta de sua versatilidade. Os famosos tijolinhos combinam muito bem com vários tipos de materiais e oferecem mais personalidade sem pesar o design.

A desvantagem é que a construção desse tipo de fachada exige uma mão de obra bastante detalhista e caprichosa, pois é preciso que o formato e a projeção dos tijolos se encaixem perfeitamente para compor a padronagem escolhida.

Madeira

Revestimentos amadeirados reúnem sofisticação, beleza e aconchego. No entanto, a madeira muitas vezes não é utilizada sozinha em revestimentos externos. Para dar mais leveza à composição, costuma ser acompanhada de outros materiais, como pedras ou vidros.

Por ser de origem nobre e natural, a madeira pode não ser uma opção muito viável em termos econômicos. Além disso, fachadas com revestimentos amadeirados exigem cuidado em dobro com a manutenção. Impermeabilização e envernização periódicas, por exemplo, são necessárias para proteger a madeira das ações do clima e de cupins.

Pedra

As pedras são ótimas alternativas para o revestimento de fachada de prédio, pois permitem a composição de diversos tipos de design, dos rústicos aos mais modernos. Tudo depende da linguagem que a empresa deseja transmitir.

Esse tipo de revestimento não exige muita manutenção, além de limpeza. Por outro lado, os revestimentos em pedra geralmente não são uma escolha econômica.

Porcelanato

Essa é uma opção de revestimento muito indicada para regiões úmidas. O porcelanato protege a estrutura dos impactos causados pela umidade excessiva do ar. Além disso, são peças de acabamento frio, o que favorece o conforto térmico do ambiente interno.

Cerâmica

Os revestimentos cerâmicos saem na frente quando o assunto é praticidade, resistência e beleza. Isso sem falar no excelente custo-benefício para a composição de fachadas de prédio. A cerâmica suporta as mais intensas variações climáticas: radiação solar, umidade excessiva e contato com a maresia.

As peças cerâmicas têm origem natural e seguem um rigoroso processo de fabricação, aliando sustentabilidade, tecnologia avançada e alto padrão de qualidade. Esse processo garante a vida útil e a versatilidade inigualável do material.

No mercado especializado, há cerâmicas das mais variadas cores, texturas e padronagens. Certamente você vai encontrar peças únicas e que tenham tudo a ver com a identidade da empresa. Com todas essas vantagens, é ou não é uma escolha perfeita para deixar a fachada impecável?

Após essa leitura, imaginamos que você já está bastante inspirado para construir uma fachada de prédio com a cara do seu negócio. Então, aproveite o momento e assine nossa newsletter para receber todas as novidades!

Texto produzido pela equipe Pointer.