Dicas de estratégia

Passo a passo para chegar à gestão estratégica

Dicas de como melhorar a estratégia da sua empresa

O artigo de hoje foi escrito por Kleiton Fontes, da Templum, uma consultoria online para pequenas empresas

Sem dúvida alguma a vida seria muito mais fácil se já nascêssemos com o conhecimento necessário para empreender. Fico feliz ao ver escolas que estão trabalhando com esse foco desde os primeiros anos do ensino fundamental.

Ao chegar à fase adulta, o lado profissional ganha muita importância, pois é de lá que sairão os recursos financeiros que balizarão e estruturarão outras áreas da nossa vida. Afinal, vivemos em um sistema capitalista.

No nosso dia a dia, ano após ano, vamos lidar com a vida através de valores e da educação que nossos pais nos transmitiram.

Mas, no mundo dos negócios, a exigência é ainda maior – consequentemente, muitas competências se fazem necessárias para gerenciar um negócio de forma efetiva e com bons resultados.

Dicas de estratégia

As principais competências que devemos ter
O conhecimento (saber), ou seja, o cruzamento de informações, conceitos, ideias, referências, dados e experiências, tem a capacidade de nos nutrir com intuições, conclusões e insights necessários para a tomada de decisões no nosso dia a dia.

Já as habilidades (o saber fazer), que estão ligadas aos nossos recursos internos (motivação, inspiração, objetivos, sonhos e desejos) e externos (financeiros, influências, relacionamentos), podem nos dar o combustível para atingir objetivos, solucionar problemas e nos posicionar diante das negociações e gestão de pessoas e do negócio.

As nossas atitudes (saber ser) estão relacionadas à expressão através do comportamento, da postura diante dos desafios e são a concretização de uma intenção através de um ato, postura ou comportamento.

Essas características juntas são chamadas de competências. Juntas elas formam um ciclo sinérgico – ou seja, o resultado dessa combinação é maior do que a soma dos resultados que esses fatores teriam separadamente.

De que vale atitude sem conhecimento?
Analise ao seu redor e perceba que uma pessoa pode ter conhecimento, mas não ter habilidade – assim como pode ter habilidade e não ter conhecimento. Assim como ter atitude e não ter conhecimento. De que vale a atitude sem o conhecimento?

A junção desses fatores formam as competências de uma pessoa e a sua manifestação produz uma atuação diferenciada.

Esta dinâmica é muito similar ao processo que toda empresa passa ao implementar o planejamento estratégico no negócio.

É preciso ser estratégico
A maturidade de uma empresa não se mede por seu tempo de mercado, mas sim pelas suas competências na área de gestão.

Pense bem qual o grau de maturidade de uma empresa com 20 anos de mercado – mas que possui uma gestão financeira superficial e que nem possui um sistema de gestão de processos e um plano estratégico.

No mundo dos negócios atual não basta ter as competências básicas de um administrador. Toda empresa moderna deve trabalhar conforme os princípios da gestão estratégica. Este é o pulo do gato atual!

Gestão estratégica em 3 fases 
Para se ter uma gestão estratégica, a sua empresa precisa passar pelas 3 fases seguintes fases:

1) Conhecimento estratégico – Está relacionado ao conhecimento da estrutura interna da empresa (parte física, tecnológica ou humana) e todo o seu potencial de crescimento, ao conhecimento do mercado (com a sua dinâmica específica, nichos e segmentos, oportunidades atuais e tendências), e da sua concorrência, além do conhecimento e da definição dos objetivos do seu negócio.

2) Implementação do plano – É a fase na qual o plano será implementado na empresa. É a penetração dos objetivos da empresa (com suas metas e prazos) na rotina diária do negócio. Para isso é necessário um processo de comunicação eficaz com todos os colaboradores, a fim de ampliar o comprometimento de todos e de contribuir ainda mais com a empresa no sentido de atingir os seus objetivos.

3) Controle e monitoramento – É a fase de análise dos resultados obtidos pela empresa, a cada semana, a cada mês. É neste momento que a empresa perceberá se a estratégia adotada tem trazido os resultados projetados no plano e é quando o empresário poderá fazer os ajustes e redirecionamentos para que se aumente a eficiência e a eficácia do planejamento estratégico.

Recomendação: Planejamento Estratégico online
Para ajudar os micro e pequenos empresários a obter sucesso nestas três etapas, a Templum Consultoria Online acaba de lançar a implementação de Planejamento Estratégico.

A Templum vai te ajudar a criar e a implementar o plano estratégico no seu negócio da melhor forma possível.

Abraços,
Kleiton Fontes

Sobre o autor: Kleiton Fontes é publicitário pela IELUSC – Joinville (SC), possui experiência de mais de 10 anos nas áreas de marketing e planejamento estratégico adquirida em empresas como Rhodia e ArcelorMittal. Atua pelo SEBRAE (em parceria com o CNPq) como Agente Local de Inovação, na região de Campinas (SP) e como desenvolvedor do produto Planejamento Estratégico da Templum Consultoria Online.

 

  • Cristiano Silva

    Maravilhoso o post, parabéns! E um artigo que pode nos ajudar na administração da nossa vida. E o que mais me chamou atenção foi essa frase “De que vale atitude sem conhecimento” isso pouco consegue perceber.

    Att,
    Silva – Consultor de Sistema ERP da SBG.