overdelivering

8 dicas para usar o overdelivering e aumentar as vendas

O overdelivering tem sido bem utilizado por trazer bons resultados e, acima de tudo, ajudar na fidelização.

O overdelivering tem sido bem utilizado por trazer bons resultados e, acima de tudo, ajudar na fidelização.

Ele garante que o cliente receba o que foi prometido antes do prazo ou ganhe algo a mais, gerando satisfação e contentamento com a empresa.

Ganhou mais espaço porque as empresas precisam buscar alternativas para aumentar as vendas, e, atualmente, isso não se resume apenas em ter os melhores produtos à disposição.

É preciso que o cliente se sinta surpreendido com o que está sendo oferecido, e que isso acabe se tornando uma satisfação durante e após a compra.

overdelivering

Quer garantir a satisfação do seu cliente em todos os momentos da compra?

Então confira abaixo oito dicas para usar essa estratégia em sua empresa em diversos momentos e adéque-as ao seu negócio.

1 – Trabalhe com prazos reais e entregue antes

Um dos problemas que percebemos é que, para conseguir utilizar o overdelivering, algumas empresas prorrogam o prazo de entrega para o cumprirem com antecedência.

Isso vai totalmente contra a proposta. Não se deve camuflar uma falsa percepção no cliente e, muitas vezes, isso faz com que ele desista da compra pelo prazo inicial passado, afinal, não tem como saber que receberá antes.

Se informar um prazo para entrega e conseguir entregar antes do esperado, ponto para quem vendeu.

Imagine um sábado à noite e dá uma vontade de comer pizza. Ao ligar para a pizzaria, é informado que o prazo e entrega é de uma hora e meia. Isso pode até desanimá-lo, mas mesmo assim o pedido é feito.

Caso a entrega seja feita em 40 minutos, o cliente se sentirá especial, bem atendido pela pizzaria e que até mesmo a vontade de comer a pizza pode melhorar.

E quando perguntarem o que fez no sábado à noite, ao dizer que pediu uma pizza, com certeza se lembrará de mencionar que a pizzaria até entregou antes, ajudando no famoso ‘boca a boca’.

2 – Reestruture a empresa pensando nas vendas

Já que não se pode aumentar os prazos para causar uma falsa sensação de antecipação, é preciso fazer isso de outra maneira.

Deve-se repensar o método de trabalho e a forma como os dados são trabalhados para que possam ser agilizados.

Imagine uma seguradora que trabalha com venda online de seguro auto.

O cliente solicita uma cotação, porém ela primeiro passa por um filtro pela área comercial (que realiza diversas tarefas e não tem isso como prioridade) e, somente depois, é direcionada ao corretor, que analisará e encaminhará a proposta.

Com esse processo, perde-se um tempo muito grande – e até mesmo dias -, mas o cliente queria uma informação simples e rápida na cabeça dele.

Para agilizar, as solicitações poderiam ser encaminhadas direto para os corretores, que verificariam de forma online e já poderiam responder prontamente tudo sobre o seguro do carro.

3 – Ofereça descontos

No momento em que o cliente busca o produto, ele não precisa receber esse tipo de informação, ela deve ser uma “carta na manga”.

Ao enviar, por exemplo, a cotação do seguro, informe que se ele fizer a adesão em até X dias, pode conseguir um desconto em relação ao preço normal.

overdelivering : sale

Esse desconto também pode ser concedido em uma próxima compra ou com a indicação de amigos, sempre verificando o que acaba sendo mais vantajoso para ambos os lados.

4 – Tenha frete grátis (sempre que possível)

Se possui uma loja virtual, nada melhor do que oferecer o frete grátis, ou por um valor reduzido.

Em muitas situações, o preço encontrado na internet acaba sendo bastante vantajoso, porém o valor do frete acaba pesando na decisão de compra.

Possibilitar que o cliente receba o produto sem precisar pagar pela entrega pode contar muito a favor da loja.

5 – Invista na degustação

Bastante utilizada em produtos alimentícios e dos segmentos virtuais, a degustação permite que a pessoa experiente o serviço antes de contratar.

Quem nunca passou no supermercado e fez a degustação de um biscoito ou algum outro produto e acabou levando-o?

Na internet, isso não é muito diferente e também pode acontecer.

Uma opção é permitir que o cliente utilize o produto de forma gratuita por um determinado período e, depois disso, comece a pagar, caso deseje continuar. Isso é comum com sites de emprego.

Outra possibilidade é contar com uma versão gratuita e outra paga.

Muitos antivírus trabalham dessa maneira, com a versão gratuita, que proporciona proteção parcial, e a versão paga, que conta com uma gama muito maior de recursos.

6 – Dê um brinde

Todo mundo gosta de ganhar brindes, por mais simples que eles sejam.

A empresa pode oferecer um produto de brinde para compras acima de um determinado valor.

Pode também ser utilizada, inclusive, com serviços. Uma agência de turismo vende basicamente viagens e seguros de viagem, um serviço, que não pode pegar.

Porém, pensando em agradar os clientes e também em divulgar a empresa, é bastante comum vermos mochilas e malas com logotipo de agências de turismo.

O cliente fica satisfeito e a empresa ainda consegue uma melhor divulgação.

7 – Tenha um cartão de fidelidade

As grandes lojas e magazines trabalham bastante com esse tipo de fidelização de clientes.

Ao fazer uma compra, o cartão logo é oferecido e são apresentadas todas as suas vantagens – como descontos, troca de pontos por produtos e muitas outras.

overdelivering : cartão de crédito

Ele traz tanto resultado que já acabou sendo adotado até por alguns restaurantes, onde a cada X refeições se ganha uma grátis.

Porém, tenha as regras do programa de fidelidade bem definidas para que isso não acabe gerando insatisfação no cliente por não saber como utilizar e ao que têm direito.

8 – Melhore seu atendimento com foco no cliente

O atendimento ainda continua sendo um grande diferencial que qualquer empresa pode oferecer, e deve ser muito bem trabalhado.

Os vendedores precisam estar preparados para dar toda a atenção que o cliente precisa e merece, sabendo entender e atender todas as suas necessidades.

Deve-se ter cuidado para que esse atendimento não passe de algo bom para exagerado, fazendo com o cliente se sinta sufocado.

Em um atendimento presencial, busque agradá-lo oferecendo um café, por exemplo.

Já no atendimento online, tente ser o mais rápido possível, e sempre se mostrar atento ao que está acontecendo.

Seguindo essas dicas acima, com certeza você poderá usar o overdelivering para aumentar as vendas. E você, já usa essas estratégias em seu negócio?

Por Jeniffer Elaina.

Trabalha como Editora freelancer, tendo mais de cinco anos de experiência em escrita e revisão de artigos para web. É formada em Marketing com pós-graduação em Administração de Empresas na FGV. Sua maior paixão é poder compartilhar conhecimentos e aprender um pouco mais a cada dia.

Quer aprender a fazer um bom plano de vendas e alavancar os resultados da sua empresa? Leia o nosso post e confira nossas dias.