Os 2 diferentes tipos de empreendedores

**A dica de hoje foi dada por Seth Godin em seu **blog

Empreendedores e profissionais de marketing normalmente se encaixam em uma dessas 2 categorias:

  1. Alguns se beneficiam quando os clientes ficam mais espertos. Quanto mais bem informados, antenados e com opinião própria seus clientes forem, melhor para eles.

  2. A maioria se beneficia quando os clientes são ignorantes. Quanto menos eles sabem sobre as opções disponíveis, mais fácil é de manipulá-los. Quanto mais indefesos os clientes, melhor para os marketeiros.

Tim O’Reilly não vende livros, ele vende conhecimento. Quanto mais esperto o mundo ficar, melhor pra ele.

Porém, a grande maioria dos empreendedores segue um caminho oposto. Peça algum conselho sobre seus concorrentes, eles irão ir dar de ombros e falar “Eu não sei”. Pergunte sobre seus fornecedores e não te falarão nada. Peça para te falarem sobre o que eles fazem e a resposta será “é segredo”. O cliente perfeito é um cliente com pressa, muito dinheiro e sem muito conhecimento sobre as opções disponíveis.

Você já deve imaginar o desfecho disso – se apenas um profissional entrar em campo e trabalhar para deixar as pessoas mais espertas, os concorrentes terão dificuldade para criar uma estratégia baseada na ignorância.

Eles podem ofuscar a competição usando propagandas, mas, cedo ou tarde, é inevitável que a informação irá se espalhar a favor dos que apostaram nela.

Apesar de nunca termos pensado nessa batalha “bem contra o mal”, sempre defendemos que é importante gerar conteúdo sobre a sua área e ensinar o seu cliente sobre isso. Quanto mais ele entende o que você faz, mais ele entenderá que você realmente sabe do que está falando.

Para conferir mais detalhes sobre nossa estratégia de geração de conteúdo para criar a marca Empreendemia, recomendo o artigo Como tornar-se um rockstar da sua área.

Se quiser receber diariamente nossos “segredos” sobre empreendedorismo, assine nosso RSS ou siga-nos no Twitter: @empreendemia.

comments powered by Disqus