o que vender

Afinal, o que vender? Saiba como elaborar seu mix de produtos

Está na dúvida sobre o que vender? Continue a leitura e esclareça suas ideias sobre o processo de definição do seu mix de produtos.

Muitos candidatos a empreendedor enfrentam problemas na hora de decidir o que vender. Montar um mix de produtos nem sempre é tarefa fácil. Pesa sobre essa atividade a insegurança de realizar um bom investimento, a escolha de fornecedores e principalmente o medo de que os produtos escolhidos não atraiam fregueses.

No entanto, essa tarefa não precisa ser tão difícil. Basta que o empresário faça a lição de casa e se atente a alguns pontos importantes, que vamos explicar neste artigo.

O que vender? Venda solução!

Esse é o ponto mais simples — mas ainda ignorado por muitos — na hora de montar um mix de produtos. Confirmar se o seu negócio apresenta, de fato, uma solução para os consumidores evitará que o setor de compras da sua empresa faça investimentos em produtos que não atendam à demanda identificada.

Para descobrir qual é a demanda que existe, o empresário pode realizar pesquisas com seu público-alvo e analisar empresas concorrentes.

O que vender? Planejamento!

Oferecer variedade é uma preocupação dos empreendedores. Muitos temem que, por falta de determinada marca, o cliente vá embora. Mas cuidado! Lembre-se que, caso um produto encalhe nas suas prateleiras, o prejuízo será seu.

Vamos a um exemplo: suponhamos que você empreenda em uma loja de roupas. Seu público-alvo é mais popular. De que adianta você oferecer peças mais caras? Não seria mais eficiente oferecer uma variedade de marcas mais acessíveis?

Sua empresa não precisa oferecer todas as marcas disponíveis! É você, empreendedor, que tem a palavra final na hora de decidir o que (e por que) vender.

O que vender? Venda resultados!

Os números são os maiores aliados na hora de montar um mix de produtos. Calcule a rentabilidade dos produtos vendidos, afinal, ainda que determinado item esteja vendendo bem, é importante confirmar que ele gera lucro à empresa, pois seu custo de compra pode ser elevado, por exemplo.

Substituições de produtos e/ou marcas podem ser feitas aos poucos para evitar a perda de clientes. O que você não deve fazer é se enganar com métricas que, no fundo, não demonstram resultados tão bons assim.

O que vender? Tendência!

Sua empresa não deve mudar de posicionamento sempre que houver uma novidade, mas ela deve ter conhecimento do que está acontecendo. Imagine um restaurante que ignora o fato de seus clientes pedirem opções vegetarianas. Se essa demanda for muito grande, ela abre espaço para que outra empresa atenda esse público.

Esteja atento às novidades. Algumas serão passageiras e ignoráveis, outras podem ser oportunidades para renovar seu mix de produtos.

O que vender? Venda entusiasmo!

Algumas marcas possuem forte apelo com o consumidor, tornando-se objetos de desejo. Dependendo do segmento adotado pela sua empresa, pode ser interessante incluí-las no seu mix de produtos. Produtos de beleza, moda e eletrônicos são exemplos que possuem marcas muito bem estabelecidas.

Em alguns casos, não trabalhar com determinada marca ou com um produto específico pode tirar a credibilidade do seu negócio. Identifique se esse é o seu caso.

Tomando cuidados básicos, descobrir o que vender torna-se tarefa fácil. Aliás, se você quer aumentar sua margem de vendas, não deixe de ler este artigo!