O que é lead e por que se fala tanto disso no...

O que é lead e por que se fala tanto disso no marketing digital?

1916
0
SHARE
leads

Muita coisa se fala a respeito dela. Que ele é necessária.

Que ela tem papel fundamental para que se obter sucesso numa estratégia de marketing digital.

Que ele tem papel importante para o seu conteúdo e para uma boa gestão do seu funil de vendas.

A lead.

Termo estranho, em língua estrangeira.

O que é lead? Para que ela serve? Por que se fala tanto nela? São muitas perguntas e para poder responder a todas elas elaboramos este artigo.

Portanto, se você ainda não sabe ou tem alguma dúvida sobre a sua utilização, não deixe de continuar a leitura!

Afinal de contas, o que é lead?

Lead é um termo da língua inglesa que não possui uma tradução simples para o nosso português.

Pode ser entendido como condutor, liderança, chefia.

Quem já trabalha ou estuda marketing sabe que sua aplicação bastante a ver com essas três traduções, embora nenhuma delas possa ser usada diretamente.

Na verdade, lead é o nome dado para aquelas pessoas dentro do seu público-alvo, que se interessaram pelo conteúdo da sua marca e resolveram saber mais sobre ela, inclusive produtos e serviços.

Quando pensamos que é necessário sempre fazer estratégias de marketing voltadas para o seu cliente percebemos que todas aquelas palavras em português que encontramos acima se aproximam do sentido da lead.

Ela é o seu foco, seu objetivo e o que deve liderar os pensamentos na hora de produzir e distribuir seu conteúdo, pois é a partir delas que será possível utilizar seu marketing digital para conquistar mais clientes.

Qual o papel da lead?

Você já conhece o funil de vendas?

Ele é uma ferramenta de gestão de oportunidades de venda, correto? Com ele você transforma o seu público de meros desconhecidos a clientes e promotores da sua marca.

A lead é um dos papéis desempenhados pelo seu público no funil de conversões. Vamos relembrar esses personagens:

  • Primeiro, ele é um estranho, com necessidades e desejos.
  • Depois ele conhece seu negócio e se torna um visitante da sua página, blog, perfil.
  • Ao perceber no seu conteúdo a oportunidade de sanar essas necessidades e desejos, ele se torna uma lead.
  • A sua equipe de vendas percebe essa lead e passa a trabalhar, junto com o marketing, para fazer com que ela enxergue a sua marca como a melhor resposta para o que procura.
  • Então, ela fecha a compra e se torna, finalmente, cliente.
  • Ao perceber a boa experiência que teve durante esse processo, passará a ser uma promotora da sua marca diante do seu grupo social.

Ao visualizar essa troca de papeis do seu público no funil de vendas fica mais fácil não apenas saber o que é lead na prática, mas entender onde ela se insere dentro do processo de aquisição de clientes.

Agora, o que faz, especificamente, um visitante se tornar uma lead?

Falamos acima sobre a mudança de papéis de forma generalizada.

Então, a questão que fica é: qual o pulo do gato? Qual é aquele momento em que a sua equipe pode dizer: pronto! Mais uma lead captada!

Na verdade, para responder essa pergunta, precisamos entender um pouco mais sobre o papel anterior a esse, o do visitante.

Vamos imaginar o seguinte: você precisa comprar uma bola de futebol americano para um parente como presente de natal.

A questão é que você não sabe como é esse produto e segue para o São Google para obter a resposta sobre o assunto, perguntando “o que é bola de futebol americano”.

Aí, num dos primeiros resultados, dá de cara com uma postagem de blog que explica a diferença entre os tipos de bolas para os mais variados esportes.

Aí você começa a buscar os outros artigos sobre o assunto e descobre fatos interessantes sobre esse esporte ainda pouco popular por aqui.

Pronto, você é um visitante.

Em uma dessas postagens, você, que já está achando esse negócio de futebol americano interessante, percebe que pode concorrer a um sorteio de uma bola autografada por um super jogador, o Tom Brady.

Para concorrer, basta inserir seu nome, email e algumas informações complementares, como o motivo do seu interesse no esporte.

Nesse momento, a lead é gerada.

E é aí que a coisa fica interessante.

O dono do blog é uma loja de produtos esportivos. Ele percebeu que você ficou tão interessado em futebol americano que até enviou seu endereço de email.

Essa loja, é lógico, vai trabalhar a partir das informações que você enviou para tentar fazer com que você consiga comprar a bola com eles. Estabelecer contatos e alimentar o interesse.

Ou seja, ele vai trabalhar a lead para se tornar cliente.

E na hora de fechar a compra da bola, você vai preferir ir para onde?

É lógico que sua preferência vai recair sobre o conhecido, sobre a loja que te ensinou tudo o que você sabe sobre o esporte e o produto.

E o mais legal de toda essa história é que todo mundo sai ganhando.

Você, a loja, quem vai receber o presente e muita gente ao seu redor.

Porque você vai contar essa história quando for dar a bola de presente de natal e seus parentes vão, provavelmente, marcar essa loja para as próximas compras.

Um baita final feliz, não é mesmo?

Por que ela é tão importante para o seu negócio?

A partir da história acima percebemos porque todo mundo no marketing digital está tão preocupado em saber o que é lead e em como conquistá-la.

Porque sua estratégia digital não serve apenas para educar o público alvo. Ela tem como objetivo primordial auxiliar nas suas vendas e na fidelização da clientela.

Por isso, é preciso desenhar seu conteúdo para que ele possa atender às dúvidas de clientes e trabalhar os seus canais (blog, redes sociais, site) para que o máximo possível de interessados possa chegar a todas as informações que você tem a oferecer.

Para gerar leads, é fundamental saber que são as suas personas. Utilize essa ferramenta para a criação de personas e gere leads mais qualificadas!