O que é e-commerce: Vale a pena abrir uma loja online?

O que é e-commerce: Vale a pena abrir uma loja online?

1347
0
SHARE
o que é e-commerce

Você sabe o que é e-commerce? Essa é uma modalidade de comércio que promete  cada vez mais revolucionar a forma como as empresas realizam suas vendas e transações.

Trata-se de uma inovação no mundo dos negócios, que se adéqua perfeitamente ao mercado globalizado em que vivemos, representando uma grande oportunidade de crescimento para pequenas e médias empresas.

Com um comércio cada dia mais competitivo, se tornar um empreendedor de sucesso exige capacidade para inovar e se adequar às novas necessidades do consumidor. É nesse cenário que as vendas online vêm crescendo e se tornando a chave para o êxito de inúmeras empresas.

Se você é um empresário que entende a importância da criatividade e da inovação, mas ainda não sabe o que é e-commerce, não deixe de ler este conteúdo que preparamos para lhe ajudar a decidir se vale a pena ou não investir em uma loja online.

Continue lendo e saiba agora mesmo!

Afinal, o que é e-commerce?

Antes de mais nada, é necessário conceituar o termo para que possamos, a partir daí, analisar melhor essa nova tendência de mercado.

Em termos mais simples, o e-commerce (electronic commmerce) pode ser traduzido em comércio eletrônico. Ou seja, podemos conceituá-lo como toda transação realizada por meio eletrônico, sendo a internet a ferramenta mais utilizada para isso.

O modelo surgiu, inicialmente, para o comércio de bens mais acessíveis como CDs e livros. Entretanto, as lojas online se tornaram tão populares que já é possível encontrarmos carros, casas e até alimentos à venda na internet.

No Brasil, o e-commerce passa por uma fase de expansão. Mesmo diante da crise, o setor tem apresentado bons índices de crescimento, se tornando uma alternativa para os empreendimentos que buscam se destacar e atingir novos mercados.

A opção de se vender produtos e serviços via internet é uma inovação que corresponde às mudanças de comportamento e perfil dos consumidores, que passaram a exigir mais conforto e eficiência ao realizar suas compras.

Qual o momento certo para abrir uma loja online?

Conforme dito, o segmento do comércio eletrônico vive uma boa fase no mundo. Todo esse sucesso tem atraído os olhares de empresários que buscam uma oportunidade para expandir seus negócios e alcançar novos nichos de clientes.

Em contrapartida, antes de optar em abrir uma loja online, o empresário deve analisar em que fase se encontra o seu negócio físico e planejar muito bem sua estratégia de mercado.

Isso porque, o e-commerce é uma excelente alternativa para inovar em tempos de crise, permitindo que a empresa aumente seu campo de atuação, através de um investimento relativamente baixo. Entretanto, é preciso ter cuidado pois, para render bons frutos, a loja virtual necessita de atenção, tanto quanto a loja física.

De modo geral, quando analisamos o momento em que o consumidor ao receber estímulos de marketing digital decide realizar pesquisas na internet sobre o produto e empresas, percebe-se que empreendimentos que possuem lojas virtuais têm mais chances de finalizar a venda.

Portanto, para saber o momento ideal de se investir em e-commerce, fique atento à mudança de comportamento de seus clientes e da concorrência.

Realize pesquisas e, acima de tudo, estude, aperfeiçoe seus conhecimentos e faça um planejamento, pontuando quesitos importantes como estratégia de marketing e diferenciais de seu negócio.

Assim, você e sua empresa estarão preparados para ingressarem em um novo mercado, totalmente em ascensão.

Vantagens e desvantagens do e-commerce

A essa altura do texto, já sabemos o que é e-commerce e já chegamos à conclusão de que a expansão das vendas online tem relação com o novo modo de agir e pensar dos consumidores, sendo essencial que as empresas se adaptem para assegurarem sua sobrevivência.

Entretanto, o comércio eletrônico, como todo tipo de negócio, apresenta vantagens e desvantagens. Conhecê-las bem é o primeiro passo para se programar e evitar surpresas e resultados insatisfatórios ao se aventurar no mercado digital.

Vantagens de possuir uma loja online

Sem dúvidas, atuar com vendas online pode ser visto como uma decisão vantajosa para empresários que se planejam e visam expandir seus negócios.

A maior vantagem está relacionada ao baixo investimento quando comparado a uma loja física. Montar uma estrutura de loja virtual é mais simples e barata, sendo que, atualmente, já existem empresas especializadas que entregam a plataforma de e-commerce pronta para o empresário iniciar suas vendas.

Além disso, poder disponibilizar sua marca e seu produto em um site de e-commerce 24 horas por dia, transpondo barreiras físicas, pode ser uma grande oportunidade de crescimento, desde que a empresa esteja preparada para suprir a demanda.

Outra vantagem é a redução dos custos operacionais e de manutenção. Com uma loja online, o empreendedor reduz os gastos com funcionários, aumentando sua margem de lucro. Assim, ele poderá investir em promoções e descontos para atrair novos clientes.

Desvantagens do comércio eletrônico

Apesar de todo esse sucesso, alguns aspectos negativos ainda precisam ser superados por essa nova tendência de mercado. Especialmente porque, um grande número de empresas ainda não consegue se firmar no comércio eletrônico.

A maior dificuldade de quem atua nesse segmento é convencer o consumidor de que seu produto é de boa qualidade. Como não há o contato físico com a loja e com produto, transmitir credibilidade e confiança é um dos principais desafios do empreendedor.

Além disso, alguns itens exigem uma logística muito grande para a venda, como alimentos perecíveis ou aqueles em que os custos com o frete são elevados, o que acaba distanciando o cliente.

Outro ponto crítico da venda pela internet é o momento da transação econômica virtual. Diante de tanta insegurança nas compras online, os consumidores ainda se sentem inseguros ao inserirem seus dados bancários em uma plataforma mais suscetível a fraudes.

Por fim, temos um problema relacionado ao comportamento dos consumidores. Grande parte deles ainda não se acostumou em comprar e aguardar a entrega de seus produtos e acabam optando pela loja física, caso a compra online não seja muito mais vantajosa.

Com a leitura do post de hoje foi possível aprender o que é e-commerce e avaliar o momento certo para investir em uma loja virtual.

Não restam dúvidas de que o comércio eletrônico é uma opção interessante e viável para facilitar o processo de expansão de pequenas e médias empresas.

Entretanto, como vimos, é importante planejar e estar preparado para enfrentar de maneira estratégica os desafios comuns às vendas virtuais.

Quer aprender um pouco mais? Conheça a Jornada de Compras do consumidor e entenda como funciona o processo de decisão de seus clientes!