metas smart

O que são metas SMART e como elas podem ajudar a sua equipe?

Aprenda sobre a metodologia das metas SMART e como elas podem lhe ajudar a definir metas mais adequadas para a sua equipe!

Direcionar a equipe para que ela consiga gerar os melhores resultados para o negócio nem sempre é uma tarefa fácil para o empreendedor. Sendo assim, é preciso buscar maneiras de conseguir realizar esse feito, e uma delas é definindo metas.

Porém, é muito comum que essas metas não sejam estabelecidas de forma correta, pois há um desconhecimento de como pode ser a melhor forma de defini-las. Além disso, planejar as metas incorretamente pode causar muito retrabalho, gastando mais tempo e energia dos colaboradores.

Sendo assim, vamos falar neste post sobre a metodologia das metas SMART e como elas podem lhe ajudar a definir metas mais adequadas para a sua equipe. Acompanhe!

O que são as metas SMART?

Essa metodologia consiste em definir metas considerando 5 características, que dizem que elas precisam ser:

  • Specific (específica);
  • Measurable (mensurável);
  • Attainable (atingível);
  • Relevant (relevante);
  • Time-Based (temporal).

Quais são os benefícios das metas SMART?

A partir da definição de cada característica das metas SMART vamos listar os seus benefícios. Veja:

1. Específica

Quando falamos que a meta deve ser específica, quer dizer que ela precisa direcionar a sua equipe para o caminho certo. Assim, é possível evitar interpretações incorretas sobre ela.

Uma meta específica, por exemplo, é a seguinte: a equipe de vendas vai conquistar mais clientes do segmento X, pois queremos ter mais presença nesse grupo de usuários.

Percebe como a meta diz exatamente o que estamos buscando, não dando margem para interpretações erradas?

2. Mensurável

Mais do que especificar a meta, é preciso que ela seja mensurável, pois somente dessa maneira conseguiremos saber se ela foi atingida ou não. Isso também ajuda na compreensão da meta em si, gerando mais objetividade para ela e para que a sua equipe consiga visualizar um resultado a ser alcançado.

Sendo assim, é preciso definir o resultado esperado dessa meta e quanto tempo será preciso para atingi-lo.

Podemos continuar com o nosso exemplo da seguinte maneira: a equipe de vendas vai conquistar mais 300 clientes do segmento X, pois queremos ter mais presença nesse grupo de usuários até outubro de 2017.

3. Atingível

Não adianta nada criar uma meta que não seja atingível. Isso pode fazer com que o negócio perca tempo e recursos que serão investidos em ações que não levarão a nada, além de desmotivar a equipe, pois ela não conseguirá enxergar nenhuma perspectiva para alcançar esse resultado.

Para construir uma meta que seja atingível, converse com a equipe responsável por ela para entender se é factível — e leve também em consideração o histórico da empresa.

Voltando para o nosso exemplo: se o histórico indica que conseguir 300 clientes do segmento X é impossível, podemos redesenhar a meta para que a equipe de vendas conquiste somente mais 200 clientes do segmento X.

4. Relevante

Quando a meta é relevante, ela trás consigo o benefício de mostrar que está medindo algo que impacta diretamente o negócio, motivando a equipe a alcançá-la. Dessa forma fica muito mais fácil provar que ela vai gerar algum tipo de resultado positivo.

Portanto, defina quais são os objetivos principais do negócio — aumento no número de clientes, no faturamento da empresa ou redução de custos, por exemplo — e associe as metas a eles.

No exemplo que estamos utilizando, fica claro que a meta contribui para o faturamento da empresa e para o crescimento do número de clientes.

5. Temporal

Quando falamos que uma meta deve ser temporal, significa que ela precisa de um prazo para ser finalizada. Dessa forma ela ajuda o time a focar na meta no tempo certo e não postergá-la. Afinal, uma meta que não tem prazo para acabar, nunca será batida.

Deixe bem claro em quanto tempo essa meta precisará ser alcançada. Isso ajudará também no seu acompanhamento, facilitando qualquer mudança de estratégia da empresa para conseguir alcançá-la no meio do caminho.

No nosso exemplo, está bem claro que os clientes precisam ser conquistados até outubro de 2017, o que mostra que ela é temporal.

Agora que você já sabe o que são metas SMART, conheça mais sobre as 5 forças de Porter!