Como fazer uma análise de mercado

Como fazer uma análise de mercado

4896
3493
SHARE

Após uma semana conturbada, estamos de volta com nossos artigos. O tema de hoje é algo que assombra muitos empreendedores, mas que no final é essencial para quem está pensando em lançar um novo produto: a análise de mercado.

Afinal, qual o significado de uma análise de mercado?

analise-de-mercado

A análise serve para você chegar a duas, e apenas duas, conclusões.

O que os seus clientes querem? (Confira artigo completo aqui)

Não importa muito se você acha o produto genial, lindo e maravilhoso, você precisa saber o que seu potencial cliente acha. Se você está querendo lançar um produto já existente, descubra o que as pessoas gostam nele e copie ou faça melhor do que o já existente. Descubra os problemas enfrentados pelos clientes e evite que sua versão tenha esse problema.

O que os seus concorrentes oferecem? (Confira artigo completo aqui)

Lembre-se que se você acha que não terá competição há algo errado. Mesmo sendo um produto totalmente novo, ele precisa satisfazer uma necessidade já existente. Imagine que você era um vendedor de celulares na antiguidade, sua concorrência seriam os treinadores de pombos-correio. Baseado no que os clientes querem, analise como você está em relação aos concorrentes. Aqui vale muito a criatividade para pensar em como superá-los.

Na prática, existem 2 formas de conseguir essas informações.

Pesquisa de gabinete: Procurar informações em internet, jornais, etc. pode ser uma boa possibilidade, mas dificilmente te dará ideias muito específicas. Recomendo essas fontes apenas para dar uma noção do potencial de mercado, as informações mais úteis virão na pesquisa de campo.

Pesquisa de campo: Em algum momento será necessário perguntar diretamente ao cliente o que ele quer, reuniões presenciais são a melhor opção. Cara-de-pau e um bom papo farão muita diferença. Afinal de contas, as pessoas são ocupadas, não é fácil pedir para elas pararem suas vidas por um tempo só para te passar informações. Também nunca se esqueça da ética no processo.

Logicamente dependendo do tipo de negócio as informações serão obtidas de formas diferentes, mas no final não são as planilhas, relatórios, estudos, etc. que importam, são as conclusões criativas sobre como satisfazer o cliente de uma forma melhor do que ele é satisfeito hoje em dia.

Caso tenham histórias ou sugestões sobre como fazer melhores análises de mercado, por favor nos mandem.

Além disso, vale a pena lembrar que a internet pode ser uma ótima fonte de informações sobre tendências de mercado. Recomendo muito conferir o e-book gratuito: Monitoramento na internet.

Abraços,
Millor Machado (lutando contra um bicho de 7 cabeças)

P.S.: Recomendo fortemente a leitura do livro Estratégia do Oceano Azul para quem pretende surpreender os clientes e tornar a concorrência irrelevante.