Marketing nas Redes Sociais: As 5 Melhores Dicas Para o Sucesso

Marketing nas Redes Sociais: As 5 Melhores Dicas Para o Sucesso

1741
0
SHARE

Você quer começar a fazer marketing nas redes sociais ou estabelecer ainda mais a presença online da sua marca. Já se inspirou em vários perfis de outras marcas, ouviu algumas dicas aqui e ali – mas e na hora de pôr a mão na massa?

Como fazer marketing nas redes sociais que dê resultados de verdade?

Separamos para você 5 dicas práticas que irão alavancar a presença da sua marca nas redes sociais. Quando você terminar de ler todas as dicas, vai estar muito mais preparado e confiante para começar uma estratégia de marketing nas redes sociais de sucesso!

1. Defina seus objetivos

Nem todas as estratégias de marketing em redes sociais são iguais. Cabe a você e sua empresa definir que objetivos querem alcançar com a utilização de redes sociais em sua estratégia de marketing.

Caso contrário, como você vai saber se o tempo e recursos  investidos com mídias sociais estão surtindo efeito? Analisar os resultados da sua estratégia é fundamental para seu sucesso, mas isso vamos abordar mais para frente. Por enquanto, vamos focar na definição de objetivos.

Existem vários métodos para definição de objetivos. Um dos mais utilizados no mercado é o SMART,  uma sigla que define 5 parâmetros na hora de criar objetivos. De acordo com o SMART, os objetivos da sua estratégia de marketing nas redes sociais devem ser:

S – Specific (Específicos)

Defina números reais e específicos. Por exemplo, “Aumentar o número de seguidores na página do Facebook em 40%”.

M – Measurable (Mensuráveis)

Seus objetivos são mensuráveis? “Aumentar o número de seguidores” não é mensurável.  “Aumentar o número de seguidores na página do Facebook em 40%” é facilmente mensurável.

A – Attainable (Atingível)

Não tente conquistar objetivos impossíveis em pouco tempo. Seja ambicioso, mas mantenha os pés no chão. “Ter 2 milhões de seguidores no primeiro mês”, por exemplo, não é um objetivo atingível.

R – Realistic (Realista)

Esta característica segue o mesmo princípio explicado acima. Seja realista para conseguir conquistar objetivos que motivarão você e sua equipe a conquistar objetivos gradualmente maiores. Caso contrário, todos podem acabar frustrados e desmotivados.

T – Time-Bound (Prazo)

Para cada objetivo, defina um prazo específico. Por exemplo,  “Aumentar o número de seguidores na página do Facebook em 40%, no prazo de 2 meses”.

Para ter sucesso com marketing nas redes sociais, liste seus objetivos, defina números para cada objetivo, defina um prazo, reserve um tempo na sua agenda para se dedicar aos objetivos, e identifique os obstáculos que te impedem alcançar seus objetivos.

2. Encontre as redes sociais mais eficazes para o seu negócio

Muitas empresas acreditam que para ter sucesso nas redes sociais é necessário estar presente em todas as plataformas disponíveis.

Porém, o mais importante não é a quantidade de canais de comunicação, e sim a qualidade de conteúdo e alcance do seu público-alvo.

Afinal, seria uma perda de recursos e tempo estar presente em redes sociais que seu público não acessa.

Procure as redes sociais que alinham com sua marca e o perfil do seu público. Caso esteja começando agora, o site TechAdvisory recomenda focar no “Big Three” – Facebook, Twitter e LinkedIn.

Elas são as redes sociais que possuem maior audiência e geram mais engajamento.

Depois que você se tornar um mestre nestas redes, pode considerar a possibilidade de se aventurar em outras, como Instagram e Snapchat.

Busque saber o que cada rede social tem a oferecer para sua empresa. O Twitter, por exemplo, possui uma grande quantidade de usuários e pode ser um ótimo canal para se relacionar com seus potenciais clientes e conectar com as marcas e comunidades nas quais eles estão presentes.

Uma página do Facebook pode ser o jeito mais fácil para prestar suporte a clientes (no caso de pequenas empresas), já que existe a possibilidade de enviar mensagens diretas à página da empresa.

Já o LinkedIn é muito eficaz em estabelecer credibilidade para uma empresa que possui perfil completo com informações sobre quem é a empresa, o que ela faz e aonde é situada.

Não se esqueça de adaptar seu conteúdo para cada rede social. Enquanto o Facebook suporta posts longos, por exemplo, um Tweet pode ter, no máximo, apenas 140 caracteres.

O assunto de um post no Facebook e no Twitter pode ser o mesmo, mas a linguagem deve ser adaptada para criar uma experiência melhor para seus seguidores.

3. Conheça seu público

Antes de começar a escrever um post no Facebook ou um Tweet, é fundamental entender para quem você está escrevendo.

Realize pesquisas para saber quem são seus verdadeiros clientes, e fuja de “achismos” e suposições. Um perfil completo do seu público vai contribuir para a definição dos assuntos que você deve abordar nas redes sociais e o tom das publicações.

Além disso, estas informações podem (e devem) ser utilizadas em todos os âmbitos da sua estratégia de marketing, não somente nas redes sociais.

O perfil do seu público deve ser baseado em dados reais e concretos. Explore a fundo as características de cada perfil. Inclua informações demográficas, como idade e gênero, além informações psicográficas, como objetivos pessoais e obstáculos.

Separamos algumas perguntas para te ajudar a definir o perfil do seu público:

  • Quais são as principais publicações e/ou blogs que ele(a) consome?
  • Qual é o seu cargo?
  • Qual é o segmento da sua empresa?
  • Qual é sua rotina de trabalho?
  • Costuma realizar pesquisas de preço antes de fazer compras?

Confira aqui uma lista completa de perguntas.

Além de definir sobre o que você vai falar, o perfil do seu público vai definir o tom de voz das suas publicações nas redes sociais. A linguagem que você utilizar terá impacto direto na reputação da sua marca e no engajamento de seus clientes e potenciais clientes com sua marca.

Para definir o tom de voz da sua marca, pense em fatores como:

  • Se sua marca fosse uma pessoa, qual seria a relação dela com o consumidor?
  • Como você quer que seus clientes pensem sobre a empresa?
  • Por que você está na rede social? Qual o seu objetivo com esse perfil?

Lembre-se: independentemente do seu público, mantenha sempre um diálogo autêntico e humano com seus seguidores.

Foque no valor do conteúdo

Não estamos falando de valor monetário, mas sim de qualidade e relevância.

Agora que você já sabe o perfil do seu público, pode criar conteúdos que são relevantes e que vão gerar interesse e engajamento.

Procure se perguntar qual o valor que um post vai ter para seus seguidores.

Eles vão ter vontade de curtir? Compartilhar? Se sim, siga em frente.

Se não, repense seu post para que ele reflita assuntos de interesse do seu público.

Fique atento para a quantidade de posts que você publica sobre os produtos ou serviços que você oferece. É aconselhável balancear este tipo de post com outros que tenham conteúdo útil para seus seguidores, mas que não necessariamente sejam sobre o que sua empresa oferece em si.

De acordo com o site TechAdvisory, apenas 15% dos seus posts deveriam promover diretamente algum produto ou serviço. Esta divisão não precisa ser seguida à risca, no entanto.

O ideal é testar vários tipos de conteúdo e determinar o que funciona com seus seguidores. Se não houver engajamento com os posts dos seu produtos ou serviços, por exemplo, talvez você esteja se promovendo com muita frequência e deva investir mais em posts informativos.   

3. Monitore suas redes sociais

Você já pesquisou que assuntos são de interesse do seu público-alvo, encontrou o tom de voz da sua marca e postou seu conteúdo nas redes sociais, mas ainda há mais trabalho pela frente. Realizar o monitoramento de redes sociais é essencial para avaliar se sua estratégia está funcionando. Você pode avaliar, por exemplo, quem está te seguindo, como eles estão engajando com sua marca e como sua marca se compara às de seus competidores.

O monitoramento de redes sociais deve ser feito com foco em métricas pertinentes ao seu negócio e à sua estratégia de marketing.

Caso contrário, é fácil se perder na variedade de dados proporcionados pelas próprias redes sociais ou outras ferramentas gratuitas feitas para o monitoramento de redes sociais.

Se sua marca está interessada em gerar engajamento no Facebook, por exemplo, as métricas a serem seguidas serão Curtidas, Comentários e Compartilhamentos.

Além de analisar dados dos seus perfis, o monitoramento de redes sociais tem como objetivo acompanhar o que seus fãs estão dizendo sobre você.

Afinal, todas as redes sociais devem ser uma rua de mão dupla – saber o que seus seguidores estão dizendo sobre você ajuda na sua comunicação com eles.

Engajar com seu seguidores, respondendo a dúvidas e comentários, contribui para criar um bom relacionamento entre sua marca e seus clientes.

Pronto para colocar todas as dicas em prática? As chaves para o sucesso das suas redes sociais estão aí, mas isso não significa que você deve parar de buscar conhecimento e melhoria no marketing em redes sociais.

Para não desperdiçar seus esforços, te deixamos com 30 exercícios diários para manter suas redes sociais bem-sucedidas, e para aprofundar ainda mais, nosso kit completo de marketing nas redes sociais.