localização comercial

Como escolher a localização comercial perfeita para o seu negócio

Pensando em ajudá-lo a tomar uma decisão acertada, preparamos o presente post. Então, quer aprender a escolher a sua localização comercial? Acompanhe!

Se você pretende se tornar um empreendedor, precisa estar preparado para lidar com inúmeras responsabilidades e tomar decisões importantes a todo momento. Dentre elas, uma merece atenção especial: a escolha da localização comercial.

Como esse será um de seus primeiros passos ao empreender, é natural que se sinta inseguro e tenha dúvidas quanto aos aspectos que devem ser observados, afinal, isso pode ditar os rumos de seu negócio.

Pensando em ajudá-lo a tomar uma decisão acertada, preparamos o presente post com inúmeras dicas e informações que contribuirão para o seu sucesso. Quer aprender a escolher o seu ponto comercial? Acompanhe a seguir!

A importância de uma boa localização comercial

Empreender é uma tarefa que, acima de tudo, exige estratégia e conhecimento. O sucesso no mundo corporativo está intimamente ligado às diversas escolhas que se faz, especialmente na fase inicial do negócio.

Nesse contexto, não restam dúvidas de que a escolha de uma boa localização comercial é um fator determinante para as vendas da empresa, pois é ali que você receberá sua clientela.

A enorme importância dessa decisão faz com que ela deva ser bem planejada, pois um erro pode até inviabilizar o negócio — algumas empresas não conseguem se manter no mercado devido a uma escolha errada de sua localização.

Por isso, a partir de agora vamos apresentar uma série de dicas selecionadas especialmente para que você se sinta seguro e encontre o local ideal para instalar sua empresa.

Preparado para as dicas? Confira a seguir!

Dicas para escolher o ponto comercial

Conforme dito, essa fase inicial de um empreendimento exigirá que você tome decisões que impactarão significativamente no sucesso do negócio. Mas, isso não é razão para se assustar e se sentir pressionado.

Conforme você verá a seguir, a escolha do ponto comercial, quando precedida de muita análise e planejamento, tem grandes chances de ser exitosa. Sendo assim, para que nada de errado aconteça, confira algumas dicas para fazer a escolha certa:

1. Defina o seu público-alvo

Definir o público-alvo de sua empresa deve ser uma de suas primeiras tarefas, pois influencia diretamente na escolha do ponto comercial — além de ser muito importante para o planejamento estratégico do negócio como um todo.

Dizer que o público-alvo é “todo mundo” é um dos maiores erros que se pode cometer. Obviamente, você atenderá a todos que chegarem até à sua empresa, no entanto deve focar sua atuação e produto em um perfil específico de consumidor.

Quer um exemplo de como isso pode influenciar na escolha do ponto? Caso você decida abrir uma loja de suplementos alimentares, seu público deve ser aquele que frequenta academia e, por isso, é interessante que sua empresa seja instalada próxima a esses lugares.

2. Observe o fluxo de pessoas no local

Após definir seu público, é o momento de começar a avaliar os aspectos relacionados aos locais escolhidos. Assim, uma das questões que você não deve ignorar é o fluxo de pessoas nesse local.

Instalar uma empresa em uma rua e bairro pouco movimentado não é interessante, já que você reduz suas chances de ser visto e lembrado por pessoas que passam pelo local.

Sendo assim, antes de escolher definitivamente o local observe como é o fluxo de pedestres e carros no local e dê preferência a ruas mais movimentadas e que dão acesso a outros bairros — isso aumenta a visibilidade de sua empresa.

3. Avalie a acessibilidade do ponto

A terceira dica tem relação com a segunda — na verdade, uma é consequência da outra. Quando falamos em acessibilidade estamos nos referindo à forma de se chegar até o ponto comercial e a infraestrutura ao redor.

Nesse quesito é essencial que você avalie:

  • As ruas são asfaltadas?
  • A iluminação na rua é adequada?
  • O acesso para pedestres é facilitado?
  • Existem locais para estacionamento próximo ao ponto?
  • O entorno do estabelecimento é seguro?
  • Há transporte público por perto?
  • Bate sol no estabelecimento durante a tarde?

Fique atento a esses detalhes, pois eles podem fazer a diferença no dia a dia da empresa.

4. Cheque se há concorrentes próximos ao local

A escolha do ponto ideal é uma decisão estratégica e por isso é importante observar se existem muitos concorrentes próximos ao local escolhido.

De modo geral, não é aconselhável abrir uma empresa muito próxima de outras já consolidadas no mercado, pois isso pode dificultar o crescimento de seu negócio. Basta imaginar que fazendo isso, você terá que lutar pela atenção de um público que já está acostumado a consumir do concorrente.

Obviamente, não se deve fugir dessa luta, mas você precisa agir com inteligência e buscar o seu próprio espaço no mercado — é mais fácil atrair esse público já fiel à outra marca quando seu negócio se torna conhecido pelo trabalho de excelência.

5. Analise com atenção os detalhes do contrato

Nossa última dica, diz respeito a uma parte burocrática da escolha do ponto, mas de suma importância para a saúde financeira do seu novo empreendimento: a análise do contrato de aluguel.

Depois de encontrar o ponto perfeito, que atende a todos os requisitos apresentados acima, é hora de iniciar uma análise minuciosa no contrato apresentado. Por isso, observe alguns detalhes, como:

  • o valor do aluguel;
  • as condições de pagamento;
  • o prazo de validade do contrato;
  • a possibilidade de reajustes no valor e a periodicidade desse reajuste;
  • o reembolso por possíveis benfeitorias e melhorias no imóvel.

Seguindo todas essas dicas e tomando o cuidado de pesquisar e planejar bastante antes de assinar o contrato, tenha certeza de que suas chances de sucesso se aumentarão.

Erros na hora da escolha do ponto comercial

Errar é humano, não é verdade? Mas, um empreendedor inteligente aprende com os erros alheios, afinal, não é preciso cair nas mesmas armadilhas para entender o quanto isso pode prejudicar o seu negócio.

Sendo assim, para que você não enfrente problemas com a escolha da localização do seu estabelecimento comercial, confira a seguir os principais erros cometidos nessa fase do negócio:

1. Adaptar o negócio ao ponto e não o contrário

Um dos grandes erros que você pode cometer é tentar encaixar o seu negócio a um ponto comercial, quando é exatamente o contrário que deve acontecer.

Se você fez um plano de negócios, determinando, por exemplo, que sua empresa iria ter uma vitrine atrativa ou mesmo um estacionamento privativo para clientes, o ideal é manter esse planejamento e não sair eliminando características que não se encaixam ao local pré-selecionado.

2. Só se importar com o valor do aluguel

Conforme você viu, a escolha da localização comercial deve ser pautada em inúmeros detalhes e o valor do aluguel é apenas um deles.

Muitos empreendedores cometem o erro de avaliarem os pontos levando em consideração somente o preço, não se atentando aos demais requisitos.

Por isso, não cometa o mesmo erro e lembre-se de que um bom ponto certamente terá um preço mais alto do que um inadequado e isso exige ainda mais sua atenção.

3. Não avaliar como seus clientes chegam até o negócio

Falamos acima que a acessibilidade e o fluxo de pessoas e carros no local são importantes para o sucesso do negócio, mas ainda existem empresários que se descuidam desses detalhes e acabam instalando suas empresas em pontos pouco atrativos.

Assim, principalmente no caso de negócios de passagem — em que o consumidor é atraído pela fachada, como um fast foodo ideal é se instalar em locais com uma boa visibilidade. Já no caso de negócios de destino — em que o cliente está disposto a se deslocar, como um restaurante e salão de beleza — contar com um estacionamento privativo é um grande diferencial.

Cuidados que devem ser tomados

Mesmo seguindo todas as dicas apresentadas e tomando cuidado para não cometer os erros acima, o novo empreendedor ainda precisa tomar certos cuidados antes de assinar o contrato de aluguel do ponto comercial.

Quanto a isso, o principal cuidado que se deve ter é o auxílio de um advogado para análise das cláusulas contratuais. Como você tem pouca experiência no assunto, o auxílio de um profissional preparado para lidar com esse tipo de negócio é essencial.

Lembre-se de que caso algum detalhe passe despercebido e você assine o contrato, poderá ser prejudicado no futuro. Por isso, não feche negócio antes de consultar um advogado especialista na área.

Além disso, fique atento à locais com ponto de ônibus muito próximos. À primeira vista pode parecer interessante, mas isso pode gerar insegurança, devido à aglomeração de pessoas e ainda retirar a visibilidade de sua empresa.

Chegamos ao fim do post de hoje e, como você percebeu, a localização comercial é um dos fatores que mais contribuem para o sucesso de um empreendimento. Além disso, foi possível entender que para assegurar uma escolha correta, é preciso estudar inúmeros aspectos com atenção. Por isso, agora que você teve acesso a todas essas informações, basta colocar em prática tudo o que aprendeu e ir em busca do local ideal para instalar sua empresa!

Gostou do conteúdo? Quer aprender um pouco mais? Veja como definir um mix de produtos de maneira eficiente!