Ligações comerciais jornada de compra, por questões de avanço da tecnologia e a influência da internet, as ligações comerciais ainda são consideradas uma ótima maneira de conseguir novos clientes.

">

Ligações comerciais: Como gerenciá-las de maneira eficiente

Aprenda um pouco mais sobre ligações comerciais e como fugir do tradicional e ultrapassado “alô”!

Apesar de estarmos vivendo em uma era em que o consumidor está cada vez mais empoderado no que diz respeito à sua jornada de compra, por questões de avanço da tecnologia e a influência da internet, as ligações comerciais ainda são consideradas uma ótima maneira de conseguir novos clientes.

Esse assunto está intimamente associado com a área de vendas das empresas, por isso é de grande interesse dos empreendedores, tanto para os que estão começando quanto para os que já tem uma trajetória construída.

O grande segredo das ligações comerciais é saber gerenciá-las com eficiência e adaptá-las para essa realidade que existe hoje. Portanto, preparamos esse post para falar um pouco mais sobre esse assunto e fugir do tradicional e ultrapassado “alô”!

Ficou interessado? Então, continue acompanhando a leitura conosco!

As ligações comerciais ainda funcionam?

Claro que funcionam! Quer queira ou quer não, o telefone ainda é uma ótima ferramenta para uso comercial, se não for a melhor delas!

O fato é que as pessoas ainda possuem esse recurso, mesmo que seja somente um telefone celular, que já tornou-se indispensável na vida de todos.

Porém, estamos cansados de ouvir reclamações à respeito das ligações com caráter de telemarketing querendo vender algo que não é desejado, com uma abordagem nada amigável e eficiente.

É nesse ponto que podemos separar o joio do trigo!

Como todo mundo está acostumado com esse tipo de situação, os negócios que trabalham de forma inversa, ou seja, com uma abordagem mais consultiva e pouco invasiva, têm uma maior probabilidade obter um retorno positivo, pois a chance do consumidor fornecer mais espaço para conversa é muito maior .

Nesse sentido, sugerimos que se a sua empresa comece a trabalhar com Marketing de Conteúdo hoje mesmo, caso ainda não faça isso!

Até porque, se as pessoas interagirem com os materiais que serão produzidos e disponibilizados com a marca da empresa, quando algum representante comercial ligar para elas, provavelmente a chance dele conseguir a sua atenção é muito maior!

Então, as ligações comerciais ainda funcionam sim, basta saber gerenciá-las!

Como gerenciar as ligações comerciais?

Por muitas vezes, as ligações comerciais são um tanto quanto desconfortáveis para o vendedor justamente pela falta de gerenciamento, principalmente em relação a contornar às desculpas e objeções fornecidas pelos futuros clientes.

Para que isso não seja mais uma barreira nesse processo, vamos apresentar algumas boas práticas a seguir:

Seja rápido

Rapidez é a palavra-chave para ter mais chances de ser bem sucedido em uma ligação. Ou seja, quando receber o contato, tente ligar para ele imediatamente.

Até porque, infelizmente, o brasileiro não está acostumado a ser atendido com rapidez, então quando um lead solicita o contato da empresa e recebe o retorno o mais rápido possível, a sua impressão em relação ao negócio será bem mais positiva.

Isso ajuda a criar um ambiente para que ocorra uma melhor negociação e também aumentam as chances do fechamento do negócio. A importância disso também se dá no fato de que se há uma demora para entrar em contato, pode ser que ele desista da ideia ou solicite o contato do concorrente!

Caso não tenha sucesso na primeira ligação, tente ligar mais tarde, se mesmo assim não conseguir falar com ele, mande um e-mail mostrando que você quer atendê-lo e solicite qual seria o melhor horário para realizarem uma conversa ou reunião.

Saiba negociar

Quando o cliente atender o telefone, é bem provável que vocês tenham uma conversa inicial que irá marcar o início de um relacionamento. Então, preste atenção em seu tom de voz e na linguagem que será empregada, pois a primeira impressão é a que fica!

É importante que nesse momento, seja demonstrado um interesse genuíno na sua solicitação, então leia com atenção antes de ligar, pergunte alguns detalhes e escute! Deixe ele falar e anote pontos-chave para trabalhar na solução posteriormente.

Após isso, desenhe essa solução e apresente a proposta a ele (não precisa ser na mesma ligação). Nesse momento podem aparecer diversos obstáculos não previstos, tal como as objeções e as desculpas para não prosseguir com a negociação.

Portanto, é preciso saber negociar e mostrar que confia em sua solução. Objeções que podem aparecer estão relacionadas ao preço, ao tempo de implantação do serviço, à concorrência e até na desconfiança do serviço.

Nesse sentido, é preciso entender a fundo o que está por trás daquela objeção e conseguir alternativas para que aquilo não seja problema e o cliente não tenha mais argumentos para não fechar o negócio.

Por isso, tente entendê-las e utilize-as como um ponto a seu favor no momento da negociação!

Faça follow-up

É muito comum que depois de ouvir a sua proposta, o cliente fique de sinalizar a sua resposta em alguns dias. Porém, em muitos casos ela pode não vir tão cedo ou simplesmente não vir.

Por isso, é sempre bom fazer um follow up, que é um acompanhamento da situação junto ao cliente. Isso pode ser feito com algumas ligações rápidas para saber se ele ainda tem alguma dúvida sobre a proposta ou o serviço.

Além disso, é possível manter um contato por e-mail, entregando materiais e informativos que sejam do interesse do cliente e estejam associados ao projeto que você elaborou para a proposta, ajudando-o a tomar a decisão.

Como tornar as vendas por telefone mais efetivas?

Por fim, vamos dar algumas dicas rápidas sobre como tornar as vendas por telefones mais efetivas. Acompanhe-as abaixo:

1 – Seja educado

Saiba que o cliente te atender não é um direito, mas sim um privilégio! Portanto, ser muito educado é essencial para que uma negociação possa se desenrolar.

Até porque, muitas vezes a ligação pode vir em um mau momento. E é claro que ninguém suporta uma ligação de alguém mal educado em uma hora errada, não é mesmo?

Sendo assim, agindo dessa forma poderá facilitar e muito o início de uma boa conversa ou para que o cliente lembre de retornar posteriormente o contato. Caso a ligação seja atendida por uma secretária ou alguém que não seja ele, seja educado com também, pois assim essa pessoa facilitará com que o contato receba o recado.

2 – Garanta que o recado será passado

Se a pessoa que atendeu não é o tomador decisões, é preciso garantir que a mensagem que você ligou chegue até a ele realmente.

Portanto, é preciso que você desperte o interesse em quem atendeu para que isso realmente aconteça. Então, tente fazer uma abordagem interessante e que de alguma forma envolva essa pessoa.

Assim, ela lembrará de passar esse recado com maior facilidade para que o cliente possa retornar o contato.

3 – Utilize a internet para conhecer a empresa

Não cometa o erro de não saber com quem você está falando. Hoje, a internet é um excelente recurso para procurar a empresa ou os seus tomadores de decisão para um rápido estudo, ou seja, não há desculpas.

Você pode até utilizar das redes sociais para fazer isso, principalmente o Linkedin. Dessa maneira, ficará muito mais fácil criar uma empatia quando demonstra-se que já conhece o negócio.

4 – Utilize outros meio de comunicação

Muitas vezes a negociação por telefone pode ficar um pouco travada, então peça outros dados para contato, tais como e-mail, Linkedin, SMS e até o Whatsapp se for possível.

Demonstre que você não está sendo chato, muito menos insistente, mas que realmente tem interesse em fazer negócio com o cliente. Afinal, todo mundo recebe infinitas propostas todos os meses, então é preciso achar uma maneira de se destacar.

Entendeu como as ligações comerciais ainda podem ser um grande arsenal para a sua empresa? Então, saiba mais sobre o Pipeline de vendas e as vantagens de ter um em seu negócio.