12 lições para empreender e liderar com sucesso

12 lições para empreender e liderar com sucesso

1570
0
SHARE
liderar com sucesso

Alguém que se aventure na estrada dos negócios precisa aprender o grande valor da liderança.

Este artigo é pra você que atua no mercado ou deseja atuar solitariamente, saiba que é possível empreender perfeitamente e em equipe.

Neste post você receberá importantes lições para ser um empreendedor líder e alcançar resultados satisfatórios em seu empreendimento.

Ao final será disponibilizado uma série de dicas que lhe serviram de guia pelo caminho da liderança no empreendedorismo.

Lição 01: O que diz Guy Kawasaki

Guy Kawasaki, fala no seu livro “The Art of the Start” que inovadores isolados é um mito da história, sempre homens como Thomas Edson e Steve Jobs foram amparados e suportados por equipes.

Por mais profissional e experiente que você seja procure um “soulmates” usando uma expressão do sr. Guy, que quer dizer, a sua outra metade nos negócios.

Para crescer é preciso parcerias, networking, aliar-se com alguém que contribua para o desenvolvimento do seu empreendimento e aqui surge a necessidade da liderança.

Lição 02: Para alcançar resultados você sofrerá em silêncio

De todas as atividades que uma pessoa de negócios precisa desenvolver sem dúvida a formação de uma equipe é mais desafiadora.

É preciso lidar com questões tais como: delegar funções, cobrar resultados, motivar, apoiar os colaboradores em suas atividades e entregar recompensas e em alguns casos demitir.

A liderança sofre em silêncio e toma suas decisões com o único objetivo, alcançar os resultados.

Lição 03: Tenha pessoas competentes em sua equipe

Nos últimos anos as escolas de administração tem adotado um discurso mais paternalista com os colaboradores dando a entender que os mesmos precisam ter uma vida social confortável para aí então produzirem melhor.

Não se pretende contrariar os livros, mas o empreendedor é aquele que se privou de pegar as maças do único pé disponível que é o mercado, para se dedicar na construção de um instrumento que lhe proporcionará colher muito mais maças amanhã.

Portanto ele tem seu capital, seu tempo e sua energia empregada ali, arriscando tudo em nome do resultado e precisa está cercado de pessoas também igualmente competentes.

Lição 04: Retenha talentos como Mr. Selfridge

O drama da vida de Harry Gordon Selfridge em Londres muito bem retratado no seriado Mr Selfridge é a realidade em menor ou maior grau daquele homem ou mulher que adentra o universo empresarial.

Ao encontrar Agnes Towler uma colaboradora com grande potencial Selfridge se interessa pelo bem estar da mesma, deixando claro que contava com as habilidades dela para o sucesso do seu empreendimento.

É preciso ter desenvoltura na capitação de recursos financeiros, humanos, material e principalmente reter talentos, pois o empreendedor não faz tudo sozinho.

Lição 05: Não fuja dos conflitos

Ao observar as literaturas das escolas de negócios nota-se por meio das pesquisas que os conflitos são resultados de choques de personalidades.

Então você que está disposto a se tornar um empreendedor de vez precisa aceitar que conflitos serão uma constante na caminhada.

Embora seja sabido que nem todos os conflitos são negativos, no mundo moderno a criatividade e inovação são o combustível para o crescimento de uma organização, e às vezes o ambiente de conflitos funcionais traz a tona novas ideias e oxigena seu escritório, fábrica e incubadora com outras possibilidades.

Lição 06: Motive

A motivação é você dar um ânimo a pessoa, o motivar contem os estragos que porventura possa acontecer na trajetória da busca pelo resultado.

Nem sempre a motivação está no dinheiro, mas na expectativa que amanhã será melhor do que hoje ou a esperança do pódio como no futebol.

Lição 07: Aprenda a administrar conflitos e motivações

Todos precisam de motivação, veja o técnico de futebol, quantos conflitos é preciso administrar dentro de um vestiário, aqueles jogadores recebem altos salários, são xingados pela torcida muitas vezes, são controlados por regras que muitas vezes são subjetivas ao juiz e principalmente, são pressionados para alcançar o alvo, o gol.

Na qualidade de técnico de futebol o indivíduo se vê preso numa série de dilemas, pois a sua responsabilidade é oferecer o resultado positivo, vitória.

Mas por mais pressionados que estejam não há pressão maior do que sobre o gerente de futebol que precisa ter uma boa estratégia e trabalhar em cima de um planejamento consistente para entregar o título ao clube.

A medida que sobe a hierarquia a quantidade de variáveis que podem conduzir ao erro aumentam e claro os conflitos multiplicam, por isso a motivação precisa ser maior do que os conflitos.

Lição 08: O líder precisa estar motivado

A qualidade de sua liderança é resultado da sua motivação, se o que você faz hoje é simplesmente pelo dinheiro ou por necessidade me desculpe, mas você não está motivado.

Liderar e motivar são palavras que se equivalem no sentido funcional.

Motivar é se colocar numa posição de liderança e oferecer algo a equipe pelo o que lutar.

Lição 09: Um toque pessoal

Muitas vezes pela manhã eu colocava músicas, assistia vídeos e lia frases que me traziam ânimo para encarar os desafios do dia.

Tinha que às vezes me encontrar com um cliente, um fornecedor ou com algum colaborador e não poderia fazê-lo sem motivação, pois certamente os resultados seriam desastrosos.

Ser empreendedor é ter um equilíbrio na mente não basta ser bom naquilo que faz é preciso ser visionário, no sentido Dolabela e Dornelas de dizer, e principalmente ser resiliente diante de tamanha pressão.

Lição 10: Planejar e liderar funcionam juntos

No livro “The Art of the Start” o autor não se detém muito na questão da liderança ele se preocupa mais em estabelecer um processo empreendedor eficaz, mas neste texto fica claro que o empreendedor precisa ser líder.

E nesse quesito ainda muito se pode aprender com biografias, palestras e compartilhando experiências com outros empreendedores e profissionais.

Lição 11: A cultura da empresa é reflexo do líder

O relacionamento numa organização é resultado de um clima organizacional e o clima reflete a cultura daquela empresa e a cultura começa com o empreendedor.

Se o empreendedor trabalha com valores de liderança como delegar, confiar, transparência e dedicação é fato que todos vão trabalhar nesta linha. E aquele que não se adaptar a este ritmo ficará para trás.

Lição 12: Da teoria para a prática

Didaticamente podemos entender o conceito de ser um empreendedor líder, mas na prática quando você entra num escritório, numa oficina de startups ou numa loja a realidade é bem diferente.

O empreendedor precisa romper com o aparente, ele vê além das pessoas e produtos, ele enxerga a dinâmica do mercado em seu sentido vivo.

Ele não contempla compradores ou usuários ele visualiza soluções sendo trafegadas de um lado a outro. Procure ser prático em suas ações e decisões, lembre-se, você busca resultados.

Dicas para ser um bom empreendedor líder

E finalmente, segue abaixo algumas dicas para compreender melhor a relação entre empreendedorismo e liderança.

Não são chavões, mas são princípios de liderança e empreendedorismo que podem contribuir significativamente para a sua carreira:

  • Faça o colaborador se sentir parte da meta emocionalmente e no bolso também;
  • Não crie metas inalcançáveis;
  • Não seja ganancioso, mas tenha ambição;
  • Crie uma atmosfera positiva, mas não paternalista;
  • Seja acessível;
  • Mostre ao colaborador sutilmente que você o está vendo;
  • Seja claro ao colaborador sobre o que você quer dele;
  • Seja paciente com o sócio, mostrando onde a opinião dele está falhando, se de fato estiver;
  • Não tenha vergonha ou medo de rever uma estratégia;
  • Mostre como fazer uma operação fazendo;
  • Seja o primeiro a chegar e o último a sair;
  • Seja humilde;
  • Resolva o problema;
  • Não tenha partido;
  • Seja exemplo;
  • Não perturbe, dê feedbacks;
  • Não maltrate, seja direto e claro;
  • Não xingue, não dê apelidos, grave nomes;
  • Saiba falar não;
  • Convença, não ameace;

Finalmente, o mundo dos negócios é movimentar e combinar recursos com o objetivo de auferir ganhos e lucros, nunca esqueça que de todos os recursos o principal é as pessoas por meio do qual você alcança seus resultados.

Empreender não está desconectado do ato de liderar, mas ambos estão entrelaçados.

Texto produzido por Daniel Júnior (Co-criador da plataforma de divulgação gratuita wbs3.com)