KPIs: por que eles são essenciais para medir o seu sucesso?

KPIs: por que eles são essenciais para medir o seu sucesso?

2062
0
SHARE

Se você faz parte do time de estratégia de um negócio, muito provavelmente já ouviu falar na sigla KPI.

Ao se tratar da performance de uma determinada estratégia, os gestores precisam analisar numericamente o que funciona e que precisa ser repensado. Dessa maneira, fica mais fácil saber se você está cumprindo com os objetivos da estratégia de marketing digital.

Mas o que exatamente significa essa sigla? KPI é uma sigla em inglês: Key Performance Indicator, (em português, Indicador-Chave de Desempenho), que permite melhor medição de processos. Os KPIs também são conhecidos como KSI (Key Success Indicator).

Trata-se de uma ferramenta que possibilita que os gestores comuniquem o desenvolvimento da empresa aos seus subordinados, quantificando o desempenho e atividade dos funcionários.

Essa já é uma excelente maneira para ter uma equipe engajada!

KPI é o mesmo que métrica?

Os KPIs agem através das métricas brutas. Enquanto as métricas fornecem dados fechados como origem do tráfego, visitantes por sessão e taxa de rejeição, os KPIs são trabalhos realizados em cima das métricas.

Uma métrica vira um indicador-chave quando torna-se relevante para uma estratégia. Em palavras mais simples, o KPI aponta se determinada meta de conversão foi alcançada.

Os valores do KPI podem ser expressos de forma numérica ou percentual.

Se estamos falando a taxa de rejeição do blog, o valor será expresso em percentual. Já o ticket médio por clientes será expresso em uma média de valores monetários.

Exemplos de KPIs

Quando falamos de sucesso em uma empresa ou estratégia, logo nos vem a seguinte pergunta: como mensurar os resultados?

Existem várias maneiras de fazer isso, utilizando indicadores de produtividade, qualidade, capacidade, entre outros.

De forma prática, se o gestor quer medir a capacidade de resposta de um processo operacional, ele vai se respaldar em indicadores de capacidade.

Da mesma forma, se o objetivo é saber se a empresa está cumprindo com os objetivos traçados, os KPIs podem apresentar um comparativo entre o cenário atual e o cenário ideal, através dos indicadores estratégicos.

É importante ressaltar que os KPIs devem ser escolhidos de maneira relevante para seu negócio. Bons indicadores permitem, por exemplo, entender a dinâmica de vendas da empresa.

O KPI de valor do ticket médio do cliente vai te fornecer qual é o cliente que mais investe em produtos da sua empresa.

O Indicador-chave do ticket médio do vendedor vai te mostrar qual funcionário está avançado em suas metas.

KPIs que não podem ficar de fora

Se você jé está por dentro do Inboud Marketing, com certeza vai precisar de alguns indicadores-chave específicos para estruturar sua estratégia.

  • Tráfego orgânico: aqueles visitantes que chegam de forma autônoma no seu site são incluídos no tráfego orgânico. Isso significa que eles não clicaram em um anúncio pago no Google ou Facebook para te encontrar. Já dá para ver que a saúde de seu site ou blog está boa!
  • Taxa de conversão de leads: para entender se há engajamento dos visitantes do seu site, aposte nessa taxa. Ela vai te apontar se existem comandos interativos para os visitantes deixarem seus contatos e reduzir o custo de aquisição de clientes.
  • Taxa de conversão de compradores: esse indicador vai te mostrar se seu conteúdo está trazendo leads qualificadas e alinhadas com o objetivo da sua empresa.
  • Performance de e-mail marketing: se seu banco de e-mails cresce, o engajamento e abertura de e-mails também deve crescer. Essa taxa mostra se o conteúdo dos e-mails disparados está de acordo com as leads.
  • Alcance social: aqui não vamos medir somente curtidas e compartilhamentos nas redes sociais, mas, sim, quanto engajamento um artigo publicado vai ter em determinada rede.

Escolhendo um KPI principal

O primeiro passo para fazer uma definição de um bom KPI principal é a disponibilidade dos dados a serem mensurados. Para saber quantos visitantes acessam a sua página, você deve ter um sistema (como o Google Analytics) instalado e funcionando!

Alguns gestores erroneamente apontam indicadores que não são relevantes. Esses são os casos dos KPIs sociais, que medem comentários, compartilhamentos e curtidas nas redes.

Isso acontece porque esses indicadores não são concretos e não traduzem em nada o real objetivo da sua empresa.

Esse fator também diz respeito às escolhas inteligentes. As interações em redes sociais muitas vezes não servem para nos direcionar aos resultados importantes. O KPI principal precisa ser embasado em escolhas que mostram boas trilhas para seu negócio.

Por último, mas não menos importante, o KPI principal precisa não só ser de dados a serem analisados com frequência como devem ter o acompanhamento constante para auxiliar na tomada de decisões.

KPIs primários

Falando de estratégia e resultados, tratamos diretamente dos KPIs primários. São eles que interessam os diretores do seu negócio! Eles traduzem se você está dentro do objetivo e se está trazendo resultados tangíveis para a empresa.

Sejam valores absolutos como receita total e receita por cliente, quantidade de visitantes e conversões, estamos falando de indicadores primários.

KPIs secundários

Para cuidar e tratar da equipe e cumprimento de metas, usamos os KPIs secundários. Eles são utilizados para reforçar os primários, traduzindo se o gerenciamento estratégico está no rumo que deveria.

Os gestores tem mais tempo e disponibilidade para estudar desdobramentos dos KPIs principais. Em exemplos práticos, temos o número de subscribers de um blog, visitantes que estão retornando à página, tipo de tráfego, entre outros.

Os KPIs secundários podem dizer, por exemplo, se o seu e-commerce está tendo sucesso e ampliando na rede! Até mesmo quais produtos tem mais procura, através do bounce rate, ou desistências por página.

Outro dado importante é o tempo gasto por visitante no seu site. Afinal, o algoritmo do Google usa essa métrica na hora de elaborar o ranking de resultados.

Escolha um KPI SMART!

Que um KPI precisa ser inteligente, a gente já sabe. Mas o que exatamente é a construção SMART?

  • Específico (Specific): o resultado esperado pela empresa deve ser claro.
  • Mensurável: como já foi dito, os dados a serem medidos precisam ser disponíveis.
  • Atingível: o objetivo deve ser realista, mesmo que desafiador!
  • Relevante: também já foi explicado, portanto não queira mensurar curtidas e compartilhamentos em redes sociais. Escolha um indicador-chave que esteja alinhado com o seu planejamento.
  • Temporal: estipular um prazo hábil é fundamental para se obter sucesso na escolha do KPI principal.

KPIs e o Marketing Digital

O controle absoluto do seu negócio é fundamental para identificar gargalos no funil de vendas. Se você percebe que seu site não está gerando leads, ou seja, que a taxa de conversão está baixa, está na hora de pensar em estratégias específicas.

O Marketing Digital trouxe uma facilidade para mensurar os resultados das estratégias da empresa. Ainda assim, há desafios que, caso não sejam estudados, podem mascarar falhas e erros estratégicos.

Ao tomar uma posição ativa na prospecção de pessoas, o Marketing de Conteúdo e o Marketing Digital favorecem relacionamentos duradouros e sintonizados com objetivos e metas.

Se o seu site possui uma chamada para ação (ou call-to-action), o KPI vai mostrar quantos visitantes passam pelo site e quantos, de fato interagem com a chamada, deixando seus dados para o eventual contato de vendedor e lead.

Já dá para perceber que o KPI e o marketing digital caminham de mãos dadas! O pulo do gato vem dessa combinação perfeita: definir bons indicadores-chave e usá-los para nortear as próximas pautas e ações da estratégia de conteúdo.

Qual artigo me levou para o topo do Google? Qual foi o assunto que mais interessou minha persona? Com qual periodicidade devo atualizar meu conteúdo?

Todas essas perguntas podem ser respondidas a partir dos KPIs!

KPI no Excel e WordPress

Se você já está familiarizado com todas as informações acima, provavelmente já ouviu falar do termo dashboard, referindo-se ao Excel. Muitos gestores utilizam essa ferramenta para gerenciar seus indicadores-chave e controlar todos os resultados.

Por ser um software com tempo de mercado e referência do tipo, o Excel ainda é o preferido quando pensamos em planilhas e controle se números e dados.

O mercado já disponibiliza alguns aplicativos automatizados para traduzir em gráficos e imagens os dados obtidos pelos KPIs. Assim, fica mais fácil visualizar o caminho até a meta traçada e produzir um relatório completo.

Apesar de ser uma ferramenta muito utilizada, o Excel não é a única!

Para aqueles gestores que utilizam blogs na sua estratégia de marketing de conteúdo, alguns desenvolvedores criaram plugins que integram ferramentas como o Analytics do Google e Facebook no próprio painel de controle da plataforma WordPress.

Se ainda restam dúvidas quanto a aplicação de KPIs em blogs, não deixe de ler o Guia completo do Google Analytcs! Vale a pena investir tempo nessa ferramenta gratuita e que ajuda tantos gestores.

Não deixe de acompanhar o blog Saia do Lugar para mais dicas para o seu empreendimento.

Se você gostou da nossa explicação, curta e compartilhe nas redes sociais e deixe seus comentários com dúvidas, sugestões e ideias!