influenciadores digitais

Como os influenciadores digitais podem ajudar nas vendas do seu e-commerce?

A expressão do momento parece ser “influenciadores digitais”, todos estão falando sobre eles e eles estão falando sobre tudo. Mas, você sabe quem são essas pessoas?

A expressão do momento parece ser “influenciadores digitais”, todos estão falando sobre eles e eles estão falando sobre tudo. Mas, você sabe quem são essas pessoas?

Famosos nas redes sociais, os influenciadores colecionam seguidores e fãs que os acompanham em ambientes como o YouTube, Instagram e Snapchat.

Quem são os influenciadores?

Influenciadores nada mais são que pessoas comuns que sabem usar sua personalidade (e tecnologia) de forma a atrair a atenção de outros que pensam ou se interessam pelas mesmas coisas que eles.

Eles são uma espécie de porta-voz de um grupo e funcionam, muitas vezes, como um agregador dessas pessoas.

Não é preciso ser o cara mais popular do colégio para ser um influenciador digital.

Aliás, essa é uma vantagem da internet: dar espaço para que todos os tipos de pessoas possam aparecer e se conectar com semelhantes. Ou seja, tem influenciador nerd, marombado, gordinho feliz, modelo, gamer, fitness, engraçado e o que mais você quiser.

Mas afinal, sobre o que eles falam para atrair tantas pessoas? Na verdade, eles falam o que o público deles gosta e quer ouvir, por isso o sucesso.

Os influenciadores conversam sobre livros, contam as suas experiências como mães, ensinam receitas, jogam os mais novos games ao vivo e fazem tutoriais de maquiagem.

As possibilidades de tema são infinitas quando se trata de redes sociais, mas como esses influenciadores podem ajudar nas vendas do seu e-commerce?

Você percebeu que falei acima sobre os assuntos mais recorrentes no trabalho desses influenciadores? É aí que está a chave para o sucesso: encontrar o nicho (tema) que mais combina com a sua campanha.

Não adianta pedir a um gamer para resenhar sobre o mais novo lançamento de “removedor de esmaltes com secagem instantânea”. É preciso estar atento ao público desses influenciadores.

Tipos de influenciadores

Apesar de tratarem de assuntos diferentes, os influenciadores exercem papéis comuns junto aos seus seguidores.

Uma influenciadora fitness e outra comilona assumida podem ser consideradas celebridade mesmo tratando de assuntos opostos. Isso, porque o que define o papel de um influenciador não é o tema, mas sim o posicionamento e a maneira com que falam com seu público.

Segundo a ferramenta Traackr, atualmente, os influenciadores são divididos em dez tipos de categorias, de acordo com os temas de seus canais e são eles:

  • Celebridade – normalmente possui muitos seguidores;
  • Autoridade – tem moral máxima no seu nicho;
  • Conector – conexões entre seu público (e também com as marcas);
  • Marca – seu nome e reputação valem muito, são uma espécie de marca mesmo;
  • Analista– fornece dados e contribui para o conhecimento sobre o tema;
  • Ativista – defende uma causa e movimenta seus seguidores nessa direção – geram mais engajamento;
  • Expert – com expertise na área, criam produtos focados no tema;
  • Insider – possui grande poder local;
  • Disruptivo – possui ideias inovadoras e alimenta debates com opiniões diferentes;
  • Jornalista – exerce o papel do novo jornalismo, tratando de assuntos exclusivos e de interesse comum.

É importante conseguir identificar o tipo de papel que cada influenciador exerce sobre seu público antes de escolher quem vai falar sobre e pela sua marca.

Como escolher o melhor influenciador para a sua campanha

A dica aqui é entender para quem você quer falar e quais são os públicos que podem se interessar pelo seu produto. Ou seja, aposte nos nichos de conteúdo, principalmente se o seu produto ou serviço também for destinado a um grupo específico de clientes.

Se você faz cupcakes veganos, por exemplo, os influenciadores na categoria “culinária” são uma excelente escolha, mas, é importante que eles falem sobre alimentação saudável em seus canais – tudo vai variar de acordo com o seu tipo de campanha, se é de branding, vendas ou promoção, por exemplo.

O que é preciso analisar antes de escolher um influenciador

Geralmente, os influenciadores digitais mais experientes possuem um Midia Kit. Nesse documento, o anunciante pode checar o público que mais assiste aos vídeos publicados no canal do youtuber, ou quem são os milhares de seguidores do instagramer.

Além disso, alguns influenciadores disponibilizam dados como tempo médio de visualização de seus vídeos ou a região do país que concentra o maior número de inscritos/seguidores.

Mas, e se o influenciador que eu quero usar em minha campanha não possuir esses dados? Aí é preciso que você mesmo busque e analise algumas métricas.

A dica, neste caso, é rolar o feed do influenciador que você quer contratar. Não preste atenção apenas no conteúdo que ele compartilha, mas também analise a fundo tudo o que foi postado. Passe um tempo lendo os comentários e vendo o número de curtidas ou dislikes que o influenciador recebe.

Dê uma atenção especial ao tipo de engajamento que é gerado, ou seja, do que se tratam os comentários: são dúvidas, sugestões, reclamações ou elogios?

Influenciadores com um número muito alto de seguidores podem ter um engajamento bem menor que um outro influenciador com menos inscritos, por isso esse tempo de análise é precioso.

Como os influenciadores podem ajudar nas vendas do seu e-commerce

Ok, você já entendeu quem são e quais os papéis que os influenciadores exercem, mas ainda pode estar se perguntando por que vale a pena apostar nos influenciadores ao invés de seguir pela mídia tradicional e fazer um filme para tv.

Como o próprio nome já diz, os influenciadores digitais têm um enorme poder de influência em seus seguidores e isso acontece pela confiança que eles inspiram.

Para que seja efetiva, a sua publicidade deve soar como um conselho na boca dessas pessoas, afinal os fãs acompanham o dia-a-dia e as conhecem assim como conhecem a um amigo.

Por isso, sua marca deve se encaixar com a personalidade do influenciador escolhido para que ela seja legitimada pelo comportamento comum dele.

Os influenciadores digitais ajudam tanto nas vendas de produtos e marcas porque se posicionam como um amigo, alguém próximo, e não uma pessoa estranha te mandando fazer algo.

Afinal, se um grande amigo falar que essa calça que você está usando não lhe caiu bem, por quê desconfiar dele? Por isso, os influenciadores digitais podem servir como bons conselheiros sobre a sua marca e, assim, alavancar suas vendas.

Artigo produzido pela equipe do Méliuz, empresa que devolve ao consumidor parte do valor gasto em compras direto na conta bancária (cashback).

  • Acompanho vários profissionais de ecommerce relatado no texto acima e sempre tem algo de positivo pra passarem.

    • Renato Mesquita

      Com certeza, Caio!