habilidades profissionais

6 habilidades profissionais de um empreendedor de sucesso

Para ser empresário exige algumas habilidades profissionais. Quais serão essas habilidades? Como adquiri-las? Você vai descobrir neste artigo!

O brasileiro é conhecido como um empreendedor nato. Não é raro observarmos que, mesmo aqueles que dedicaram uma vida inteira trabalhando para outras pessoas, desejam abrir uma empresa. Em alguns casos, essas pessoas decidem empreender quando conseguem economizar uma quantia considerável de dinheiro.

Isso ocorre porque um dos mitos sobre empreendedorismo é o de que basta ter recursos para investir que o sucesso será consequência. A verdade é que ser um empresário exige habilidades profissionais.

Quais serão essas habilidades? Será que você as possui? Como adquiri-las? Você vai descobrir neste artigo!

Quais as habilidades profissionais ideais para um empreendedor?

1. Proatividade

Essa palavra faz parte do vocabulário de todos aqueles que já participaram de um processo seletivo para uma vaga de trabalho. Muitas pessoas afirmam aos recrutadores que possuem essa característica, mas não sabem direito qual é o significado dessa palavra.

Ser proativo significa evitar a zona de conforto. As empresas desejam profissionais assim porque temem alguém que, ao conquistar o emprego, mantenha-se desmotivado, desejando apenas conquistar as metas suficientes para poder ter o salário.

No caso do  empreendedor a proatividade é importante porque não existe uma “zona de conforto” para quem empreende. Ainda que seu negócio tenha atingido um patamar estável, isso não quer dizer que as tarefas — e os desafios — tenham terminado.

Além do mais, empreender exige um pouco de conhecimento em diversas áreas, por isso não se deve ficar na zona de conforto nunca.

Como ser proativo?

Coloque-se no lugar do outro e pense como pode ajudar. A empresa é um investimento seu, mas investir é muito mais do que colocar dinheiro. Investir é buscar soluções alternativas para os problemas, por isso, se algo o incomoda o ideal é buscar uma solução, ao invés de lamentar-se.

2. Disciplina

Pessoas disciplinadas vivem melhor e alcançam melhores resultados. Sabe quando se está na escola e um aluno tira excelentes notas, mesmo nas matérias mais complicadas? Isso ocorre porque, provavelmente, ele estuda um pouco todos os dias. Ou seja, é mais produtivo estudar um pouco diariamente do que virar uma noite estudando na véspera de um teste.

Disciplina é uma das mais valiosas habilidades profissionais porque exige do empresário um trabalho constante, mesmo nas pequenas tarefas.

Além do mais ser disciplinado fará com que o trabalho do empreendedor se mantenha no ritmo, mesmo quando o entusiasmo se for.

Como ser disciplinado?

Essa não é uma das habilidades profissionais mais divertidas, mas sim uma das mais necessárias. O primeiro passo é ser realista com relação à sua capacidade ou tempo. O dia tem 24 horas e você deve valorizá-las. É preferível trabalhar em uma tarefa importante 20 minutos por dia do que não fazer nada.

Ser disciplinado é valorizar as pequenas ações e saber que elas causam grandes impactos.

3. Organização

Ser organizado e ser disciplinado não são as mesmas coisas, pelo menos nesta lista de habilidades profissionais. Isso porque a organização é um caminho para tornar-se uma pessoa disciplinada, logo também precisa ser compreendida.

Quando se é organizado uma palavra ganha destaque no vocabulário: rotina. Sim, você já deve ter ouvido frases como “fuja da rotina”, mas pessoas organizadas jamais diriam isso. Elas sabem que a rotina não é uma inimiga, mas uma grande aliada.

A tecnologia nos oferece uma série de ferramentas quando o assunto é organização. As agendas do Google e Outlook são bons começos. Com elas é possível sincronizar os compromissos para evitar esquecer-se de algo.

Além dela existem outras ferramentas, como:

You Can Book me: esse site funciona como agenda de reuniões virtuais. O cliente tem acesso a ela por meio da internet, agenda um dia e horário — podendo cancelá-lo, caso queira. Além disso, é possível sincronizar as datas de reuniões com o Google Calendar e Outlook.

Outlook: esse software é muito mais do que o gerenciador de emails da Microsoft. Em suas versões mais recentes é possível usá-lo como uma agenda de compromissos.

Outra vantagem do Outlook está na hora de ler e responder os e-mails. É possível criar lembretes para responder as pessoas, além de poder visualizar as mensagens rapidamente, evitando que se perca tempo lendo e-mails desnecessários.

Criar pastas para organizar as mensagens também é fundamental.

Trello: excelente software para quem precisa gerenciar grandes projetos. O Trello ajuda a organizar as tarefas em blocos, transformando grandes projetos em tarefas menores. Assim é mais fácil entender o que deve ser feito e manter um trabalho adequado.

A grande vantagem de se utilizar esse sistema é que todos os membros de uma equipe podem ter acesso ao andamento da meta.

Utilize a tecnologia para tornar-se mais organizado!

4. Resiliência

A versão online do dicionário Aurélio define resiliência como: “Habilidade de se adaptar com facilidade às intempéries, às alterações ou aos infortúnios”. Dá para entender porque essa é das habilidades profissionais mais importantes para um empresário, não é mesmo?

Quando falamos em empreender é possível que nossa mente crie uma imagem de um cenário de sucesso, em que tudo ocorre de forma positiva. Uma vida muito mais tranquila do que trabalhar com carteira assinada, por exemplo.

Empreender pode muito bem ser isso, mas esses resultados só serão logrados depois de muito esforço. Em alguns momentos empreender pode significar se decepcionar com algumas pessoas, ou ter que encarar o fato de que nem tudo caminhará tão rápido quando o desejado.

Ser resiliente é encarar esses momentos sem ignorar os sentimentos negativos que eles possam trazer, mas, na verdade, tentando aprender com eles.

Como ser resiliente?

Entenda que existem questões que estão fora do seu controle. Um fornecedor que atrasa, um cliente grosseiro etc, o importante é que você se lembre que tudo é aprendizado. Uma experiência ruim hoje o tornará mais forte para lidar com situações semelhantes no futuro.

5. Empatia

Empreender é uma atividade humana, feita por e para pessoas. É muito importante se lembrar disso, porque quando se pensa em negócios é comum ter uma visão focada nos números. Eles são, sim, a representação adequada de uma empresa e de seus objetivos, mas ignorar as características de uma pessoa pode fazer você tornar a atividade empreendedora mais difícil.

Em primeiro lugar quando oferecemos um produto/serviço a uma pessoa estamos, na verdade, oferecendo uma solução para um problema, isso ocorre em todos os segmentos, sem exceção.

Coloque-se no lugar do cliente, isso o ajudará a oferecer algo realmente adequado a ele. Além disso, empreendedores ocupam postos de gerencia em suas empresas, o que os obriga a lidar com os colaboradores.

Ser empático com um funcionário não significa tornar-se condescendente com malfeitos, mas tentar entender o que está acontecendo de errado e se de fato o a culpa é do funcionário.

Como ser empático?

Ainda que a tela do seu computador lhe mostre gráficos e planilhas, lembre-se que o seu dia é feito das conversas que você faz com outras pessoas. Valorize-as e lembre-se que essas pessoas também têm problemas. Nem sempre o mal humor delas tem alguma relação com você.

6. Competitividade

A competição é fundamental no mundo dos negócios. É ela quem ajuda a regular os preços e melhorar a qualidade dos produtos. Por mais simples que seja a sua empresa tente superar seus concorrentes. Se você não os conhece supere a si mesmo.

Não se trata de uma competição destrutiva. Vencer a todo custo, mas sim entender que é possível melhorar todos os dias.

Observe seus concorrentes e verifique no que eles estão acertando. Jamais ignore uma mudança no mercado no qual está inserido. Entenda o que está acontecendo.

É extremamente recomendável que você faça uma análise de concorrência antes de abrir sua empresa. Desse modo será mais fácil calcular preços e repensar os produtos, por exemplo.

Como ser competitivo?

Entenda que se trata de entregar sempre o melhor, ou seja: melhoria contínua. Não projete na empresa objetivos pessoais. Também é importante lembrar-se que uma empresa concorrente não é um exército inimigo, mas uma aliada dentro de um mercado em comum.

Em resumo

Muitas habilidades profissionais exigidas de um empreendedor são, na verdade, qualidades que vão além do ambiente corporativo. Na verdade, tratam-se de virtudes que trarão melhoria para qualquer indivíduo que as cultive.

Além do mais, é importante desfazer uma imagem pouco fiel à realidade sobre o trabalho do empresário, como se essa atividade fosse totalmente diferente de trabalhar para uma empresa de outra pessoa.

Quando você empreende passa a trabalhar para o desenvolvimento do seu negócio, e isso pede uma dedicação semelhante àquela que era exigida de você pelos seus antigos patrões.

A diferença está na recompensa. Quando se empreende o que motiva o empresário a levantar da cama é algo maior do que o salário. É a realização de um sonho.

Gostou deste artigo? Que tal continuar apreendendo? Como vimos neste texto, as habilidades profissionais exigidas de um empresário são muitas, afinal, o dia a dia de uma empresa pode ser uma guerra. Por isso, você precisa saber o que é Marketing de Guerrilha.

Essa solução de Marketing pode alavancar muito o seu negócio e o melhor: custando menos!