guia de planejamento financeiro

Guia de planejamento financeiro para controlar as suas finanças

Se você pudesse ir, como que por um passe de mágica, para a vida dos seus sonhos, como ela seria? Você estaria cursando o ensino superior? Estaria gozando uma aposentadoria tranquila? Vendo seu empreendimento crescer?

Se você pudesse ir, como que por um passe de mágica, para a vida dos seus sonhos, como ela seria? Você estaria cursando o ensino superior? Estaria gozando uma aposentadoria tranquila? Vendo seu empreendimento crescer?

Nós sempre pensamos no futuro, mas às vezes ele parece tão distante, que não nos preocupamos com ele.

Esse é um grande erro, que cobra um preço muito alto: a nossa satisfação com a vida. Mas calma, com um pouco de conhecimento é possível mudar isso. E nós estamos aqui para ajudá-lo.

Por isso, é importante saber que alguns termos ligados ao mundo dos negócios podem ser adaptados à nossa realidade, e nos ajudar muito a conquistar o que sempre sonhamos. Uma dessas possibilidades é dominar técnicas de planejamento financeiro.

Qual é a sua situação financeira hoje?

Antes de definir seu planejamento financeiro estabeleça duas ideias: onde você está onde você quer chegar. 

Assim será mais fácil para você entender o que terá que fazer para alcançar suas metas.

Por exemplo: se você é um estudante e deseja ter sua casa própria daqui 20 anos, quanto você terá que economizar nesse período? Quanto você terá que economizar por ano? E por mês?

Fracionando seu objetivo em metas menores você tem uma visão realista do que terá que fazer para alcançá-lo.

Juntar 200 mil reais em 20 anos parece algo muito distante. Guardar cerca de R$833 por mês já se apresenta como algo mais próximo da realidade. Saber que será necessário poupar vinte reais por dia pode tornar isso ainda mais claro.

Se você está em uma situação financeira delicada, o planejamento financeiro poderá ajudá-lo a ver quais são suas despesas e como elas impactam seu orçamento.

Assim, você poderá reavaliar suas necessidades e, também, negociar valores com os fornecedores de serviços, podendo inclusive, contratar outras empresas.

Você tem cuidado bem do seu dinheiro?

Normalmente quando falamos em planejamento financeiro as pessoas logo o associam ao mundo dos empreendimentos, e estão certas em fazer isso.

Uma empresa que não possui um bom planejamento financeiro está condenada, mesmo que seu produto, ou serviço seja de ótima qualidade e seu proprietário seja uma pessoa trabalhadora e esforçada.

Sem planejamento não tem como conquistar seus objetivos, e pior: há um grande risco de perder seu patrimônio.

Assim como uma empresa, você tem um caixa. Você oferece ao seu empregador seu tempo e, em troca, recebe seu salário.

Por isso, deveria ter cuidado ao gastar seus ganhos. Não que você tenha que viver uma vida de monge budista e renunciar o hábito de consumir, mas sim, aprender a gastar.

Planejamento financeiro com as contas básicas

As grandes empresas investem muitos recursos para melhorar processos de consumo de energia. Elas reaproveitam água, economizam energia elétrica e evitam desperdício de matéria-prima.

Aí você, que não é uma super. empresa está esbanjando luz, água e alimentos.

Perceba uma coisa: esses itens são recursos, que devem ser usados para que você e sua família tenham uma vida confortável, portanto, economize e reveja hábitos de consumo com relação a:

  • TV por assinatura: 

Faça uma análise do tempo que você gasta usando esse serviço e seu custo final.

Negocie com a operadora para conseguir um pacote que atendas às suas necessidades e tenha um preço justo.

Mude de operadora se for o caso, ou migre para serviços on demand.

  • Energia Elétrica: 

Um dos serviços que mais impactou o orçamento doméstico. Não tem jeito: economize, mude hábitos e prefira eletrodomésticos econômicos.

  • Água: 

Um dos recursos mais desperdiçados, infelizmente. Além do dinheiro, estamos falando de algo cada vez mais escasso no planeta.

Sabe aquela água que sai da máquina de lavar? Que tal começar a usá-la para descargas e para lavar a calçada?

Monitore vazamentos e cuidado com os maiores vilões do consumo d’água: chuveiro e mangueira.

  • Plano de telefonia:

Muitas pessoas desconhecem o que seu plano oferece como vantagem.

Por isso, entre com contato com sua operadora para saber pelo o que você está pegando. Além disso, reveja se esse gasto é de fato necessário.

Dica importante: 

Muitas operadoras vendem pacotes fechados de serviços. O cliente deseja comprar internet, mas acaba tendo que levar TV e telefone também. Isso é indevido! 

Por lei a operadora deve vender os produtos separadamente.

Não misture o dinheiro de seu negócio com o seu

É muito comum com pessoas que estão empreendendo há pouco tempo. O caixa da empresa apresenta dificuldades e o empresário resolve fazer um empréstimo no banco em sua conta pessoal.

Quando você mistura seus recursos pessoais com os de sua empresa, você coloca as duas contas em risco.

Assim como suas despesas pessoais continuarão chegando, os fornecedores do seu empreendimento precisarão receber. Fuja dessa armadilha.

Veja nesse post, os 4 passos para separar de uma vez por todas finanças pessoais das finanças empresariais!

Planejamento financeiro: é mais fácil usando planilhas

A memória humana pode nos pregar peças. Achamos que vamos lembrar do quanto pagamos por aquela pizza, mas esquecemos. Aí no final do mês as contas não fecham e não sabemos o porquê.

Por isso anote todos os gastos, inclusive os de menor valor, como um lanche na rua, por exemplo. Somados eles fazem grande diferença.

Tenha um caderno de anotações, ou uma planilha no Excel, assim os cálculos envolvidos serão mais fáceis de serem feitos.

A tecnologia também ajuda muito, por isso listamos alguns serviços online, sites e apps, que te ajudarão a cuidar do seu planejamento financeiro, são eles:

Minhas economias: 

Após um rápido cadastro o usuário terá acesso ao serviço, que é gratuito.

Além de possuir um aplicativo (Android e IOS) o Minhas Economias também pode ser acessado pelo computador.

Nele você fará o registro dos seus gastos, das suas fontes de renda e terá, diante dos seus olhos, gráficos demonstrando como andam suas finanças.

Além disso, é possível fazer projeções para saber quanto você deve economizar para poder comprar uma casa, por exemplo

Organizze:

Com funções semelhantes ao primeiro item da lista, mas oferece uma versão empresarial, o que pode ser uma grande ajuda aos empreendedores.

Renda Fixa:

Planejamento financeiro não é apenas economizar dinheiro, mas também é saber onde deve-se investir.

Por isso esse app (Android, IOS e navegadores) oferece dicas de investimento adaptados à sua renda.

Esteja preparado para o pior

Tem um ditado chinês muito interessante que diz: “Espere o melhor, prepare-se para o pior e aceite o que vier”.

Em momentos de bonança, em que os rendimentos são altos, nos esquecemos que diversos fatores podem, do dia para a noite, mudar tudo.

O segmento em que atuamos pode ser impactado por questões externas, como uma crise financeira. Por isso mantenha sempre uma reserva dos seus ganhos.

Imprevistos podem acontecer – aliás, por isso que eles se chamam imprevistos, né?!

E se você estiver preparado, pode passar por eles sem grandes traumas, caso contrário, eles podem te fazer perder muito tempo tentando resolvê-los.

O planejamento financeiro é uma poderosa ferramenta que nos ajuda a conquistar nossos objetivos econômicos, mas também nos dá segurança em momentos de turbulências.

Cuidado com seu estilo de vida

É muito difícil definir com clareza o que é sucesso pessoal, talvez por isso, muitas pessoas acreditam que o único fator envolvido seja o financeiro.

Como ninguém quer passar a imagem de uma pessoa que fracassou, sentem-se na obrigação de demonstrar um estilo de vida que não condiz com seus ganhos. Uma pena, pois essa estratégia cobra um preço muito alto.

Carros e casas normalmente são financiados, uma vez que são um investimento de grande valor.

Avalie bem a necessidade de ter um automóvel, e defina qual modelo atende suas necessidades e possui uma boa chance de revenda.

Escolha uma casa levando em consideração as prestações do imóvel, taxa de juros, tipo de financiamento, etc.

Algumas pessoas usam economia de uma vida toda para dar entrada em um imóvel, mas as parcelas são tão altas que não conseguem pagar, aí perdem a casa e o valor investido. Não deixe que isso aconteça com você.

Cuidado com modismos. Você realmente precisa daquele smartphone caríssimo?

Aquele restaurante cinco estrelas é parte essencial da sua rotina? Viva uma vida pensando no seu bem-estar, e não tentando agradar os outros. Você não está competindo com ninguém.

Use bem seu cartão de crédito

Normalmente ele é visto como um vilão, mas não deveria. Para quem tem um bom planejamento financeiro o cartão de crédito pode ser um aliado.

Verifique se seu banco oferece um programa de milhas. Aquela viagem de férias pode ficar bem mais barata com elas e o destino, inclusive, pode ser outro.

Não se empolgue! O cartão de crédito lhe oferece a possibilidade de comprar algo, em um momento que você não possui dinheiro vivo.

Então, avalie a compra, ela é mesmo necessária? Se for verifique se o vendedor oferece algum desconto à vista.

Se não, verifique se ele parcela sem juros, se ele não oferecer nenhuma das possibilidades, continue pesquisando e procure outra loja.

Evite pagar o valor mínimo da fatura. Esse é o principal motivo da má fama do cartão de crédito.

O usuário usa o crédito de maneira pouco responsável, a conta chega e ele dá início a uma bola de neve. Paga o valor mínimo e, no mês seguinte tem o acumulado de dois meses para pagar, acrescido de juros.

Antes de abrir uma conta no banco pesquise!

Você deve pesquisar todos os itens que adquire, porque seria diferente com os seus serviços bancários?

Antes de ir à agência abrir a conta, verifique no site quais são valores e taxas.

Se houver um número de SAC ligue e tire as suas dúvidas. Só então vá até a agência bancária.

Converse com o gerente e veja se, de fato, aquele banco é o melhor para você. Se não for, não tenha vergonha de dizer “não, obrigado”.

Cuidado com o pacote de serviços, contrate apenas o que você usará. Nada de previdência privada, cartão extra ou qualquer outra coisa que você não irá usar.

Planejamento financeiro para quem quer mudar de carreira

Em alguns momentos de nossas vidas aceitamos propostas de trabalho com o único objetivo de atender às nossas necessidades financeiras.

Porém com o passar do tempo apenas o salário não consegue segurar a felicidade de ninguém. Mas, pedir demissão e mudar o foco da carreira pode ser uma tarefa mais simples se você tiver um planejamento financeiro.

Poupe dinheiro: 

Você não sabe quanto tempo levará até se restabelecer na nova profissão.

Por isso, tenha em mente qual é seu custo de vida mensal e guarde o suficiente para poder viver por até seis meses sem trabalho fixo.

Invista na sua educação: 

Enquanto você está trabalhando no emprego que não gosta, use seu salário para estar pronto (a) para o emprego que deseja.

Se sua empresa atual oferece convênio com cursos de idiomas ou faculdades, aproveite essa oportunidade.

Priorize suas escolhas: 

Se você decidiu o rumo da sua carreira não faz sentido contrair grandes dívidas, como financiamentos de imóveis, por exemplo.

Isso coloca em risco seu planejamento financeiro e seus planos de carreira. Priorize uma meta e trabalhe nela.

Você não sabia nada de planejamento financeiro? A culpa não é sua

É uma triste realidade, mas grande parte dos brasileiros não tem noções sobre planejamento financeiro.

Isso ocorre porque o assunto não é tratado nos currículos básicos de ensino.

O resultado é que pessoas não conhecem os métodos para administrar os próprios bens e acabam criando dívidas.

Segundo dados da Serasa o número de brasileiros endividados já soma mais de 60 milhões de pessoas.

Resumo do Guia de planejamento financeiro

O relacionamento entre você e seu dinheiro deve ser muito mais do que receber e pagar contas.

Quando você sabe onde quer chegar financeiramente é mais fácil colocar seus recursos para lhe ajudarem a alcançar sua meta.

O planejamento financeiro é fundamental, para todas as pessoas, e a tecnologia está aí para facilitar nosso controle de gastos.

Dinheiro não é seu único recurso, lembre-se disso e evite desperdícios.

Comece seu planejamento financeiro hoje mesmo! Tem alguma dúvida sore o mundo dos negócios ou quer sugerir um tema? Deixe sua mensagem nos comentários para que possamos ajudá-lo!