Grandes líderes empresariais: os 8 mais incríveis para te inspirar

Grandes líderes empresariais: os 8 mais incríveis para te inspirar

Será que existe uma receita de bolo para ser um grande líder?

Será que existe uma receita de bolo para ser um grande líder?

Com certeza a resposta para esta pergunta é não, não existe uma fórmula pronta.

O conceito de liderança está muito ligado a crenças, comportamentos e ações, a forma como uma pessoa consegue cativar e inspirar os outros, a sua capacidade de prever o futuro e a persistência que muitos confundem com teimosia.

Não existe uma receita pronta porque comportamentos e ações que funcionam muito bem em alguns negócios, nem sempre são suficientes para que outros alcancem o sucesso.

Um grande líder também precisa saber se adaptar ao ambiente, seja na empresa ou na sociedade, cada situação requer uma estratégia específica.

Difícil não?

Mas apesar de a fórmula não estar pronta, podemos identificar alguns comportamentos diferenciados em grandes líderes empresariais, que irão lhe inspirar a seguir seus passos, buscando extrair o que cada um tem de melhor para aplicar diretamente na gestão do seu negócio.

Veja como estes 8 grandes líderes empresariais conseguiram construir verdadeiros impérios, mesmo que muitos deles tenham começado praticamente do zero.

1. Walt Disney

grandes lideres empresariais walt disney

Walt Disney nasceu em 1901, mas ainda é considerado uma inspiração como líder empresarial por ter sido um grande visionário e principalmente por sua persistência e resiliência perante todas as dificuldades que enfrentou até alcançar o sucesso.

Walt Disney era muito competente em seu trabalho, era um excelente produtor cinematográfico, foi cineasta, diretor, roteirista, dublador, desenhista e animador.

Mas no início da carreira, tinha grandes dificuldades em conseguir fazer sua pequena produtora “Laugh-O-Gram” obter bons resultados.

Quando finalmente conseguiu sucesso com um de seus trabalhos, a série Alice, e tudo parecia que ia decolar, Walt perdeu os direitos de uso da imagem dos seus personagens por questões contratuais e sua produtora foi quase a falência.

Mas nosso herói continuou persistente, até que criou Mickey Mouse, o personagem se tornou um sucesso e foi protagonista de diversos curtas e longa metragens, angariando fundos para um outro sucesso que veio em seguida, o filme “A Branca de Neve e os sete anões”.

Tudo estava indo muito bem quando os Estados Unidos resolveram entrar na segunda guerra mundial.

Esta participação devastou os negócios no país e novamente a empresa de Walt Disney estava arruinada.

Ainda assim, confiante em seu trabalho, Walt Disney produziu com poucos recursos o filme Cinderela, que se tornou um novo sucesso e gerou riquezas para o crescimento da empresa e a expansão em novos negócios, como os famosos parques de diversão.

2. Silvio Santos

grandes lideres empresariais silvio santos

Vamos falar de alguns brasileiros nos tempos atuais?

Muitos conhecem Silvio Santos apenas como um apresentador de programas de televisão.

Mas na verdade, além de um excelente comunicador, ele é um ótimo empresário e um dos grandes líderes empresariais do nosso país.

Silvio Santos começou sua carreira como camelô, e sua competência em se comunicar nas ruas o levou a trabalhar em rádio, onde começou a desenvolver sua carreira na mídia, inovando desde cedo com promoções e passatempos.

Apesar de já estar na mídia, o primeiro negócio de Silvio Santos foi o Baú da Felicidade, onde viu grande potencial no negócio de um amigo que estava com dificuldade para administrá-lo, que basicamente trocava carnês quitados por brinquedos ou eletrodomésticos.

Em pouco tempo Silvio Santos expandiu a operação transformando a empresa em um verdadeiro sucesso.

Depois de trabalhar na televisão, o apresentador criou seu próprio canal, o SBT, inovando nos programas de auditório com brincadeiras e campanhas diferenciadas.

Silvio soube explorar perfeitamente os meios de comunicação em massa para criar um verdadeiro império empresarial que vai muito além do SBT.

Hoje, além da emissora, o Grupo Silvio Santos conta com empresas como a Jequiti cosméticos e o hotel Sofitel Jequitimar Guarujá.

Silvio Santos é referência como líder por sua capacidade de se manter sempre atualizado, pela diversificação nos negócios e principalmente por sua capacidade de comunicação e inspiração.

3. Jorge Paulo Lemann

grandes lideres empresariais

Jorge Paulo Lemann é o homem mais rico do Brasil, sua fortuna em 2014 era estimada em quase US$ 20bi.

Ele não teve um início tão doloroso quanto nossas inspirações anteriores, não foi pobre na infância, mas isso não lhe tira os créditos de ser um dos grandes líderes empresariais do nosso país.

Com uma imensa capacidade de diversificação nos negócios, sendo um excelente negociador e um grande visionário.

De tenista pentacampeão brasileiro a fundador de um banco, Lemann se tornou o maior empresário nos setores de alimentos e bebidas do mundo.

Lemann inspira por sua capacidade de identificar potencial em negócios diversos, adquirir empresas com dificuldades de gestão, corrigir as deficiências e desenhar novas estratégias de crescimento.

Com este modelo de atuação, Lemann tem hoje em seu portfólio empresas como o grupo B2W, dono do Submarino e Lojas Americanas, AB-InBev, Burger King e Heinz.

4. Abílio Diniz

grandes lideres empresariais

A capacidade de se reinventar talvez seja a característica mais marcante da trajetória de Abilio Diniz.

Sua família fundou o grupo Pão de Açúcar, mas nos anos 90, quando o grupo estava a beira da falência, foi Abílio Diniz que assumiu a gestão e transformou a rede de supermercados em uma verdadeira potência nacional.

Nessa época, uma negociação com investidores franceses que inicialmente ajudou o grupo a crescer, fez com que Abílio perdesse o controle da companhia, e mesmo após várias tentativas de negociação, não obteve êxito e saiu completamente da operação, frustrado e sem rumo.

Abílio encontrou na BRF uma oportunidade de voltar aos negócios. Assumiu a gestão da companhia, vendeu operações deficitárias e internacionalizou a empresa.

Em 2 anos, o lucro da companhia saltou de R$ 700 milhões para 2.2 Bilhões, resultado obtido em 2014.

Por ter uma forte identificação com o varejo, Abílio Diniz comprou ações do Carrefour e agora ocupa um assento no conselho da empresa, e seu maior objetivo é fortalecer a participação da companhia no Brasil, que esteve perto de fechar as portas por aqui.

5. Howard Schultz (Starbucks)

grandes lideres empresariais

Starbucks Corp. CEO Howard Schultz smiles during a ceremony marking the 10th anniversary of the first open Starbucks coffee shop in Hong Kong Thursday, April 15, 2010. (AP Photo/Kin Cheung)

Como uma empresa que vende cafés pode se tornar uma das marcas mais queridas do mundo?

Com certeza Howard Schultz é um dos grandes líderes empresariais da atualidade.

Ele é reconhecido por características marcantes como sua genialidade, persistência, carisma e zelo com os funcionários.

Howard Schultz teve uma infância sofrida, com 7 anos seu pai sofreu um acidente, ficou sem emprego e a família não possuía nenhum seguro que ajudasse a manter as despesas da casa.

Sua mãe estava grávida de 7 meses e também não podia trabalhar, fazendo com que a família passasse muitas dificuldades e tendo que fazer várias dívidas.

Mesmo com todas as complicações, Howard conseguiu entrar para a faculdade, passou por alguns empregos e conheceu a Starbucks, uma pequena rede com 3 lojas que oferecia café gourmet.

Howard se apaixonou pelo negócio, fez amizade com os fundadores e conseguiu emprego de diretor de operações, vendas e marketing na Starbucks.

Porém, logo Howard foi desligado da Starbucks pois os fundadores não aceitavam suas ideias de melhorar a experiência dos clientes com o café.

Então, fundou sua própria rede, Il Giornale (em italiano “O jornal”).

O início não foi fácil, como não tinha dinheiro para começar o negócio, Howard conversou com 242 pessoas diferentes, ouvindo não de 217 delas.

Com aquelas que aceitaram participar do negócio, ele conseguiu levantar U$ 1,6 milhões em 1985 para abrir as primeiras lojas.

Dois anos depois, a Il Giornale comprou a Starbucks e Howard assumiu o comando da operação.

Após abrir capital em 1992, a Starbucks possui mais de 21 mil lojas em 65 países.

Todos os funcionários da empresa recebem seguro de saúde e recentemente a empresa anunciou que irá pagar a mensalidade da faculdade dos funcionários.

6. Steve Jobs

grandes lideres empresariais

Vamos agora para a sessão tecnologia.

Não tem como falar de grandes líderes empresariais e não citar Steve Jobs.

Sua genialidade e capacidade de inovação são sem dúvidas suas características mais marcantes.

Steve Jobs também é referência em superação.

Mesmo tendo criado a Apple e transformá-la em uma potência mundial, seu temperamento difícil fez com que os acionistas o afastassem da empresa.

Jobs reiniciou sua carreira na Pixar, onde participou de projetos como o primeiro longa-metragem totalmente feito por computação gráfica, o filme Toy Story.

A Pixar fez tanto sucesso que foi comprada pela Disney, e fez de Steve Jobs na época o maior acionista pessoa física da empresa.

Mas sua paixão pela Apple continuava, e quando a empresa estava a beira da falência, após ter perdido mercado para concorrentes como a Microsoft, Jobs voltou ao comando do negócio e iniciou uma verdadeira revolução.

Suas primeiras ações no retorno da Apple foi parar vários projetos que estavam em andamento, inclusive alguns que já haviam recebido milhões de dólares em investimento.

Ele queria concentrar esforços naqueles projetos mais importantes, para Jobs, a Apple precisava de apenas um produto “matador”, e não vários produtos de média qualidade.

Então ele começou um verdadeiro ciclo de inovação na empresa, lançando o Machintosh, um computador com design diferenciado e um sistema operacional próprio, bonito e com excelente desempenho.

Daí para frente foram várias outras inovações de sucesso, desde o iPod que revolucionou o mundo da música junto com o iTunes, e depois a revolução dos dispositivos móveis com o iPhone e o iPad.

Apesar do temperamento explosivo, Jobs era um líder visionário, ele criou produtos inimagináveis e revolucionou o mundo com suas criações.

7. Bill Gates

grandes lideres empresariais bill gates

Ele já foi o homem mais rico do mundo, e assim como Steve Jobs, é um dos pioneiros na revolução do computador pessoal, fundando a Microsoft e transformando a companhia na empresa de software mais conhecida do planeta.

Bill Gates fundou a Microsoft em 1975 quando tinha apenas 19 anos junto com seu sócio Paul Allen.

Depois de ter desenvolvido o sistema operacional MS-DOS e vendido para a IBM, a Microsoft deslanchou com a criação do Windows, o primeiro sistema operacional gráfico que se espalhou pelo mundo sendo utilizado em quase 100% dos computadores pessoais.

Esse sucesso deixou Bill Gates bilionário, mas ele se destaca por estar ativamente envolvido nos projetos da empresa e na criação de novas solução.

Bill Gates também é um líder muito preocupado com a sociedade e o planeta onde vive, através da fundação “Bill and Melinda Gates Foundation”, ele já doou mais de 28 bilhões de dólares para caridade, e investe boa parte de sua fortuna em pesquisas para cura de doenças e combate a epidemias como Malária e Febre Amarela.

8. Larry Page e Sergey Brion

grandes lideres empresariais

É difícil falar de um sem falar do outro, porque o que eles têm feito juntos com o Google é uma verdadeira revolução mundial.

A capacidade de inovação é o maior diferencial para estes dois grandes líderes empresariais, afinal, quando surgiram para o mercado em 1998 já existiam vários sites de busca na internet e aparentemente o Google seria só mais um deles.

Porém, eles criaram uma nova forma de ganhar dinheiro, conseguindo criar anúncios customizados de acordo com as buscas dos usuários, e cobrando dos anunciantes por cliques.

Esse formato atraiu diversas empresas que queriam anunciar seus produtos na internet, e o Google se tornou uma das empresas mais valiosas o mundo.

A trajetória do Google não se destaca apenas pelo serviço de busca, mas a empresa desenvolveu uma gama completa de soluções de utilidade pessoal, e hoje, a empresa possui até mesmo projeto de carros autônomos.

Conclusão

Como vimos, não há uma receita pronta para criar um negócio de sucesso.

Mas podemos observar algumas características comuns em grandes líderes empresariais que os tornam diferentes da maioria das pessoas.

Resiliência, persistência, capacidade de inovação, inspiração e poder de persuasão são algumas das características mais marcantes dos exemplos que vimos neste artigo.

Muitos começaram do zero, desacreditados e foram até demitidos porque ninguém acreditava em suas ideias.

Mas eles acreditaram em seus sonhos e não mediram esforços para correr atrás dos seus objetivos.

Mesmo quando caíram, tiveram coragem e força para se levantar e continuar tentando, superaram todos os desafios e chegaram onde poucos conseguiram.

Criar um negócio de sucesso requer acima de tudo um sonho, inspiração em muita transpiração.

Não podemos esquecer que todos eles trabalharam muito para alcançar seus objetivos.

Os tijolos foram ser colocados um de cada vez. Se você tem seu negócio ou está pensando em abrir um, inspire-se nestes líderes, comece a empilhar seus tijolos e faça seu sonho acontecer.