Os 8 segredos que você precisa conhecer sobre Geração e Gestão de...

Os 8 segredos que você precisa conhecer sobre Geração e Gestão de Leads

1292
0
SHARE
geração e gestão de leads

Você quer mais clientes para o seu negócio? Certamente qualquer empreendedor responde “sim” a essa pergunta.

Então, nós vamos ajudar você a chegar a esse objetivo com uma estratégia consistente e eficiente: geração e gestão de leads.

Geração de leads é o processo de conquistar potenciais clientes para o seu negócio. Por meio de conteúdos relevantes, seu site atrai possíveis interessados na sua solução. Ao conquistar a confiança dos visitantes, você capta emails para poder se aproximar deles.

Mas esse processo só se converte em vendas se for seguido pela gestão de leads. Os potenciais clientes precisam ser nutridos no funil de vendas com mais conteúdos para que tomem uma decisão acertada de compra – e, ao final, escolham a sua empresa.

Basicamente, é esse o processo, mas nós vamos revelar algumas dicas para potencializar ainda mais sua estratégia de geração e gestão de leads!

5 dicas para aprimorar a geração de leads

A geração de leads consiste em duas ações principais: atrair e converter. Elas podem ser desmembradas nas etapas que veremos a seguir, com alguns detalhes que fazem a diferença nos resultados.

1. Tenha empatia com a sua persona

A construção de personas é uma etapa essencial, mas muitas vezes desprezada no planejamento da estratégia.

Persona é a descrição fictícia de um cliente ideal da empresa, com informações sobre seu perfil, estilo de vida, necessidades, problemas etc. Quando mais aprofundada, melhor!

Isso gera empatia com o público, pois você compreende as dores reais das pessoas e como pode ajudá-las, tornando conteúdo, linguagem e abordagens mais adequados.

2. Gere um tráfego qualificado

Quanto mais qualificado for o seu tráfego, mais eficiente será o restante do processo. Afinal, pessoas mais próximas ao seu perfil de cliente têm mais chances de se tornarem um deles.

Então, preocupe-se não só com a quantidade de visitantes do seu site, mas principalmente com a qualidade. Será que essas pessoas estão realmente interessadas? Será que elas têm poder de decisão? Será que elas têm o perfil ideal?

Para gerar tráfego qualificado, tenha uma boa estratégia de produção e divulgação dos conteúdos, focada no perfil da persona.

Depois, analise a taxa de conversão: quanto maior ela for, mais qualificados são seus visitantes.

3. Otimize suas landing pages

Landing pages são páginas de destino, para onde os usuários são direcionados quando clicam em um link de anuncio, post ou qualquer divulgação.

Elas devem ser extremamente focadas no objetivo de conversão, que geralmente é o cadastro de email. Por isso, elas têm poucos elementos: uma imagem, um pequeno texto, um formulário e um botão de confirmação.

Então, seu foco nas landing pages é a otimização das conversões. Analise constantemente os resultados dessas páginas e teste os elementos que provocam mais cadastros.

4. Crie uma oferta de valor

Para incentivar que os visitantes informem seu email, ofereça algo em troca, como baixar um ebook, participar de um evento, assistir a um webinar etc.

Porém, não faça “mais do mesmo”. É possível que as pessoas já tenham lido vários posts do seu blog e já conheçam seu conteúdo. Se você não oferecer nada de novo, útil e interessante para os visitantes, não há razão para eles se cadastrarem.

Então, produza materiais ricos, que ofereçam uma experiência valiosa para o seu futuro lead.

5. Crie CTAs poderosos

CTA é uma chamada para ação (Call To Action). Ela identifica a ação que o usuário deve executar, segundo os seus objetivos.

Em uma landing page, o CTA é essencial para orientar o visitante: clique no link para receber a oferta.

Porém, para criar CTAs poderosos, fuja do padrão “clique aqui”. Seja claro e objetivo: “cadastre”, “assine”, “compre”. Se possível, seja criativo nas palavras! No visual, capriche nas cores para chamar a atenção e motivar o clique instintivamente.

3 dicas para melhorar a gestão de leads

Depois de gerar os leads, você precisa aprofundar o relacionamento com eles para fortalecer a confiança na sua marca. Veja agora mais alguns passos que você deve seguir:

6. Fortaleça a confiança com a nutrição de leads

A partir de uma ação do lead (como o download de um ebook), você consegue identificar qual o seu assunto de interesse e seu estágio de compra.

Assim, você pode inseri-lo no funil de vendas para realizar a nutrição dos leads, que consiste no envio de uma série de emails automatizados que educam a persona e amadurecem sua decisão de compra até a abordagem de venda.

Assim, você desenvolve um relacionamento de confiança com o lead ao longo de sua jornada, pois ele se abastece de informações para tomar a decisão mais acertada.

7. Crie uma classificação para os leads

No fundo do funil, é preciso entregar para as vendas apenas aqueles leads que estão mais prontos para a conversão.

Para isso, é preciso fazer a qualificação dos leads, também conhecida por Lead Scoring. Nesse processo, você dá uma “pontuação” para cada contato de acordo com dois critérios:

Intenção de compra

Identificada por alguma ação do usuário. Por exemplo, se ele clicou em um link para ver a demonstração de um produto, significa que ele está interessado.

Perfil do cliente

Identificado no cadastro do email. Por exemplo, se você vende um software de CRM, os leads que informaram o cargo de Gerente de Marketing terão uma pontuação melhor.

Dessa forma, você pode fazer uma classificação dos leads e identificar quais são prioritários, para realizar uma abordagem de venda com mais chance de sucesso.

8. Integre os times de marketing e vendas

Em muitas empresas, as equipes de marketing e vendas trabalham afastadas. O problema é que, na gestão de leads, essas áreas precisam ser muito próximas.

O pessoal de marketing deve saber qual perfil de leads está gerando mais vendas e quais foram entregues precipitadamente, por exemplo. Assim, o lead scoring pode ser revisto.

Da mesma forma, a equipe de vendas precisa saber qual o histórico de contatos com o lead e qual linguagem foi utilizada, para realizar uma abordagem coerente.

Por isso, na sua empresa, aproxime essas duas áreas para que elas troquem informações e resultados entre si, tornando a operação toda mais integrada e eficiente.

Gerar leads é o primeiro passo para conquistar novos clientes. O problema é que você pode se perder na quantidade de leads gerados. Por isso, a gestão de leads ganha importância para priorizar os contatos e abordar as pessoas certas.

Com esse processo completo e estruturado, a atuação da empresa se torna mais qualificada, eficiente e, principalmente, rentável.

E você, já aplica a estratégia de geração e gestão de leads? Está tendo bons resultados? Quais dificuldades encontra? Escreva aqui nos comentários para conhecermos sua experiência!

Artigo produzido pela equipe do Leadlovers.