Filosofia Kaizen: o que é e como aplicar na sua empresa

Pode-se dizer que o oriente apresentou definições importantes para o mundo corporativo atual. O Poka Yoke e o 5S são exemplos de filosofias japonesas criadas para organizar práticas e otimizar a produtividade no ambiente de trabalho.

O Kaizen, conceito que pode ser traduzido como “mudança para melhor” é mais uma das doutrinas vindas da terra do sol nascente. Essa palavra implica a melhoria contínua em todas as dimensões da vida: pessoal, social, familiar e profissional.

No contexto empresarial, a filosofia Kaizen** é uma ferramenta que defende que nenhum dia deve passar sem que pelo menos alguma melhoria seja efetivada dentro de um negócio, seja na estrutura organizacional, seja na vida dos colaboradores. **

Pronto para conhecer mais sobre essa metodologia conhecida no mundo todo? Acompanhe!

Qual é a origem da filosofia Kaizen?

O método do Kaizen, voltado para a melhoria contínua, surgiu no Japão logo após o final da Segunda Guerra Mundial. Por conta dos esforços financeiros envolvidos na guerra, a economia do país estava arrasada e com sérias dificuldades.

Não diferentes, as condições de trabalho dos operários eram precárias e nada favoráveis devido às duras leis trabalhistas impostas durante a invasão norte-americana entre 1945 e 1952.

Com o fim da ocupação na década de 1950 e depois de muita luta dos sindicatos por melhores condições de trabalho, o governo japonês retomou ideias de gestão e administração clássicas para reestruturar a economia e reformular a indústria.

Dessa iniciativa surgiu a filosofia Kaizen, que visa não somente o bem da empresa, mas também das pessoas que nela trabalham. **Um dos princípios do Kaizen é que o melhor indicador de competitividade é o tempo. **

Além disso, o método objetiva reconhecer e eliminar todos os desperdícios que existem na organização, seja em produtos, processos administrativos ou produtivos, manutenção, maquinário, equipamentos, entre outros. Ele também defende que** as mudanças devem sempre ser realizadas de maneira gradativa e não bruscas para não abalar o equilíbrio da empresa. **

A partir da criação do Keizen, diversas empresas passaram a aplicar as práticas propostas pela metodologia, espalhando rapidamente seu conceito por todo o mundo. A Toyota, por exemplo, é reconhecida pela aplicação do princípio Kaizen no seu conjunto de produção.

Para esse sistema, um equilíbrio satisfatório entre vida e trabalho pode ser alcançado seguindo três principais premissas:

  • estabilidade emocional e financeira dos colaboradores;
  • agradável clima organizacional;
  • ambiente de trabalho organizado, simples e funcional.

Quais seus principais benefícios?

Dentro de uma empresa, o método Kaizen apresenta ao empreendedor tudo aquilo que ele mais procura: melhora dos processos, aumento da produtividade e redução dos custos. Isso ocorre graças ao pressuposto de que as pessoas sempre podem melhorar no desenvolvimento de suas atividades.

Essa ferramenta ainda sustenta a ideia de que o trabalho em grupo deve prevalecer sobre o individual. Esse espírito de coletividade cria nas equipes uma responsabilidade de otimização para a melhoria da sua própria experiência de trabalho.

A metodologia também coloca o ser humano como um dos bens mais valiosos de uma empresa, incentivando-o a direcionar seu trabalho para que as metas coletivas sejam alcançadas. Tudo isso sem deixar de atender às suas próprias necessidades. **No Kaizen, responsabilidade e satisfação são valores coletivos. **

Mandamentos do Kaizen

Para que a filosofia Kaizen seja aplicada com sucesso nas empresas, é preciso seguir seus 9 principais mandamentos:

  • Aprender na prática é o lema essencial da aprendizagem;
  • O desperdício deve ser eliminado a partir das contínuas melhoras graduais;
  • Todos os colaboradores devem estar envolvidos no processo de melhoria, desde gestores até o pessoal da base produtiva;
  • O aumento da produtividade deve ser baseado em uma estratégia barata, sem investimentos astronômicos em tecnologia e consultores;
  • Deve ser aplicado em qualquer empresa ou local;
  • Deve ser adotado o princípio de total transparência, onde todos tomam conhecimento dos problemas e também das melhorias obtidas;
  • As ações de otimização devem ser voltadas para onde realmente haja necessidade e de onde se pode tirar mas valor para a empresa;
  • O método deve ser orientado de modo que seu objetivo seja o de melhorar os processos;
  • O principal esforço deve ser o de priorizar a melhoria da vida das pessoas.

Como pode ser aplicado em uma empresa?

Existem três maneiras de implementar as práticas do Kaizen no ambiente empresarial:

Kaizen para administração

Envolve as questões mais importantes da área, garantindo o progresso tanto na implementação quanto na moral do grupo envolvido. É indicado que os gerentes dediquem cerca de 50% do seu tempo ao aprimoramento dessa metodologia.

O Kaizen pode ser relacionado às mais diversas práticas do setor administrativo, que vão desde o compartilhamento de informações relevantes até à utilização de papel reciclado ou de rascunho para impressão.

O papel do administrador aqui é transformar as práticas adotadas em um padrão, assim como fazer com que essas mesmas práticas sejam adotadas por todos os membros da equipe.

Se os colaboradores conseguem acompanhar as práticas, mas não as colocam em ação, então é necessário reforçar a disciplina. Se eles não são capazes de seguir o padrão, deve-se oferecer treinamentos de capacitação ou revisar os critérios para que a aplicação seja facilitada.

Kaizen para o grupo de colaboradores

Em uma empresa, todo processo de melhoria contínua se mostra intimamente ligado ao espírito de equipe. Logo, para que os processos sejam aperfeiçoados, todas as pessoas que fazem parte do organismo do negócio devem estar envolvidas.

Os grupos de Kaizen devem contar com pessoas de todas as áreas da organização com o objetivo de utilizar a metodologia para a resolução de problemas.

Normalmente, os grupos realizam um estudo de todos os problemas a serem solucionados dentro da empresa. Os participantes definem se as ideias de resposta à esses problemas são fáceis de serem executadas ou se necessitam de auxílio de outras técnicas e ferramentas para tornar as estratégias mais ágeis e claras.

Cada grupo precisa contar com um líder, que fica responsável por transformar informações em ações e por comunicar os integrantes sobre o andamento dos processos.

Kaizen para pessoas

Para essa finalidade a metodologia é utilizada na forma de sugestões. A ideia nesse caso é estimular os colaboradores a realizar suas tarefas com mais empenho e dedicação.

Esse sistema precisa ser bastante funcional e dinâmico, servindo como uma avaliação de desempenho para funcionários de todas as áreas da empresa, sem exceção.

Como você viu, a metodologia Keizen serve não somente para melhorar a produtividade dentro de uma empresa, mas também para otimizar a vida das pessoas que fazem parte dela.

Mais do que isso, **o impacto da utilização dessa ferramenta pode aumentar a competitividade das organizações, eliminando perdas e conquistando resultados mais significativos. **

Agora que você conhece tudo sobre essa ferramenta, já pode começar a aplicá-la no seu negócio para obter todos os benefícios de mais essa filosofia japonesa.

**Gostou desse conteúdo? Que tal ler mais sobre os motivos que atrapalham a produtividade de uma equipe? **

comments powered by Disqus