ferramentas para e-commerce

Top 11 ferramentas para e-commerce que vão ajudar a impulsionar o seu negócio

O empreendedor que possui um e-commerce está antenado às tendências de consumo do nosso tempo, afinal, comprar online é uma realidade. Apenas criar um site de vendas na internet não é suficiente para ter sucesso.

O empreendedor que possui um e-commerce está antenado às tendências de consumo do nosso tempo, afinal, comprar online é uma realidade. Apenas criar um site de vendas na internet não é suficiente para ter sucesso.

Por isso, o artigo de hoje trará algumas dicas de ferramentas para e-commerce que vão te ajudar a bater as metas de vendas.

Ferramentas Google

Que seu cliente, provavelmente, encontrará sua loja fazendo uma pesquisa no Google você já sabe.

O que talvez seja novidade para os lojistas é a quantidade de ferramentas que a plataforma oferece para facilitar a vida de quem empreende na internet.

Google Trends

Esta ferramenta ajuda o empreendedor a saber quais são as palavras mais pesquisadas naquele momento. É uma importante ferramenta para e-commerce, uma vez que ajuda o lojista a prever tendências.

Por exemplo: a palavra “vestido” pode estar sendo muito pesquisada no Brasil, porque uma celebridade apareceu com um vestido diferente. O empreendedor pode usar essa tendência nas pesquisas para divulgar sua promoção de vestidos.

Google Analytics

Traçar o perfil de quem visita a sua loja online é importante para descobrir se você está conseguindo atrair seu público-alvo.

Uma baixa conversão de visitas em vendas pode significar que as pessoas que olham os produtos de seu e-commerce não são, de fato, potências clientes.

Por isso, a maioria dos lojistas usa o Google Analytics, que mostra a origem do tráfego do site, o perfil do internauta, além de o tempo que ele ficou navegando.

Informações valiosas para traçar estratégias de marketing.

Google Web Master Tools

Uma ferramenta fundamental para e-commerce, pois ajuda o empreendedor a entender como seu site pode ser melhorado para atrair mais visitas usando as buscas do Google.

Quem trabalha pela internet sabe a importância das técnicas de SEO. O Web Master Tools mostra que alterações podem ser feitas em seu site para melhorar o rankeamento dele no Google.

Google Page Speed

Algum cliente já reclamou que seu site demora para carregar? O Google lhe mostra o porquê. O Page Speed faz uma análise de seu site em poucos segundos, levando em consideração a navegação pelo desktop e pelo mobile.

Ao final, ele traz algumas sugestões para tornar seu site mais estável e rápido no carregamento.

Ferramentas de outros desenvolvedores

Yandex

O Yandex é o equivalente russo do Google. Ele oferece ferramentas muito úteis para e-commerce.

Com essa ferramenta é possível ter acesso a um “mapa de calor” – que mostra em que região determinada palavra-chave é mais pesquisada – além de um mapa de cliques do seu site e um mapa de rolagem de página.

Isso ajuda o empreendedor a reavaliar o design do seu e-commerce. Yandex oferece uma versão demo e uma versão mais completa de análises (paga).

Compress JPEG

O cliente precisará de uma foto, com qualidade, do produto para ser convencido a comprar. No entanto, essas fotos costumam ser pesadas, e tornam o carregamento da página mais lento, consumindo mais internet de pacotes móveis, por exemplo.

Uma alternativa para driblar essa situação é usar o Compress JPEG, que diminui o peso do arquivo, sem que as imagens percam qualidade.

Uma outra ferramenta semelhante é Tiny.jpg.

MailChimp

O email marketing é uma ótima ferramenta para e-commerce. O MailChimp oferece esse serviço de graça, para o envio de até 12 mil e-mails.

A plataforma é simples e intuitiva, possibilitando seu uso para qualquer pessoa, inclusive usuários menos experientes com esse tipo de ferramenta.

Similar Web

Uma análise de concorrência é fundamental para o sucesso de qualquer empreendimento. Mas como identificar as empresas concorrentes na internet?

Para facilitar essa missão o lojista tem à sua disposição o Similar Web. Essa ferramenta mostra quais são os sites semelhantes ao seu e-commerce, além de trazer informações sobre o tráfego deles, o engajamento nas redes sociais, e os países onde o site tem mais acesso.

Similar web oferece uma versão free de seus serviços. Para análises mais detalhadas a plataforma oferece duas versões pagas.

Ferramentas para medir reputação da loja

Monitorar a reputação de sua loja online é fundamental, afinal, caso encontre um comentário negativo na internet o usuário pode desistir da compra.

Twitter

O campo de buscas do Twitter é um importante termômetro sobre a popularidade de uma empresa. Por isso, monitore constantemente sua loja nessa rede social, realizando pesquisas com o nome da sua marca.

Mantenha um perfil oficial para poder interagir com os clientes, e, se for viável, resolva as demandas dos fregueses na própria rede.

Desse modo aumenta a tendência de feedbacks positivos sobre a loja, garantindo que outras pessoas se sintam confiantes para comprar nela.

Facebook

É muito provável que sua empresa já mantenha uma conta na maior rede social do mundo. Porém não saber como interagir com os seguidores pode criar embaraços desnecessários.

Caso identifique comentários negativos coloque-se à disposição para solucionar o problema do cliente. Se não for possível atendê-lo pela rede social convide-o a entrar em contato pelos meios oficiais de atendimento.

Caso identifique um seguidor que não possui nenhuma demanda, mas que por qualquer motivo resolve atacar sua loja, não pense duas vezes: oculte o comentário do hater para que ele não incentive uma enxurrada de críticas sem razão clara.

Reclame Aqui

Atire a primeira pedra que não cancelou uma compra porque a loja era mal avaliada no Reclame Aqui. Por isso, além de garantir que o cliente terá acesso às informações relacionadas à compra (entrega, preço e etc.) é fundamental assumir um possível erro e corrigi-lo quando identificado.

Uma avaliação negativa em sites que possuem credibilidade junto ao consumidor – Procon, E-bit, Reclamão, entre outros – pode danificar seriamente a imagem de uma empresa.

Vale lembrar que esses sites são bem rankeados pelo Google, ou seja, eles provavelmente aparecerão na primeira página do site de buscas quando alguém pesquisar pela sua loja.

Saber como utilizar as ferramentas para e-commerce garantirá mais vendas ao seu negócio, além de contribuir com a criação de uma imagem positiva no mercado.

Agora, que tal continuar aprendendo e descobrir 6 fatos para se tornar um excelente gerente de e-commerce?