Está quente pra dedéu: qual a temperatura ideal para escritório?

Neste começo de 2014, muitas cidades brasileiras estão sofrendo com o maior calor das últimas décadas. Além do desconforto e problemas de saúde que o calor traz, ela pode ser péssima para a sua produtividade e a de sua empresa.

![Gráfico da produtividade vs temperatura](http://saiadolugar.com.br/uploads/2014/02/temperatura-vs-produtividade.png)Gráfico da produtividade vs temperatura
O gráfico acima, baseado numa pesquisa da Universidade de Tecnologia de Helsink, nos diz que:
  • a temperatura ideal para maior produtividade está entre 21 a 23°C
  • abaixo de 19°C a produtividade começa a cair
  • acima de 25°C a produtividade começa a cair

Porém, a temperatura ideal também pode variar de pessoa para pessoa, pois também dependem de fatores pessoais como vestimenta, peso, idade, se é homem ou mulher, etc.

No Brasil, sempre que não houver ventilação natural compatível com o serviço realizado, as empresas são obrigadas por lei a utilizar refrigeração artificial para garantir o conforto térmico dos funcionários – pelo menos 80% das pessoas devem se sentir confortáveis, de acordo com recomendações da norma ISO 7.730.

A temperatura máxima permitida (estabelecido pela NR 17, item 17.5.2) varia de acordo com o tempo de trabalho/descanso e o tipo de atividade:

Regime de trabalhoTipo de Atividade
(por hora)LeveModeradaPesada
Trabalho contínuoaté 30°Caté 26,7°Caté 25°C
45 minutos de trabalho 15 minutos de descanso30,1 a 30,6°C26,8 a 28°C25,1 a 25,9°C
30 minutos de trabalho 30 minutos de descanso30,7 a 31,4°C28,1 a 29,4°C26 a 27,9°C
15 minutos de trabalho 45 minutos de descanso31,5 a 32,2°C29,5 a 31,1°C28 a 30°C
Se você ou seus funcionários estão passando calor, talvez esteja na hora de investir em refrigeração artificial. Você vai gastar dinheiro, mas lembre-se, a produtividade vai aumentar.

Abraços,
Mauro (curtindo o ar condicionado no escritório)

Obs.: Créditos da imagem Shutterstock

comments powered by Disqus