Erros em campanhas de marketing: uma checklist com o que você não pode deixar passar

Cometer erros na campanha de marketing pode ser algo fatal. Afinal, podem ferir fortemente a imagem de uma empresa quando ganham proporções maiores.

O fato é que, hoje, o marketing se tornou uma área decisiva para qualquer negócio. Se antes era um setor considerado apenas como apoio ou suporte para uma empresa, hoje é um dos principais responsáveis pela elaboração e execução das estratégias responsáveis por adquirir novos clientes.

Por esse motivo, cometer falhar em campanhas, sejam elas online ou offline, não é algo que se espera dessa área.** É a marca do negócio que está em jogo.** Pensando nisso, preparamos esse post com uma lista com 10 erros na campanha de marketing que você não pode cometer.

Quer saber quais são eles? Então, continue acompanhando a leitura conosco!

1. Não entender como o seu público-alvo pode interagir

Conhecer o público-alvo é algo básico para qualquer negócio.Por isso, se você ainda tem dúvidas ou está deixando a desejar nessa questão, sugerimos que estude um pouco mais sobre a ferramenta de buyer persona para entender como agir.

Pois bem, antes de lançar uma campanha de marketing é preciso entender quais são as possibilidades de interação com o seu público-alvo que podem ocorrer a partir dela. Isso é importante para ajudar a entender se essa interação é algo interessante ou não para a empresa.

Então, busque estudar muito bem o seu consumidor nos seguintes pontos: quais são os seus hábitos de consumo e suas preferências. Até em questões mais específicas, tal como visão política, faixa etária, nível de escolaridade, dentre outras.

Lembre-se também que a interação com uma ação offline é totalmente diferente das que ocorrem online. Por isso, recomendamos também que busque saber em qual canal a sua ideia se encaixa melhor.

Esse trabalho de pesquisa e estudo do seu consumidor pode até demandar um bom tempo e parecer perda de tempo. Mas saiba que isso pode ser determinante para que o sucesso da campanha ocorra.

2. Não definir uma estratégia

Outro erro fatal é não definir uma estratégia para as campanhas de marketing. Afinal, sem uma estratégia é impossível saber onde se quer chegar e isso torna qualquer resultado satisfatório. O impacto disso é que ficará impossível saber qual foi o real desempenho da campanha em si.

Saiba que elaborar um plano, mesmo que simples, mas efetivo, é essencial para que a empresa possa correr atrás dos seus objetivos em cada campanha que é idealizada. Estes podem ser desde conquistar mais clientes até fortalecer a sua marca.

Além disso, será muito mais fácil entender o que está funcionando e o que não está. Fornecendo a possibilidade para corrigir erros no meio do caminho e otimizar as coisas que estão dando certo.

3. Não revisar os textos

Outra possibilidade é encontrarmos erros relacionados a escrita nas campanhas de marketing. Seja por problemas ortográficos ou por falta de coerência ou fluidez na transmissão da ideia desejada para aquela ação.

Nota-se que isso claramente é uma falha relacionada a revisão dos textos que são confeccionados. Entenda que o mínimo que a sua audiência espera é receber algo que possa compreender bem e que também não contenha nenhum erro relacionado a escrita.

Nem precisamos falar que isso acaba com a reputação de qualquer empresa, fornecendo a ideia de que ela não se preocupa com a comunicação com os seus clientes. Por isso, tenha paciência, segura a ansiedade e não deixe de revisar sempre a escrita de qualquer campanha antes de lançá-la.

Uma ótima maneira de fazer isso é pedir para que diversas pessoas possam fazer a revisão de cada campanha. Principalmente para as que não participaram da construção da sua estratégia ou da sua ideia.

4. Não se preocupar com o tom da campanha

Entenda que qualquer campanha de marketing representa um ato de comunicação com o seu público-alvo, a qual deverá transmitir uma ideia, uma proposta, um estímulo de compra, dentre outras possibilidades que estão relacionados ao seu objetivo.

Por isso, é pertinente avaliar qual é o tom que essa campanha está transmitindo. Estamos falando da maneira em como a mensagem é passada para a audiência. Ser pouco cuidadoso com essa questão pode gerar qualquer mal entendido e o objetivo da campanha não será cumprido. Aliás, há sérios riscos dela caminhar para um lado totalmente oposto.

Ainda mais nos dias de hoje em que há uma preocupação muito grande com a ética e com questões sensíveis, que estão relacionadas aos problemas que a nossa sociedade enfrenta, tal como racismo, homofobia, preconceitos e outras questões que você já deve saber.

Então, antes de lançar uma campanha, tenha certeza que não há margem para qualquer interpretação errada, evitando qualquer dor de cabeça futura.

5. Não segmentar bem o público-alvo

Pois bem, falamos no primeiro item dessa lista o quão importante é entender as possíveis interações do seu público-alvo com as suas campanhas. Aqui trazemos o ponto de que de nada adianta desenvolver esse entendimento se no momento de colocá-la em prática, a campanha não conseguir atingir de fato o público que você deseja.

Estamos falando de não utilizar os recursos que permitem selecionar quem você quer atingir ao lançar a campanha, a segmentação do seu público-alvo. Principalmente para ações online que envolvem o uso de mídias sociais. Se você não se atentar a essa questão, é bem provável que a sua campanha comece a atingir pessoas que você não deseja.

Isso pode ser um grave erro de divulgação, fazendo com que o negócio desperdice tempo e dinheiro focando no público errado.

6. Não trabalhar com marketing de conteúdo

Entenda que uma campanha de marketing não serve somente para fazer propaganda dos seus produtos ou serviços. Agindo dessa forma, você pode até atingir algumas pessoas, mas será apenas uma pequena parcela, as que estão na etapa da decisão de compra da jornada do cliente.

E as que estão nas etapas anteriores? Saiba que eles compreendem a maior parte do seu público-alvo. Então, é essencial ampliar a sua atuação e também fazer campanhas que trabalham com o marketing de conteúdo, oferecendo materiais que ajudem o seu público-alvo a resolver seus problemas, até chegar na solução que o seu negócio propõe.

Trabalhar dessa maneira ajuda inclusive a ganhar mais confiança do mercado, visto que a empresa será vista como uma das grandes referências no assunto, que se propõe a resolver, dentro da sua área de atuação.

7. Não se atentar para a conversão em campanhas digitais

Aqui reforçamos a ideia da importância das campanhas terem um objetivo definido. Saiba que especificamente para campanhas digitais, um desses objetivos deverá ser a conversão. Ou seja, as ideias deverão levar o cliente para um próximo passo: acessar seu site, para uma landing page, para um post no seu blog, dentre outras possibilidades.

Saiba que seguindo essa lógica ficará muito mais fácil cumprir toda a estratégia planejada. Bem como entender em quais pontos dela há os avanços desejados e em quais precisam ser aplicadas correções para melhorar o seu desempenho.

8. Não se preocupar com as métricas que realmente importam

Outro erro muito comum, principalmente para as ações online, é não se preocupar com as métricas que realmente importam. Tal como a taxa de conversão e o Custo de Aquisição de Clientes.

Estamos falando isso, pois muitos acabam se preocupando com algumas métricas desnecessárias, as quais chamamos de métricas de vaidade. Curtidas, visualizações de páginas, dentre outras que no fim das contas não geram retorno para o negócio.

Então, ao escolher as métricas de acompanhamento das campanhas, procure entender quais delas vão ajudá-lo a saber como está a aquisição de clientes, leads e se o retorno financeiro para empresa está acontecendo de forma satisfatória.

9. Não realizar testes

Saiba que dificilmente acertamos algo de primeira, com as campanhas de marketing isso não é diferente. Portanto, o mais indicado é realizar testes antes de colocar as coisas para funcionar, seja em ações offline ou nas que são online.

Dessa forma, será possível garantir que tudo ocorra conforme o esperado e evitar qualquer imprevisto ou necessidade de se desculpar com o seu público.

Tomamos como exemplo uma campanha de e-mail, saiba que muitas coisas podem acontecer, tal como enviar a campanha com título e remetente errado, ou então enviar links quebrados, enfim, tenha paciência e procure testar tudo o que for fazer antes de enviar.

10. Não medir o ROI

Por fim, não poderíamos deixar de falar que é preciso sempre medir o ROI das suas campanhas, que nada mais é do que o retorno sobre o investimento que elas estão trazendo. Sabemos que a área de marketing está cada vez mais objetiva e consciente do quanto pode conseguir esse retorno.

Então, tudo que fizer, além de estabelecer um objetivo e métricas para acompanhar esse objetivo, não deixe de medir o ROI. Isso ajudará muito a entender os erros e acertos de cada campanha para replicar as boas práticas nas ações futuras, bem como ajudar no planejamento para as próximas campanhas.

**O que acha de aprender melhor a evitar erros na campanha de marketing na prática? Então, conheça **os cursos da Universidade Rock Content!

Universidade Rock Content.

comments powered by Disqus