Você sabe diferenciar um gerente de um líder?

Você sabe diferenciar um gerente de um líder?

761
5
SHARE

Esta dica foi dada por Sylvio Ribeiro no blog Pequeno Guru.

O gerente administra; o líder inova.

O gerente é uma cópia; o líder é um original.

O gerente mantém; o líder desenvolve.

O gerente aceita a realidade; o líder a investiga.

O gerente concentra-se em sistemas e estrutura; o líder enfoca as pessoas.

O gerente depende de controle; o líder inspira confiança.

O gerente tem uma visão a curto prazo; o líder tem uma perspectiva a longo prazo.

O gerente pergunta como e quando; o líder pergunta o que e por quê.

O gerente fica de olho nos resultados financeiros; o líder fica de olho no horizonte.

O gerente imita; o líder cria.

O gerente aceita o status quo; o líder o desafia.

O gerente é o clássico bom soldado; o líder é ele próprio.

O gerente faz a coisa da forma certa; o líder faz a coisa certa.

Agora que você já sabe a diferença entre gerentes e líderes, ficou fácil diferenciá-los. (Isso também vale para uma auto-reflexão.)

__

Porém o líder não é perfeito e pode cometer diversos erros. Para evitá-los, recomendo o post: Os 4 maiores erros de uma liderança.

Você possui alguma dica de empreendedorismo que vale a pena ser compartilhada? Envie-a para: [email protected]

Se quiser receber mais dicas sobre empreendedorismo, assine nosso RSS ou siga-nos no Twitter: @empreendemia.

  • http://www.facebook.com/damon.abdiel Damon Abdiel

    Muito bom o artigo.

    Esses dias coloquei também uns vídeos sobre waldez ludwig no meu blog que falam exatamente desse mesmo assunto, vale a pena uma conferida como referencia…

    http://oraculum.blog.br/blogoraculum/index.php/2011/02/01/waldez-ludwig-gerente-ou-capataz-parte-1/

    • Lucas

      Muito bom o vídeo Damon.

      Vou ver se o utilizo em algum post futuramente.

      Obrigado pela indicação e parabéns pelo Oraculum.

      Abraços,

  • Fernando

    O QUE FAZER QUANDO SEU CHEFE É “MALA”

    Especialistas têm comentado que trabalhar para um chefe mala pode acarretar muitos efeitos colaterais. Assim como um medicamento, um chefe mala é uma droga, mas às vezes, é preciso engolir.

    Segundo estudo realizado recentemente nos Estados Unidos, alguns sintomas como, dores de cabeça, hipertensão, insônia, depressão e infarto agudo, são efeitos colaterais relacionados a se ter um mau chefe.

    De acordo com o especialista renomado de Stanford, o Professor Robert Sutton, não são apenas os colaboradores que sofrem. As empresas perdem milhões de dólares anualmente, tendo que pagar altas custas com saúde, terapia, psicólogos e indenizações.

    Você deve estar se perguntando, mas o que pode ser feito?

    Jack Welch comenta em seu último livro publicado no Brasil, que é uma decisão difícil. Muitas vezes o funcionário adora seu trabalho, porém, seus resultados ficam abaixo do esperado. Isso ocorre muitas vezes pelo estresse causado por um chefe mala. Qual a saída?

    Se você gosta da empresa e de sua função, penso que têm apenas duas saídas.

    Primeiro, tentar mudar sua maneira de encarar o problema. O psicólogo do século passado Willian James, disse o seguinte: “A maior descoberta do século foi descobrirmos que mudando nossa mente podemos mudar nossa atitude.” Quer dizer, temos que passar a desenvolver atitude mental positiva em relação ao problema. Encará-lo talvez como um grande desafio a ser vencido. Essa atitude pode levá-lo a preservar seu emprego. Quem sabe, seu chefe não muda de sessão, ou é promovido e repentinamente pela sua perseverança, as coisas mudam.

    Outra maneira de resolver o problema, caso você já tenha tentado todas as alternativas, é buscar uma nova empresa para trabalhar. Quem sabe não encontra um chefe que o valorize e o faça crescer. O que definitivamente não resolve é ficar reclamando e trabalhar apenas e puramente pela questão financeira.

    Um abraço,

    Fernando Fernandes

  • http://www.facebook.com/alexdatawork Alex Roger de Mattos

    Show de abordagem. Muito boa mesmo, parabéns.

  • inCorp

    Bem interessante essa comparação. Além de todas essas diferenças, o líder
    deve saber ouvir, aceitar opiniões e trabalhar em conjunto com a sua equipe,
    sempre buscando melhores resultados. Parabéns pelo post. Abraços!