empreendedorismo digital

Tudo que você NÃO deve fazer no empreendedorismo digital

Empreendedorismo digital já se tornou um daqueles jargões que as pessoas falam e muitas delas não entendem muito bem do que estão falando.

Empreendedorismo digital já se tornou um daqueles jargões que as pessoas falam e muitas delas não entendem muito bem do que estão falando.

É claro que este não é o seu caso, mas muita gente por aí acha que fazer um site na internet já o transforma em um empreendedor digital.

E mesmo quem tem mais experiência, as vezes se lança no empreendedorismo digital com muitas ideias e sonhos e acaba não alcançando seus objetivos por cometer alguns erros bobos, que poderiam ser evitados.

Para ajudar você que já embarcou com tudo no empreendedorismo digital ou que está pensando em entrar nessa, selecionamos algumas dicas do que NÃO fazer para se tornar um empreendedor digital de sucesso!

10 dicas do que NÃO fazer para ter sucesso no empreendedorismo digital

Confira nossas dicas e bons negócios!

1- Nada nas mãos e uma ideia na cabeça

Ter ideias é ótimo, mas sem um plano decente e algum dinheiro (na verdade: dinheiro suficiente), ela vai continuar para sempre na sua cabeça.

Aliás, a mesma ideia as vezes surge em duas cabeças ao mesmo tempo (somos mais de 7 bilhões de pessoas pensando no mundo…) e se a sua não tiver um planejamento de marketing e dinheiro para investir, a outra vai vingar antes!

2- Planejamento e dinheiro nas mãos e sempre a mesma ideia na cabeça

Nada pior que um cara teimoso querendo fazer empreendedorismo digital.

Só quando você puser a mão na massa e começar a colocar seu negócio em prática é que perceberá se sua ideia era tão bacana quanto pensava.

Aí, talvez, sua ideia tenha que ser adaptada, melhorada, repensada ou mesmo, trocada! Não se apaixone por sua ideia, se apaixone por satisfazer seu público!

3- Uma única cabeça tendo ideias

Você vai montar uma startup sozinho? Sei… Pense grande e pense em quem pode entrar nessa com você!

De preferência, arrume um sócio para dividir as responsabilidades e, principalmente, as competências.

Um pode ser o cara da grana e do marketing, outro da operação e programação e assim por diante.

Não ponha todas as ideias em uma única cabeça, afinal, duas pensam melhor do que uma!

4- Gênio abre startup com 11 anos de idade

Linda notícia, mas será que rola mesmo? Não seja afoito, as pessoas estão vivendo até os 100 anos e muitas delas (quase) lúcidas.

É claro que você não precisa esperar os cabelos brancos para criar sua startup, faça isso quando se sentir preparado, verdadeiramente preparado!

5- Uma ideia parecida que vai dar certo

Tentar copiar modelos prontos ou aperfeiçoar o que já existe pode ser um tiro no pé. Inovação é a chave nos negócios.

A pergunta a ser respondida é: o que eu posso oferecer ao público e que será percebido com um benefício superior aos oferecidos por meus concorrentes?

Se você copiou a ideia, oferecerá mais do mesmo, e com menos experiência no negócio.

6- Se você não sabe programar, contrate quem saiba

Não ter um bom programador no empreendedorismo digital é como abrir um negócio em Budapest e nenhum dos seus funcionários sabe falar muito bem Húngaro.

Tem um cara que sabe mais ou menos… mas a gente se vira em inglês ou com linguagem dos sinais… Programadores são MUITO importantes.

7- Essa startup é meu plano B na vida

Só vai funcionar se você mergulhar de cabeça! Difícil? Arriscado? Temerário? Sim.

Mas você pode continuar o resto da vida em seu emprego, sonhando em um dia ser CEO. Faça a sua escolha, mas não faça uma meia escolha!

8- Pressa para mostrar sua grande ideia ao mundo!

Aqui é muito importante testar, começar pequeno, ir evoluindo, ganhando certezas e experiências para depois crescer.

O normal é usar o conceito de Minimum Viable Product (MVP), isto é, o produto em sua versão mais simples, porém viável, e ir agregando melhorias aos poucos.

É claro que demorar demais também pode fazer você perder uma janela de oportunidade, mas evite ser afoito, tenha certeza que tudo (bom… quase tudo, né?) está sob controle antes de começar em força total.

9- Sou rico, tenho tudo para vencer no empreendedorismo digital!

Ser rico é ótimo (eu imagino…) e evidentemente vai te ajudar a montar sua startup.

Mas peça ajuda a pessoas inteligentes e competentes para fazerem parte de sua equipe!

10- Sou inteligente, tenho tudo para vencer no empreendedorismo digital!

Ser inteligente é ótimo (tenho certeza…), mas é preciso de dinheiro e ajuda de outras pessoas para fazer seu negócio decolar. Procure investidores. Ou um sócio rico, que tal?

Estas dicas, como tudo na vida, são relativas e você, se quer mesmo ser um empreendedor digital, deve saber decidir quais delas seguir e quais não.

* Esta postagem foi escrita pela We Do Logos, a maior plataforma criativa da América Latina.
Gostou deste artigo? Que tal aprender mais sobre empreendedorismo digital? Leia o nosso post sobre coisas que você deve saber antes de virar um empreendedor digital.