empreendedor inovador

Empreendedor inovador: Como me tornar um mestre da inovação?

Com as constantes mudanças no mercado e o consumidor cada vez mais engajado, opinativo e formador de opinião, inovar deixou de ser um diferencial e passou a ser necessidade.

Com as constantes mudanças no mercado e o consumidor cada vez mais engajado, opinativo e formador de opinião, inovar deixou de ser um diferencial e passou a ser necessidade.

Seja em seu produto ou serviço, na maneira de entregá-lo ao cliente, na forma de produzir, nos processos internos, no Marketing ou com o seu time de vendas: se você não pensar fora da caixa e produzir algo que impacte o consumidor, possivelmente você será engolido pelo mercado.

Porém, inovar não é uma tarefa assim tão fácil.

Para ser um empreendedor inovador, geralmente, são necessárias pesquisas, testes, análises, mensuração de resultados e, só aí você conseguirá realmente estará apto para colocar a sua nova ideia em prática em sua empresa.

E existem alguns métodos ou atitudes que podem ajudar o empreendedor a trabalhar o seu lado inovador da melhor maneira possível, facilitando esse processo de transição e garantindo bons resultados e menores custos.

Por isso, conheça alguma dicas para que os processos de inovação em sua empresa deixem de ser uma grande dor de cabeça e se tornem o mais naturais e espontâneos possíveis.

Contrate pessoas criativas

Você não faz a sua empresa sozinho. E, muito do que você entrega é resultados das pessoas que você contrata.

Por isso, se você quer que sua empresa seja criativa, você precisa contratar pessoas que tenham essa característica, para ajudar a compor o cenário de inovação do seu negócio.

E esse traço é facilmente observado durante os processos de contratação e não deve se limitar a uma pergunta “Você se considera criativo?”.

A postura, a linguagem, o modo com que ele se comporta diante das perguntas feitas, as respostas dadas a questões que nem se relacionam com criatividade: tudo isso pode ser observado por um gestor durante uma entrevista de emprego.

Exemplo: Você pode testar a capacidade criativa do seu candidato através de um questionário online, mesmo antes da entrevista, ou através de alguma dinâmica no caso de entrevistas em grupo.

Até um texto ou um problema matemático podem revelar a capacidade de pensar além do convencional de uma pessoa, e para empreendedores que desejam um viés claro de inovação em suas empresas, esse pré-requisito deve ser tão importante quanto a formação ou o conhecimento técnico.

Além disso, processos podem ser ensinados, mas características comportamentais dificilmente são passadas adiante.

Incentive a criatividade

Além disso, incentivar a criatividade das pessoas que já estão com você pode fazer a diferença no caráter inovador da sua empresa.

E isso deve até fazer parte da cultura do seu negócio: resolver os problemas da maneira mais prática e com menor custo é uma forma clara de ser inovador e de fazer com que a inovação interfira positivamente nos seus resultados.

Por isso, ao encontrar situações atípicas ou mesmo problemas dentro da sua empresa, motive os seus colaboradores a solucionarem esse contexto de maneira inovadora, e parabenize os resultados de quem conseguir!

Exemplo: Diante de crises ou impasses, reuniões de brainstorm são uma excelente forma de incentivar os membros do seu time a pensar fora da caixa.

Isso trará uma gama de possibilidades ainda maior, ajudará na integração das pessoas e ainda vai gerar resultados inovadores e com grande chance de sucesso.

Isso porque quando muitas cabeças pensam a respeito de uma única solução, elas tendem a encontrar as falhas do processo e poderão corrigi-las antes mesmo de colocar a ideia em teste.

Conheça seus consumidores

O principal interessado em receber os melhores produtos e serviços da sua empresa são os seus clientes e potenciais clientes.

Por isso, entender as suas necessidades e desejos te deixará um passo a frente dos seus concorrentes no quesito inovação.

Afinal você terá a oportunidade de conduzir soluções inovadoras que casem com suas entregas e ainda impactem a vida de quem compra os seus produtos, o que interfere diretamente em seus resultados.

E eles — seus clientes — geralmente são as pessoas com as melhores ideias ou sugestões de melhorias para a sua empresa, afinal eles consomem o que você produzir e conhecem melhor que ninguém as vantagens e desvantagens do seu produto.

Exemplo: Faça pesquisas de mercado e estreite o relacionamento com seus clientes em suas redes sociais.

Ler os comentário, sejam críticas, sugestões ou elogios, que eles deixam em sua página no Facebook ou Instagram vai te ajudar a entender quais são os maiores problemas enfrentados por eles. E a solução desse problema deve ser inovadora, solucionando essa necessidade.

Além disso, conhecer as críticas e elogios que os clientes fazem também aos seus concorrentes te dará um panorama a respeito do seu mercado, para que você entenda suas forças e fraquezas e possa, de maneira criativa, reverter os problemas ou se sobressair.

Leia muito!

Leia blogs, sites, livros e tudo mais o que possa te ajudar a entender o mercado e conhecer pessoas inspiradoras. Tudo isso poderá te ajudar a ter ideias fantásticas.

E, hoje mais que nunca, existem diversos canais e conteúdos disponíveis para empreendedores que desejam estimular a criatividade através do conhecimento, como o próprio Saia do Lugar, revistas do mundo dos negócios como a Exame ou PEGN, páginas no LinkedIn e vários outros.

Exemplo: Que tal reservar os primeiros 15 a 30 minutos do seu dia para ler os seus blogs e sites preferidos?

Para facilitar esse processo de seleção, você pode assinar a newsletter desses portais e receber por email os principais conteúdos relacionados a suas áreas de interesse, o que tornará o seu dia a dia ainda mais simples!

Não faça sempre mais do mesmo

Esqueça as fórmulas de sucesso. É claro que se existe algum processo que funciona muito bem para a sua empresa, você deve utilizá-lo. Porém, isso não te dá a garantia de que não existam outros métodos que podem trazer ainda melhores resultados.

Exemplo: Você possivelmente já deve utilizar uma estratégia de Marketing que tem funcionado bem para o seu negócio. Porém, existem diversas oportunidades, principalmente dentro do Marketing Digital, que podem trazer outros benefícios como aumento do engajamento, do tráfego em seu site ou blog, autoridade de mercado, etc. E todos esses benefícios podem impactar significativamente os seus resultados, e claro, também suas vendas.

Por isso, experimente! Tente algo novo.

É importante calcular os riscos e entender quais são as suas reais necessidades, porém fazer sempre mais do mesmo te trará sempre mais dos mesmos resultados. E nenhum empreendedor quer — ou deve querer — ficar estagnado.

Conclusão

Inovar é preciso e pode ser uma tarefa ainda mais simples se dosado em atitudes diárias que incentivem a criatividade, tanto do empreendedor quanto de todos os outros envolvidos em seu negócio.

E lembre-se que a ideia aqui não serve apenas para criar um produto inovador, mas sim para pensar em maneiras diferentes de solucionar qualquer problema ou de incrementar a sua entrega.

Por isso não se limite a pensar a respeito do que você vende mas sim do como, nos canais de entrega, nas formas de pagamento, na funcionalidade do seu site, na maneira com que os seus colaboradores executam suas tarefas diariamente e em todos os processos que envolvem o seu negócio.

Pequenas atitudes inovadoras podem impactar os seus resultados, e elas não necessariamente estão da porta para fora!

Outra maneira inovadora de alcançar bons resultados é através da Inovação Social. Não conhece? Então leia nosso post sobre o assunto!