e-commerce

5 Motivos pelos quais você deve construir seu próprio site de e-commerce

Confiar em marketplaces para vender seus produtos pode colocar seu negócio em risco. Confira 5 motivos pelos quais você deve criar um site de e-commerce!

Vender em um marketplace como a Amazon, Elo7, Mercado Livre é muito fácil.

Tudo que você precisa fazer é se inscrever e configurar sua loja. E assim, você colocará seus produtos diante do enorme público deste marketplace. Como é tão simples, não tem porque ter o trabalho de construir o seu próprio site de e-commerce, certo? Errado.

Confiar apenas em marketplaces para vender seus produtos pode colocar seu negócio em risco e abrandar, e muito, o seu crescimento. Não acredita?

Vamos dar uma olhada em 5 motivos pelos quais você deve criar um site para a sua loja.

1. Você precisa construir uma lista de email

A grande maioria dos marketplaces reforçam seu próprio canal de vendas em vez de ajudá-lo a impulsionar mais vendas para sua loja.

Por outro lado, quando você cria seu próprio site de e-commerce, você pode fazer upsell, cross-sell e revendas.

Mais especificamente, você pode construir uma lista e usar o email marketing para gerar negócios com clientes já adquiridos com:

  • Criação de ofertas personalizadas com base em compras anteriores
  • Notificando os clientes das suas últimas promoções
  • Envio de Newsletters para construir uma marca mais forte

É só escolher um provedor de serviços de email e usar um plug-in para coletar endereços de email em seu site de e-commerce. Por exemplo, se você construir seu site usando WooCommerce e escolher MailChimp como seu provedor de serviços de email, você pode usar o próprio plugin da WooChimp.

2. Não vender pelo seu site de e-commerce torna o seu negócio instável

Quando você usa um marketplace para vender seus produtos de e-commerce, você está dependendo das regras deles.

Essas regras podem mudar a qualquer momento e não há nada que você possa fazer a respeito. Isso pode causar grandes problemas para o seu negócio, especialmente quando as mudanças afetam negativamente os lucros do vendedor – em 2013, por exemplo, a Amazon americana aumentou suas taxas de vendas.

Assim, enquanto a construção de um site para o seu negócio de e-commerce pode levar um pouco de tempo e esforço, vale a pena a paz de espírito que você vai ganhar sabendo que seu negócio não vai desaparecer enquanto você dorme.

3. Ter seu próprio site lhe dá controle sobre o seu marketing

Quando você constrói um site de e-commerce, você pode mudar a maneira com que você faz o seu negócio sempre que você quiser. Por exemplo, você pode desejar:

  • Criar uma nova Newsletter para aumentar seus assinantes
  • Atualizar seu design para aumentar as taxas de conversão
  • Alterar suas políticas quando fizer sentido fazê-lo

Não se preocupe em aderir às diretrizes de um marketplace – você está no controle.

4. Os marketplaces dão poucas oportunidades para criar uma marca para seu negócio

Em muitos casos, os clientes do marketplaces não se importam tanto com a loja que estão comprando. A realidade é que eles só querem pegar o produto de que precisam pelo melhor preço possível e em uma loja com uma boa reputação.

Basta olhar para como minúsculo o nome do vendedor – mal é visível abaixo do nome do produto:

e-commerce

Mas quando você tem um site profissional para o seu negócio de e-commerce, você controla sua marca e a forma como o seu site é visualizado.

Isso torna muito mais fácil para você criar uma marca memorável e construir a confiança com os clientes de uma forma que os incentiva a comprar.

5. As taxas do marketplace aumentam rapidamente

Dê uma olhada quanto custa vender no Elo 7:

e-commerce

Você não preferiria ficar com parte desse dinheiro dinheiro e colocá-lo em outra coisa que poderia realmente fazer crescer o seu negócio?

Quando você tem seu próprio site de e-commerce, você mantém seus lucros para usar como quiser.

Se o seu objetivo é construir um negócio de e-commerce sustentável onde controla tudo, comece o seu próprio site. Quanto mais cedo você agir, mais cedo você será capaz de colher os benefícios de ter o site da sua própria loja.

Este post foi escrito por Ryan Kulp, fundador da Fomo, uma plataforma de marketing para criar prova social e urgência nos visitantes para aumentar a conversão.

Gostou do conteúdo? Confira algumas dicas no nosso Glossário de e-commerce!