Domínio e subdomínio

Domínio e subdomínio: por onde devo hospedar meu blog?

Hospedagem, servidor, domínio e subdomínio.

Hospedagem, servidor, domínio e subdomínio.

Quando uma pessoa (ou empresa) começa a planejar seu blog, ela acaba se deparando com vários termos que às vezes nunca havia ouvido falar antes.

Mas não se preocupe, se esse for o seu caso, saiba que não existe muito segredo por trás dessas palavras.

E para provar isso, iremos explicar um pouco melhor sobre duas delas: o domínio e o subdomínio.

Dois pontos que precisam ser conhecidos à fundo para se ter bons resultados com qualquer tipo de página na web.

Quer saber mais? Então vamos lá!

O que é um domínio

Para que um blog possa ser acessado na internet é preciso ter um endereço que leve os visitante até suas páginas.

Só que na linguagem dos computadores esse endereço é um apanhado de números, com vários dígitos e bem difícil de ser memorizado.

É aí que entra o domínio.

Como uma espécie de máscara para esse bando de números o domínio é o responsável por dar um nome – ou caminho – mais amigável para as suas páginas na web.

Dai, ao invés do endereço do seu blog ser algo como 999.874.523.22:00, ele vira www.seublog.com.br.

Muito mais fácil, não é mesmo?

Mas como se registra esse domínio na rede?

Como registrar um domínio

Bem, existem duas maneiras de fazer o registro de um blog ou site na internet: o primeiro é procurando uma empresa que faça isso para você – normalmente as empresas de hospedagem costumam oferecer também esse tipo de serviço.

A outra maneira é indo diretamente até as empresas (ou o site delas) responsáveis por administrar os domínios de um país.

Aqui no Brasil, por exemplo, quem olha isso é o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR – NIC.br, responsável por cuidar do registro.br, lugar onde é possível ver a disponibilidade de um endereço na web.

Quais são os domínios mais usados no Brasil

Aqui no país, obviamente, a maioria dos sites acabam usando o dominio com extensão .com.br (mais de 3 milhões e meio até a produção desse post).

Mas existem outros bastante utilizados também, como o net.br – 94.499 – e o adv.br – 30.332 -, voltado mais para o ramo de advocacia.

Vale lembrar que também é possível registrar domínios sem a extensão .br no final, apenas com .com ou .org, por exemplo.

Porém, para isso, é preciso procurar empresas do exterior, como a GoDaddy, voltadas à esse tipo de registro.

O que é um subdomínio

Pronto, agora já deu para entender o que é um domínio e até mesmo como registrá-lo, certo?

Pois então ficou bem fácil compreender o que seria o subdomínio.

Então vamos lá: o subdomínio é um endereço que faz parte do seu domínio original, como uma espécie de ramificação dele.

Por exemplo: se o seu blog fica no www.seublog.com.br um subdomínio seria algo como www.loja.seublog.com.br.

Simples, não é?

Agora, apesar do nome ser parecido, é bom não confundir subdomínio com subdiretório.

Os subdiretórios

Como se fosse uma pasta criada dentro do seu site principal, o subdiretório também serve para hospedar páginas diferentes dentro do seu domínio, no entanto, elas sempre virão endereçadas após o endereço original (como www.seublog.com.br/loja).

Qual é a melhor opção para o SEO do seu site

Se você leu o nosso artigo sobre SEO, você sabe o que ele é e para que serve.

Mas, se não tiver lido, a gente pode resumir rapidamente o assunto por aqui par você.

SEO é uma sigla em inglês para Search Engine Optimization, algo que em português significa: Otimização para Motores de Busca.

Um tipo de técnica extremamente importante para melhorar a posição dos sites nos resultados de pesquisas dos motores de busca da internet, como o Google.

Em outras palavras: SEO é o que faz com que o seu blog ou site apareça na frente de vários outros concorrentes quando alguém procura por algum determinado assunto na web.

Dai vem a importância de se planejar o que pode ser melhor para você ou sua empresa: ter um blog hospedado em um domínio ou um subdomínio?

As vantagens e as desvantagens de colocar um blog em um domínio

Se você for ter só um blog e não um site + um blog, colocá-lo diretamente em um domínio com certeza será a melhor opção para o SEO.

Agora, se o blog fizer parte de uma estratégia de marketing digital para atrair novas visitas para um site, a coisa pode mudar de figura.

Se a ideia for melhorar a otimização apenas do site principal, a melhor pedida é colocar o blog dentro de um subdiretório – www.seusite.com.br/blog.

Dessa maneira o Google dará até mais autoridade para o domínio original, fazendo com que ele ganhe mais destaque nas buscas.

Os problemas dessa escolha são: é tecnicamente mais complicado dar assistência para um blog que fica dentro de um subdiretório, além do seu blog ter mais dificuldades em ter uma vida própria.

As vantagens e as desvantagens de colocar um blog em um subdomínio

Pensou em colocar o blog da sua empresa dentro de um subdomínio?

Pois essa escolha também tem seus prós e contras.

Do lado tranquilo e favorável podemos destacar:

  • Seu blog fica mais fácil de ser administrado.
  • Você pode fazer planejamentos eficientes de otimização tanto para o site quanto para o blog, tendo ainda mais chances de se destacar no Google.
  • Você terá mais um domínio para ser trabalhado nas redes sociais.

A principal desvantagem dessa escolha é que, caso você esteja usando o blog para melhorar a otimização do site principal, com ela terá mais dificuldades já que a autoridade do blog será diferente da autoridade do site dentro dos mecanismos de busca.

Pronto, agora você já sabe para que serve domínio e subdomínio e qual dessas opções pode ser melhor endereçar o seu blog na internet.

Portanto, não perca mais tempo, escolha o melhor caminho para as suas páginas e comece faturar com a web agora mesmo.

Ah, quer saber quanto custa ao todo registrar, hospedar e colocar um blog ou site no ar?

Então aproveite para usar a nossa calculadora e descobrir a resposta.