dificuldade de concentraçãoPare por um momento e observe os logotipos dos produtos que estão ao seu redor. Por que eles são como são? Por que as empresas optaram por essas cores? Tudo o que fazemos hoje — ainda que não percebamos — é fruto de pesquisas feitas no passado. Um exemplo é o estudo sobre a psicologia das cores.

">

Dificuldade de concentração? 5 macetes para você se livrar disso

Você sabia que a dificuldade de concentração pode colocar em risco a saúde do trabalhador. Como mudar essa situação? Veja algumas dicas aqui.

O objetivo de todo profissional é gerar mais receita com o seu trabalho, atingir metas e trabalhar com mais eficiência. No entanto, uma característica é fundamental para obter êxito nessa empreitada: concentração.

É fato que se não estamos concentrados o trabalho não rende. Além do mais, dependendo da atividade desempenhada, a dificuldade de concentração pode colocar em risco a saúde do trabalhador. Mas como mudar essa situação? Vamos a algumas dicas:

1. Medite

A meditação já foi objeto de estudo por diversas universidades. É fato que ela gera benefícios à saúde emocional e física, contribuindo para o combate de doenças como a depressão e a ansiedade.

Sendo assim, uma boa dica é meditar antes de começar a trabalhar. Existem muitos tipos de meditação, como a guiada e a meditação com mantras. Que tal aproveitar as horas no ônibus para meditar um pouco?

2. Fracione sua rotina de trabalho

Nesta palestra o filósofo Leandro Karnal sugere que as atividades sejam divididas em blocos de trabalhos intelectuais e atividades físicas. Ainda que possa parecer complexo, podemos adaptar esse conceito às mais diversas formas de trabalho. Em resumo, ele quis dizer que nossa mente não consegue concentrar-se com qualidade na mesma coisa por várias horas seguidas.

É ideal parar por alguns momentos e fazer outra atividade antes de retornar e continuar um trabalho. O método Pomodoro sugere que a cada 25 minutos de trabalho, a pessoa tire 5 para descansar. Só o fato de se levantar, andar um pouco e tomar um copo d’água já é o suficiente para descansar sua mente por alguns momentos.

3. Elimine o desconforto

É impossível concentrar-se em uma tarefa sentando em uma cadeira desconfortável, que vai gerar dores ao final do dia. Ergonomia não tem como objetivo apenas melhorar a saúde do trabalhador, mas também sua produtividade e concentração.

Por isso, verifique o que pode ser alterado no meio ambiente do trabalho para melhorar a sua concentração.

4. Valorize o agora

Fica difícil se concentrar na tarefa que estamos realizando quando o pensamento está na bronca dada no filho de manhã ou na conta que deve ser paga na semana que vem. Respeite o tempo presente. É ele que importa.

Se você está em uma reunião, dê total atenção aos colegas. Além de um sinal de educação, essa atitude evitará que temas tenham que ser repetidos porque você não estava atento.

O mesmo vale para uma tarefa, que não precisará voltar para que você faça correções se você se dedicar a ela quando necessário.

5. Alimente-se de forma correta

Alimentos pesados, ricos em açúcar e gordura afetam o desempenho do corpo e da mente. Como se concentrar em algo quando se é vítima de uma azia, por exemplo?

Leve em consideração que os alimentos possuem características químicas que podem não lhe fazer bem. Ao saber disso, você poderá comer melhor. Além de gerar prazer pelo paladar, alimentar-se tem como função nutrir o corpo.

Para obter resultados melhores é fundamental fazer bem o seu trabalho, e para conseguir isso é preciso melhorar a concentração no que se faz.

Gostou das nossas dicas para se livrar da dificuldade de concentração? Se você quer aumentar ainda mais suas receitas em vendas, não deixe de ler este artigo para saber como vender melhor!