desistir do empreendedorismo

O que fazer quando penso em desistir do empreendedorismo?

Preparamos algumas dicas que irão te ajudar a descobrir se empreender é o trabalho dos seus sonhos ou se você deveria desistir do empreendedorismo. Confira!

Empreendedorismo é, sem dúvida, a pauta mais importante por aqui. Já falamos desde como abrir um negócio, até dicas de como se tornar um líder para seus funcionários. Mas, no meio desse universo de conhecimento, podemos nos deparar com a seguinte dúvida: O que fazer quando penso em desistir do empreendedorismo?

É mais comum do que imaginamos o surgimento de casos em que pessoas começam uma profissão e, mesmo depois de alcançar um patamar de sucesso, elas acabam se deparando com uma incerteza de tamanha proporção.

Pensando nisso, e com a intenção de esclarecer melhor a questão, preparamos algumas dicas que irão ajudar você a descobrir se, de fato, empreender é o trabalho dos seus sonhos — ou se você deveria repensar o empreendedorismo.

Repense algumas atitudes

Antes de qualquer decisão, pare e pense! Nenhuma decisão deve ser impulsionada por um momento de tensão.

Empreendedores, devido a perfil característico, tendem a agir e pensar de forma rápida, entretanto, esse tipo de decisão precisa ser calculada com muita calma, além de ser essencial analisar todos os prós e contras — principalmente se essa incerteza não é apenas algo relacionado com um momento de insatisfação.

Para isso, você precisa tentar chegar na raiz do problema, de modo a descobrir o porquê dele motivar sua dúvida. Só assim você conseguirá trabalhar para solucioná-la.

Assim que encontrar uma razão pessoal, tente se colocar em situações hipotéticas como, por exemplo, trabalhando como empreendedor em outra empresa. Pense, também, se o motivo da sua insatisfação está diretamente relacionado com fato de você trabalhar como um empreendedor ou se sua insegurança vem de outros problemas que você anda enfrentando.

Depois de parar e pensar em todas as hipóteses que levam ao motivo real que acarretou os questionamentos acerca da carreira de empreendedorismo, é hora do próximo passo: planejar as mudanças!

Prepare mudanças nas tarefas

Agora chegou a hora de agir. Comece com pequenas mudanças e veja como você se adapta a elas. Quem sabe, por exemplo, seria interessante ter um novo papel dentro da sua empresa? Procure inovar e buscar tarefas que sejam do seu interesse.

Sempre que possível, identifique e delegue aquelas tarefas que você não gosta e que possam ser assumidas por outras pessoas — se for o caso, contrate alguém. Com isso, você terá mais tempo para se dedicar a tarefas de seu interesse e, consequentemente, encontrará mais prazer em empreender, mudando sua ideia de desistir do empreendedorismo.

Outra ótima opção seria mudar a cultura da sua empresa. Quem sabe transformar o ambiente de trabalho em algo mais tranquilo e relaxado? Essa opção pode ser excelente, como veremos a seguir!

Invista no ambiente de trabalho

desistir do empreendedorismo

Apesar de simples, pensar nesse tipo de mudança pode afetar seu dia a dia de modo a deixá-lo bem mais agradável. Até porque, sabemos que trabalhar em um ambiente mais relaxado e com uma equipe que englobe a cultura do seu negócio é algo bem satisfatório.

Podemos ter como exemplo grandes empresas como a Google ou o Facebook. Claro que você não precisa gastar milhões para ter uma piscina olímpica e quadra de tênis no ambiente da empresa, mas quem sabe investir em alguns jogos para aqueles que estão estressados e precisam relaxar a cabeça por alguns instantes?

Quando estamos tranquilos, somos muito mais produtivos em relação aos momentos de tensão. Portanto, o retorno do seu pequeno investimento será recompensador, até porque, as vezes podemos descontar todo esse estresse em um cliente — o que poderia acarretar na perda de uma oportunidade de venda.

Pense em você

Mesmo depois de ter avaliado tudo o que te faz feliz e de tentar mudar o possível daquilo que não gosta, ainda se depara insatisfeito e pensa em desistir do empreendedorismo? Se sua resposta for sim, chegou a hora de avaliar e começar a usar novas estratégias para mudar essa situação.

Todos nós sabemos que ao se encontrar em uma posição de empreendedor, o tempo é algo muito valioso. Mesmo com uma vida corrida e atarefada, não podemos deixar de cuidar do corpo e da mente. A dica é simples: procure tirar algum tempo durante sua semana para os exercícios ou se dedicar a algum hobbie.

Aproveite e tire férias. Nesse período, tente desligar a mente da empresa — evite acessar a caixa de emails ou atender chamadas de negócios. Aproveite momentos com seus amigos e sua família. Talvez tudo que você precisava era um momento para cuidar do seu corpo e da sua mente.

Procure um novo papel na carreira

Apesar de tudo, desistir do empreendedorismo pode ser a única solução — mas isso não significa que você precisa deixar de lado todo o envolvimento na empresa. Nesse sentido, algumas soluções podem ser por assumir papeis diferentes da gestão. Veja algumas opções:

  • Palestrante: diversos empreendedores de sucesso deixaram a carreira dos negócios para investir apenas em conhecimento, publicação de livros e palestras. Esse método é excelente para quem não quer fugir do perfil mas pretende adotar um novo ritmo de vida.
  • Consultor: com sua experiência como empreendedor, você poderia agora assumir o papel de consultor. Esse trabalho pode ser feito, inclusive, em um ambiente virtual. Assim, você teria mais tempo disponível e ainda não se desligaria por completo da empresa.
  • Empregado: outra hipótese é ser empregado na sua própria empresa, abdicando do cargo de CEO. Nesse caso, você ainda teria o respeito dos funcionários, mas menos responsabilidades. Se o problema atual é a falta de tempo, certamente essa seria uma ótima solução para se dedicar ao que você realmente gosta.

Mude de mercado

Às vezes, desistir do empreendedorismo é algo que você não gostaria, mas se encontrou nessa posição por ter começado seus negócios em um mercado que não esperava.

Por exemplo: imagine que você possui uma empresa de tecnologia e mesmo ela vendendo muito dos seus produtos e ganhando grande força no mercado, você acaba se dando conta de que o mercado que realmente ama é o imobiliário.

Isso não muda a possibilidade de começar um novo negócio nesse ramo. Com certeza, com todas as experiências que você teve em seu atual negócio, não enfrentaria grandes dificuldades para assumir esse novo caminho — algo que poderá ser bem gratificante.

Portanto, use a experiência e determinação ao seu favor para assumir uma nova jornada. Começar do zero é desafiador, mas sem dúvidas é muito recompensador trabalhar com que você realmente ama. No mais, você ainda vai ter a oportunidade de ver sua dedicação prosperar, afinal, não é fácil repensar algo.

Esteja disposto a aceitar desafios

Aceitar desafios é algo extremamente relacionado com o perfil de todo e qualquer empreendedor, não é mesmo? Desistir do empreendedorismo demanda uma boa dose de coragem para enfrentar as dificuldades que estão por vir.

Mas, como você já sabe, fazer o que ama é o maior segredo para ser bem sucedido na carreira profissional. Entretanto, não restam dúvidas de que qualquer carreira profissional terá seus pontos negativos e positivos. Então, jamais faça algo que não ama por medo ou receio pelo que pode vir.

Pare e pense se as coisas que estão te motivando a desistir do empreendedorismo não são apenas coisas pontuais e que, de modo geral, você ama a maior parte da sua vida como empreendedor. Pense como empreendedor e aceito o desafio, seja para continuar com o seu negócio ou seja para desistir do empreendedorismo.

Defina seus objetivos e prioridades

Antes de tomar qualquer decisão se você deve ou não desistir do empreendedorismo, reserve um tempo para anotar seus objetivos e prioridades. Pense naquilo que você pretende para o futuro profissional e pessoal.

Um ótimo exercício é se perguntar em qual posição pretende estar daqui 2, 5 e 10 anos. Depois de refletir sobre seus cargos futuros, pense no que precisará para conquistar esses objetivos. É imprescindível impor metas e prazos para realizá-los, caso contrário, você pode perder o foco e mesmo depois de todo o esforço pode correr o risco de se deparar com as mesmas dúvidas.

Assuma a ideia de desistir do empreendedorismo

Como vimos, são inúmeros os motivos para você continuar no seu caminho e não desistir do empreendedorismo, mas se você chegou até aqui e viu que empreender não é para você, talvez seja a hora de você mudar completamente seu rumo profissional.

Quem sabe voltar para a faculdade, começar um MBA ou, até mesmo, voltar a antiga profissão? É importante compreender que você não deve se limitar a fatores ou outros problemas na vida, afinal, querer mudar de profissão não significa que deixará de ter um perfil proativo.

Sem dúvidas estamos tratando de uma escolha intimidadora, mas jamais feche os olhos para o fato de que seu destino sempre estará repleto de oportunidades. Todo tipo de experiência é positiva e o conhecimento agregado pelo empreendedorismo poderá ser usado para conquistar uma carreira de excelência em qualquer ramo do mercado.

Agora, só resta você ir em frente com muita coragem e perseverança para fazer sempre o que ama! Para te inspirar ainda mais, conheça algumas pessoas que desistiram de suas profissões para se tornarem empreendedores digitais!

  • Thaís Amaral Wortmann

    ótimo texto. seguirei as dicas principalmente as de ter jogos no trabalho e tirar férias hahaha. mas acho que a de pensar daqui a 1, 5 10 anos é a mais eficiente para saber onde se quer chegar.

  • Diego Motta

    Nunca é fácil lidar com indecisões, principalmente quando estamos falando da carreira. Excelente texto, obrigado pelas dicas!

  • Adriana Pereira

    Ótimas dicas, com certeza não é fácil empreendedor em tempos de crise. Parabéns, excelente texto!