Criação de Logotipo para Startup: Como Evitar ErrosVocê quer começar a fazer marketing nas redes sociais ou estabelecer ainda mais a presença online da sua marca. Já se inspirou em vários perfis de outras marcas, ouviu algumas dicas aqui e ali – mas e na hora de pôr a mão na massa?

">

Criação de Logotipo para Startup: Como Evitar Erros

Iniciar um negócio é difícil, mas também excitante e fascinante.

Iniciar um negócio é difícil, mas também excitante e fascinante.

Para manter certo nível e ter um bom visual em comparação aos outros você também precisará pensar a respeito de seu próprio logotipo. Muitas pessoas pensam que isso não é muito importante.

É claro que você deve concentrar-se na melhoria da qualidade do produto ou do serviço. É claro que o logo não é a coisa mais essencial e não influencia diretamente o sucesso do negócio e você até consegue trabalhar sem um logotipo ou apenas com um logo bem simples.

Porém, soluções nada profissionais e a falta da devida atenção podem estragar um pouco a sua imagem.

Maneiras de criar um logotipo

Existem várias opções para se criar um logo

Opção 1. Você pode contratar um designer. No entanto, os designers costumam cobrar uma taxa, o que nem sempre é vantajoso para uma startup.

Opção 2. Você pode escolher um logotipo através de uma competição. Hoje em dia existem plataformas, como a Zilliondesigns, onde designers estão prontos para criar um logotipo para você através de uma competição. Você precisará descrever as suas ideias e necessidades relativas à logomarca. Em seguida, você deve escolher o logo que mais lhe agradou e então pagar por ele. Contudo, os preços em tais sites não são muito baixos, pois começam a partir de $200 e levam pelo menos uma semana para ficarem prontos.

Opção 3. Desenhar um logotipo por conta própria. Cada pessoa tem seu próprio tipo de caligrafia, portanto, todo mundo pode dar um toque original ao logotipo. Infelizmente nem todos conseguem simplesmente sentar e desenhar um logotipo e nem todo mundo é capaz de expressar suas ideias através de desenhos. Além disso, para utilizar posteriormente um logotipo desenhado à mão, será preciso digitalizá-lo, ou seja, transferir do papel para um editor gráfico como, por exemplo, o Photoshop. De qualquer forma, para desenhar seu próprio logotipo, você precisa gastar tempo aprendendo e fazendo o trabalho.

Opção 4: Criar um logotipo usando o gerador online. Além da abordagem tradicional ao design, existem novas abordagens inventadas, pois as inovações e as novas tendências também influenciam o processo de design. Usando os geradores online, você cuida diretamente da criação do logo, porém o tempo gasto é muito baixo (15 minutos). Com a ajuda destes serviços você pode obter tanto logotipos gratuitos quanto pagos. Os preços são baixos e acessíveis – na faixa de $10 a $60. Como resultado, você obtém um logotipo decente e bom. Vamos dar uma olhada em alguns destes serviços:

Logaster.com

No site você encontrará uma vasta gama de ferramentas para você desenvolver e testar o design do logotipo: escolha ícones, fontes, cores e posicionamento diferentes para cada elemento do logo a fim de ver como ele ficará em diferentes cenários.

 

 

criação de logotipo para startups

 

Logogarden.com

O serviço possui uma biblioteca considerável de ícones, bem como fontes e diferentes efeitos adicionais. Além de criar os logotipos você também pode criar diferentes materiais de publicidade, colocar em um site ou imprimir em camisetas. Não é preciso contratar um designer se você pode criar tudo sozinho.

criação de logotipo para startups

Withoomph.com

Este gerador online pode ser a sua fonte de inspiração para o projeto do logo. Ele ajuda você a criar um logotipo através da combinação de um ou mais ícones, usando uma paleta de cores, fontes e através da escolha de diferentes formatos. Entre a variedade de sugestões você definitivamente encontrará um logo que seja ideal para você.

criação de logotipo para startups

Principais erros ao criar um logotipo e como evitá-los

1.Escolher uma fonte inadequada para o negócio

A fonte é um elemento importante em seu logotipo, então você precisa escolher cuidadosamente. Em geral, dois tipos de fontes são comumente utilizadas: a serif e a sans serif. As fontes serif são um grupo de fontes que tem um visual mais formal, tradicional e nobre. As fontes sans serif tem visual mais moderno.

Não se esqueça de que a fonte no logotipo deve se referir a um estilo específico. Tente escolher a fonte apropriada para o seu negócio. Por exemplo, se você precisar expressar nobreza, austeridade, profissionalismo, você pode usar fontes do tipo sans como a Chingolo Pro, a Herald, etc. ou mesmo fontes sans serif, como a Essai.

Se sua tarefa é reproduzir diversão, emoção e entretenimento, então, fontes sans serif como a Boingo, a Bomb Font, a Thickhead serão melhores para você ou, até mesmo, a Scribble do grupo sans.

Não há necessidade de usar muitas fontes diferentes no logo, é melhor usar uma ou duas fontes. Siga também as tendências, mas não seja superdiligente. É melhor evitar o uso de fontes da moda. Essas fontes, muitas vezes, perdem seu apelo como o tempo, como foi o caso da Batang e da Brush Script.

2.Escolher a cor errada

Existe uma crença de que a cor tem um efeito psicológico nos clientes, mas isso é totalmente pessoal. Você pode dar uma olhada em infográficos sobre as emoções que são despertadas por cada tipo de cor (infográfico criadas pelo designer Angelica Morais).

Você não deve usar cores muito pálidas, porque assim o seu logotipo ficará pálido e singelo fazendo com que poucas pessoas o notem.

Usar muitas cores em um logotipo também não é muito bom. Recomenda-se usar de 1 a 3 cores.

3.Complicar demais o logotipo

Os logos muito sofisticados costumam parecer esquisitos e raramente ficam bonitos. Um logotipo se torna mais fácil de ser lembrado quando ele é simples.

Se um cliente puder desenhar o seu logotipo de cabeça após vê-lo, então ele pode ser considerado bem sucedido.

Ele também será recordável. Tente lembrar-se de três logotipos que vêm à sua mente, aposto que eles são bastante simples.

Então, a não ser que você queira que seu logotipo seja complexo, não use muitos elementos ou muitas linhas finas uma sobre a outra.

Tais combinações raramente resultam em uma boa aparência. A simplicidade é muitas vezes vantajosa.

4.Plagiar

O plágio pode influenciar negativamente a sua reputação.

Se você observar que seu concorrente tem um bom logotipo, não tente copiá-lo. A principal coisa que seu logotipo deve ter é qualidade e eficácia.

Não imite ninguém ou invista um monte de dinheiro na criação do logotipo.

É melhor pensar a respeito de seu diferencial em relação aos concorrentes e criar um logotipo que não apenas se pareça decente, mas também que seja feito por um preço razoável, ou seja, que corresponderá a seu orçamento.

Você nunca saberá no começo para onde seu negócio vai.

Contudo, se as coisas correrem bem durante os próximos anos, você sempre poderá fazer um rebranding da identidade e criar um novo logotipo para a empresa.

5.Criar um logotipo para si mesmo e não para os clientes

Antes de usar o logotipo, faça um teste. Muitas vezes as pessoas ficam entusiasmadas com o logotipo recém-criado que não percebem que ele não é o ideal para o negócio.

Pergunte a seus amigos e pessoas mais próximas se elas gostam do logotipo. Quanto mais comentários, melhor será. Você também deve tentar obter a opinião de especialistas.

Não leve as críticas para o lado pessoal, pois sempre haverá pessoas que simplesmente não vão gostar dele.

Além disso, lembre-se sempre de seu público-alvo. Analise todas as opiniões e tirar suas conclusões.

6.Não conferir como o logo fica em preto e branco

O logotipo deve ficar bem em preto e branco. Se você criar um logotipo colorido, confira se os elementos de seu logotipo não ficarão misturados quando estiverem em preto e branco.

Isto é muito importante, porque existirão situações em que será impossível usar o logotipo em cores, por exemplo, quando você enviar um documento através de um fax.

7.Usar monogramas sofisticados sem cautela.

Ao usar monogramas em seu logotipo, tente fazer o possível para deixá-lo com bom aspecto.

Também, monogramas não são adequados para qualquer empresa.

Os logotipos com monogramas podem ser apropriados para salões de beleza, agências de casamento, restaurantes, negócio de joias, contudo, não são ideais para negócios relacionados a eletrodomésticos, carros ou telefones celulares.

Além disso, você não deve usar monogramas se acabou de iniciar o seu negócio, porque ele geralmente consiste nas primeiras letras do nome e, portanto, não facilitará a lembrança do nome de sua marca.

8.Problemas de Adaptabilidade e Impraticabilidade

Certifique-se de que o logotipo fique bom independentemente do local onde ele for aplicado.

Isso é importante porque durante o processo de desenvolvimento do seu negócio, você vai precisar aplicar o seu logotipo não apenas em um cartão de visita, mas também em outros lugares.

Antes de aprovar um logotipo, vale a pena conferir se ele fica bom tanto na tela de um computador quanto na de seu smartphone, tanto em um cartão de visitas quanto em uma caneta e também, em uma embalagem quanto em um banner grande.

9.Falta de cuidado ao usar imagens raster

A imagem raster perde a qualidade quando aumentada. Um logotipo turvo e ilegível implica em indiferença e falta de profissionalismo.

É por isso que você precisa dar um pouco de atenção para a escalabilidade do logo. É melhor ter a imagem dele em vários formatos, tanto em raster (PNG e JPEG) quanto em vetor (SVG e PDF).

 

Como você pode ver, não existem apenas diversas possibilidades, existem também várias armadilhas. Espero que este artigo tenha lhe ajudado a descobrir quais instrumentos são melhores para a criação de seu logotipo, bem como a entender quais critérios são essenciais para criar um belo logotipo.