Beto Chaves

">

Como jovens podem desenvolver suas características do empreendedor

Entrevista com Beto Chaves sobre como desenvolver características do empreendedor desde cedo

Beto Chaves

Beto Chaves é um empreendedor da área de comunicação digital e recentemente lançou o e-book gratuito sobre empreendedorismo “Entre pipas, brigadeiros e internet

1. Qual o primeiro momento em que você lembra de ter pensado “Já sei o que quero fazer da minha carreira, quero ser empreendedor!”
Na minha época da infância e adolescência, não se usava o termo “empreendedor”. Portanto, essa expressão ainda era desconhecida pra mim. Mas, desde os 8 anos de idade, meu sonho era ser “empresário”. Queria ter meu próprio negócio, trabalhar com clientes, montar uma empresa, etc.

2. No livro você menciona diversas vezes a relação entre empreendedorismo e saber lidar com fracasso. Você acredita que suas experiências de jovem te deixaram mais “calejado” para essa realidade?
Com certeza. Tudo que a gente vive nessa trajetória do empreendedorismo vai nos fortalecendo e nos preparando para lidar com as situações difíceis que encontraremos no caminho.

Os fracassos que tive foram de extrema importância para me tornar o empreendedor que sou hoje. Com eles, aprendi a nunca desistir!

3. Crianças normalmente têm muita curiosidade, que é muito importante para empreender. Porém além disso, é necessário ganhar habilidades de gestão, o lado empresário. Como você acha que suas experiências desde cedo te ajudaram a desenvolver esse lado?
Realmente, para ser um bom empreendedor é preciso aliar curiosidade e habilidades de gestão. Desde cedo eu tive meu próprio negócio, lidando diariamente com questões de gerenciamento, relação com empregados, relação com clientes, aplicação de recursos financeiros.

Portanto, desenvolvi minhas habilidades como gestor na prática.

4. Um fator que normalmente impede empreendedores iniciantes é a falta de capital inicial. Você acredita que isso é realmente um impedimento ou o empreendedor que vê uma oportunidade consegue tirá-la do papel mesmo sem ter muito dinheiro?
Certamente, a falta de capital dificulta a realização de um projeto. Porém, um bom empreendedor, mesmo sem ter capital, vai conseguir encontrar caminhos para concretizar seus sonhos. Será preciso uma dose extra de esforço e determinação, claro!

5. Qual sua dica para o jovem que ainda está em dúvida se deve ou não empreender? O que ele deve levar em conta nessa análise?
O jovem que está em dúvida se deve ou não empreender deve, em primeiro lugar, observar suas características pessoais. Se gosta de riscos, desafios, sabe lidar com adversidades e superar fracassos, nasceu para ser empreendedor e deve investir nesse talento.

Porém, caso prefira uma vida mais estável, com horários fixos de trabalho e contra-cheque no final do mês, é melhor procurar um emprego formal ou um concurso público. No empreendedorismo não existe estabilidade. Vive-se em constante montanha-russa.

Aproveito a oportunidade para deixar minha mensagem aos leitores: Se você tem um sonho, qualquer que seja ele, acredite e invista nele. Não importa que esse sonho pareça impossível. Com esforço, determinação e muito trabalho nada é impossível.

Nota do editor: Se você se interessou pelo trabalho de Beto e também quer desenvolver suas características do empreendedor, baixe gratuitamente seu e-book aqui.