como ganhar dinheiro com blog

Como ganhar dinheiro com um blog? 4 maneiras de ganhar uma renda extra

Os tempos estão mudando. E, com essas mudanças, muita gente quer aproveitar para ganhar melhor, ter mais qualidade de vida e evitar depender da rotina de escritório para viver. Mas como ganhar dinheiro com um trabalho extra?

Os tempos estão mudando. E, com essas mudanças, muita gente quer aproveitar para ganhar melhor, ter mais qualidade de vida e evitar depender da rotina de escritório para viver. Mas como ganhar dinheiro com um trabalho extra?

Sabendo que essa demanda existe, vários “especialistas” em marketing e vendas digitais apareceram e sumiram nos últimos anos. Eles passam o tempo todo gritando para quem quiser escutar que é possível ficar rico trabalhando em casa, com um blog, por apenas algumas horas por dia.

Seria ótimo se fosse tão fácil assim, mas a verdade é que, embora tenha vantagens e liberdades que outras profissões não oferecem, criar um blog de sucesso envolve muito, mas muito trabalho. E, para quem faz o que gosta, também uma boa dose de satisfação.

Quer entrar para esse empreendimento cansativo mas recompensador que é o de criar um blog? Então, entenda as melhores formas de começar no ramo e gerar uma renda extra!

Maneiras de ganhar dinheiro com um blog

Vamos começar indo direto ao ponto, afinal, se não tiver bem claro desde o início como seu blog vai te trazer rendimentos, o trabalho todo pode ser perdido.

Antes de qualquer outra coisa, é preciso entender que há formas muito diferentes de ganhar dinheiro com um blog. Algumas são rápidas, porém limitadas. Outras, só geram renda em médio e longo prazo, mas são mais seguras e perenes. Veja as principais:

Anúncios

Você provavelmente já conhece essa estratégia. Para falar a verdade, ela é muito simples… de entender, o que não significa que seja uma fórmula mágica para ter uma renda extra.

Desde que a internet se popularizou, os anunciantes — que antes investiam enormes quantias para aparecerem em páginas de jornal e intervalos de programas de tevê e rádio — viram nela uma oportunidade.

Mas aconteceu uma coisa curiosa. Esses anunciantes e os sites que recebiam seus anúncios queriam reproduzir o mesmo comportamento das velhas mídias na nova, e não perceberam todo o potencial que essas mudanças trariam.

Eles pagavam — e ainda pagam — para que o nome da sua marca seja inserido em vídeos, postagens, webinars, podcasts e o que mais atrair o interesse de milhares e milhares de pessoas.

Certo. Mas você gosta de anúncios quando navega pela internet? Não? Nem a gente. Nem ninguém. Mas, ainda que sejam inconvenientes, eles trazem receita para a empresa anunciante e para o blog que exibe esse tipo de publicidade.

Como todo mundo é interrompido por eles o tempo todo, mais tarde, esse processo passou a ser chamado de “marketing interruptivo”.

Marketing de afiliados

Você pode, também, ganhar comissão sobre a venda dos produtos que são anunciados no seu site.

Embora isso pareça mais arriscado — na opção anterior, dos anúncios, você ganhava por clique, independentemente de se o produto era vendido ou não — mas pode ser bem mais rentável. Afinal, a comissão é maior.

Agora, para que uma estratégia como essa dê certo, você precisa gerar confiança. E, principalmente, se identificar com o produto que vai recomendar e anunciar no seu blog.

Afinal, quem vai dar ouvidos a alguém que recomenda vários produtos diferentes, de cremes para o cabelo até pneus de caminhão?

Se a imagem do blog for gerida da forma correta, ele se torna uma boa aposta para o marketing de afiliados.

Se as pessoas lerem seus textos, acharem que são informativos e reconhecerem em você uma autoridade no assunto, digamos, de jogos de videogame, elas vão levar a sério quando você fizer uma análise de um jogo e recomendá-lo por meio de um anúncio ou diretamente no texto do seu artigo.

O marketing de afiliados pode ser uma ótima maneira de ganhar dinheiro com um blog, mas significa horas de dedicação diária. Antes de qualquer empresa apostar no seu site, ele vai precisar atingir milhares e milhares de visitas por mês.

Infoproduto

À medida que os blogs foram se desenvolvendo, também o marketing digital se fortaleceu. Os clientes do  marketing disruptivo, de que falamos, começaram a dar sinais de saturação.

Só para se ter uma ideia, há alguns aplicativos que bloqueiam anúncios em navegadores como o Google Chrome e o Microsoft Edge. Esses apps ganharam tantos adeptos que, em 2015, eram aproximadamente 198 milhões de usuários no mundo.

Isso é quase a população do Brasil.

É claro que a indústria da publicidade reagiu e reage ao uso deles, mas, enquanto isso, o marketing já tinha uma resposta pronta para essa nova realidade.

O infoproduto é um conceito fácil de entender: informação online, seja ela vendida ou não. Foi ele que possibilitou que nascessem dois novos conceitos importantíssimos nos dias de hoje: o Inbound Marketing e o marketing de conteúdo.

Inbound Marketing e marketing de conteúdo

O Inbound é o processo contrário ao dos anúncios e do marketing de afiliados. Em vez de interromper a leitura das pessoas com publicidade, ele começa com um cuidadoso trabalho de selecionar as pessoas por palavras-chave no Google e levá-las para o seu site.

Lá, esse visitante curioso terá suas dúvidas satisfeitas com o marketing de conteúdo (Inbound e conteúdo são uma espécie de Batman e Robin do marketing moderno).

Assim, se o seu negócio é um cabeleireiro, você pode atrair gente interessada em novos pentados e produtos de cabelo e tirar todas as dúvidas delas.

Em seguida, ela já sabe que você é especialista em cabelos e pode pagar pelo seu infoproduto, isto é, um webinar “Aprenda a fazer sozinha 7 penteados de arrasar”. Além, claro, de ir até o seu salão para acertar os detalhes que não consegue fazer sozinha, em casa.

Como descrevemos o desenvolvimento linear das principais formas de se ganhar dinheiro com um blog, pode ficar parecendo que as últimas soluções são melhores que as primeiras. Isso não é necessariamente verdade.

Com todas elas é possível fazer uma renda extra, mas nenhuma é fácil e rápida como alguns “gurus da internet” gostam de dizer por aí.

Como ganhar dinheiro com seu blog introduzindo algumas melhorias

Mas tirar um projeto desse da sua cabeça e começar a transformá-lo em realidade é algo que pode te deixar confuso.

Para evitar que você se perca entre tantas possibilidades — e também para que não faça escolhas agora de que vai se arrepender no futuro — vamos te dar mais algumas dicas de melhorias e otimizações para começar.

Escolha o CMS mais adequado às suas necessidades

Aliás, antes de escolher, fique sabendo que um CMS é um Content Management System, ou Sistema de Gerenciamento de Conteúdo, em bom português.

Sendo direto, é a plataforma onde o seu blog vai ser construído e operacionalizado.

Se você já ouviu falar a respeito, deve ter pensado logo no WordPress. Sim, ele é o CMS mais famoso e utilizado da atualidade. Embora não seja difícil de utilizar, ele também não é a opção mais fácil disponível.

O Wix é a opção mais prática. O WordPress, porém, é onde quase todos os blogs corporativos rodam e é, de longe, a plataforma mais estudada e com mais artigos, guias, plugins e dicas Google afora. Como é a opção que utilizamos para manter o blog do Saia do Lugar, é também a que recomendamos.

Além desses dois, há outras opções, como o Joomla e o Blogger, da Google.

Estude o básico sobre SEO

A vida de blogueiro só começa de verdade quando decoramos algumas siglas, não mesmo? Pois aqui está mais uma para você: SEO é Search Engine Optimization ou Otimização para Motores de Busca.

Basicamente, são as boas práticas para que o seu conteúdo apareça nas primeiras páginas do Google. E acredite, você só vai criar uma renda extra com o seu blog se as suas publicações estiverem nelas.

O SEO é um estudo constante, até porque o Google muda as regras do jogo de vez em quando. Por isso, comece a ler a respeito e otimizar o seu site.

Entenda um pouco de design

Não, definitivamente não é necessário que você domine esse assunto em todos os seus detalhes. Até porque a ideia é que os elementos de design sejam usados para melhorar o desempenho do seu blog, e não apenas para torná-lo mais bonito.

Agora, se você conseguir tornar tudo mais prático para quem lê com elementos visuais e ainda construir um site com aparência profissional e esteticamente impecável, perfeito!

Os blogs e websites são construídos dentro de templates, uma espécie de moldura pronta, que você preenche com o seu conteúdo e as funcionalidades. Eles vão deixar essa tarefa incrivelmente mais fácil.

Faça testes

Esta aqui talvez seja a dica mais importante deste artigo. Afinal, como você vai saber o que funciona e o que não funciona?

Como vai determinar que uma mudança de design ou uma imagem que trocou aumentou o desempenho do seu artigo, gerou mais visualizações e, por isso, deve ser mantida?

Simples: você realiza os famosos testes A/B, onde tudo é duplicado e criado com um detalhe diferente de cada vez. Se uma das “cópias” tem performance melhor que a outra, você já sabe o motivo. Afinal, se um único detalhe ficou diferente, só pode ser ele.

A internet é um meio em constante evolução. Nessa atmosfera de mudança permanente, o estudo diário e o bom-senso são os segredos do sucesso.

A cada dia, o meio virtual se torna mais atraente e receptivo à experiência do usuário. E, fazendo parte dele e buscando agradar seus visitantes e tornar a internet mais “confortável”, com certeza dá pra fazer uma renda extra e ainda melhorar a qualidade de vida e trabalho.

Quem sabe essa não vai ser a sua única fonte de renda daqui a um ano ou dois?

Ah, e já que falamos sobre como ganhar dinheiro com um blog, pode ser que a sua curiosidade sobre o marketing de conteúdo tenha sido aguçada. Saiba como atrair mais tráfego e vendas com o marketing de conteúdo!