como crescer o seu negócio

Como crescer o seu negócio? Veja nossas dicas

Seja qual for o ramo de atuação de seus negócios, certamente você pretende fazê-lo crescer o quanto antes, não é mesmo?

Seja qual for o ramo de atuação de seus negócios, certamente você pretende fazê-lo crescer o quanto antes, não é mesmo?

Muitos empreendedores já sabem exatamente o que querem e como alcançar os seus objetivos, mas é comum não saber por onde começar.

Como crescer o seu negócio?

O crescimento de um negócio acontece por vários fatores — desde a conquista do cliente até a forma como o estoque é cuidado.

Para que você entenda como isso pode fazer o seu negócio crescer, separamos algumas dicas incríveis! Confira agora como crescer e coloque-as em prática o quanto antes!

Conheça (muito bem) o seu cliente

Saber quem compra e consome os seus produtos ou serviços é algo fundamental para o crescimento de sua empresa e seu avanço no mercado.

Afinal, é preciso conhecer seu público para conquistá-lo e transformá-lo em clientela fiel.

Uma forma de conhecer o seu público é por meio de pesquisas.

Se você possui um cadastro de clientes, será mais fácil: basta analisar dados como idade, sexo, local em que reside e outras informações, a fim de traçar perfis segmentados.

A partir disso, você começa a conhecer mais as características preponderantes de seus clientes.

Uma pesquisa de mercado poderá ajudá-lo a descobrir o que o seu cliente realmente quer, os motivos que o faz comprar seus produtos ou adquirir os serviços (seus ou os da concorrência).

Além disso, descobrirá também os seus pontos fortes e fracos.

A pesquisa também mostrará o comportamento do seu público consumidor, fator que pode ser crucial para aumentar suas vendas e consequentemente os seus lucros.

Com o resultado da pesquisa, você consegue saber exatamente como conquistar o seu cliente e o que você precisa melhorar em seus negócios.

Além disso, conhecendo muito bem aqueles que compram com você, será muito mais fácil fidelizá-los; afinal, você estará trabalhando com um perfil específico, o que aumenta as chances de excelentes resultados.

Diversifique suas estratégias de marketing

Um erro comum de muitos empreendedores é optar por apenas uma estratégia de marketing, seja ela do marketing tradicional ou digital.

Existem diversas formas de atrair seu público-alvo e conquistá-lo; e quando essas formas são trabalhadas em conjunto, os resultados melhoram.

O marketing tradicional envolve estratégias que vão desde o relacionamento com o cliente até mesmo as campanhas publicitárias em outdoor, cartazes ou qualquer outro grande canal de divulgação.

Já o marketing digital é composto por estratégias que envolvam criação de sites, blogs, redes sociais ou qualquer outro meio dentro da internet.

Mesclar o marketing tradicional com o online facilita a meta de conseguir atrair a atenção do seu público e também ajuda as pessoas a lembrarem de sua empresa com frequência.

Pense no seguinte exemplo: você viu uma postagem de um determinado chocolate nas redes sociais e ficou com vontade de experimentá-lo, mas não podia sair comprar naquele momento.

Passado um tempo, você foi ao supermercado, mas nem se lembrava mais do tal chocolate, porém, deparou-se com um material promocional desse mesmo chocolate.

Isso faz com que você se lembre da publicação online que viu e aumentará as chances de levar o chocolate para casa, mostrando que o marketing digital e o marketing tradicional podem ser trabalhados em conjunto, criando novas experiências para seu consumidor e incentivando o consumo de seus produtos ou serviços.

Planeje cada passo futuro

Lembre-se sempre de que o planejamento é essencial para o crescimento dos negócios. Evite tomar atitudes precipitadas e analise todo o cenário antes de tomar suas decisões.

O planejamento é necessário para que você consiga traçar o caminho a ser percorrido até seu objetivo final.

Ele também contribui para que as estratégias mostrem-se eficientes, já que com um planejamento apropriado as chances de erro são menores.

Elabore suas estratégias de vendas e de produção para o ano todo, dessa forma você estará preparado em períodos sazonais como Natal e Dia das Mães.

Planeje também a maneira como crescer: por exemplo, aumentar 5% das vendas por semana ou 50% ao mês. Isso ajuda você a estipular metas e encontrar formas de efetivação — ou seja, de concluí-las.

Apesar de o planejamento ser feito para curto, médio e longo prazo, faça um planejamento flexível. Assim você conseguirá modificar suas estratégias, caso haja necessidade.

Muitas vezes isso é necessário para combater as táticas de mercado de seus concorrentes, ou simplesmente porque seus planos não apresentaram o retorno financeiro que esperava.

Tenha softwares de gestão

A tecnologia possui ferramentas que são primordiais para o crescimento do seu negócio, por vários motivos.

Além de ajudar a empresa ter um controle melhor sobre tudo, os sistemas de gestão também fazem com que os empreendedores economizem tempo.

Um sistema para controle de estoque, por exemplo, minimiza as falhas na hora de definir quantos produtos ainda existem no acervo e quantos precisam ser pedidos/produzidos.

Com o uso de um sistema rígido e automatizado, o monitoramento é feito de maneira bem rápida e dinâmica.

Ajuda ainda a evitar que produtos estraguem em estoque, além de facilitar para que os vendedores possam consultar o estoque com certeza dos itens disponíveis ou não.

O uso de sistemas também garante que as informações sejam mantidas em segurança e ao alcance dos responsáveis autorizados.

Isso igualmente elimina muitos erros de comunicação e economiza muito tempo, já que não há necessidade de controle manual ou falhas nos cálculos.

Outra vantagem é que, com o avanço da tecnologia, é possível utilizar os softwares de gestão em computadores e também em smartphones, o que possibilita uma comunicação muito mais eficaz entre todos os setores — e os vendedores internos e externos.

Muitos empreendedores preferem investir em outras áreas do negócio a obter softwares.

Mas deve-se entender que, utilizando um bom sistema para auxiliar na gestão corporativa, seus resultados significativos certamente vão aumentar.

Isto porque os riscos diminuem, e existe mais tempo para se dedicar às tarefas que realmente importam na expansão dos negócios.

Trabalhe a fidelização de seus clientes

Além de conhecer o seu cliente, mesclar estratégias do marketing digital e tradicional, planejar e utilizar a tecnologia a seu favor, ainda é preciso pensar em como fidelizar seus clientes.

Saiba que eles não são apenas clientes: são consumidores que possuem o grande poder de ajudar a empresa a efetivamente crescer no mercado.

Clientes fiéis, além de consumir com frequência os seus produtos, indicam o seu negócio para os amigos e familiares, ampliando as chances de sua marca alcançar novos compradores.

 

Isso é uma grande chance para você, já que as pessoas tendem a acreditar e confiar nas pessoas mais próximas, principalmente quando o assunto é indicação de produtos e serviços.

Além disso, eles levam a sua marca aonde forem e para o maior número de pessoas que a visualizar, aumentando o alcance que seus produtos e serviços poderão ter no seu mercado de atuação.

Para fidelizar um cliente, comece trabalhando com foco no relacionamento com ele.

Sempre que possível, melhore o atendimento, incentive sua equipe a trabalhar motivada. Para isso, use estratégias de incentivo e motivacionais.

Então, você começará ganhando pontos positivos com o seu cliente!

Mantenha o contato com o cliente, mesmo depois que ele sair de sua loja ou estabelecimento; para isso use telefone, WhatsApp, redes sociais e até mesmo e-mail.

Apenas tome cuidado para não parecer importuno demais; mande mensagens com conteúdos interessantes e com uma frequência que não canse, mas sim mantenha esse cliente interessado no que você tiver para falar.

Outra dica é utilizar promoção de vendas, como o cartão fidelidade, cupom de desconto ou ainda abatimentos de preços imperdíveis para seus clientes.

Isso faz com que eles voltem a consumir seus produtos outra vez, e outra vez, até se fidelizarem.

Vale ressaltar que fidelizar um cliente antigo é muito mais barato do que conquistar um cliente novo.

Por esse motivo, evite perder clientes. E se isso acontecer, descubra o motivo porque perdeu esses clientes — e tente solucionar o problema antes do afastamento de outros.

Cuide (bem) de sua marca

E por último, mas não menos importante: cuide adequadamente de sua marca. Sua marca é a cara de seu negócio, por isso ela merece atenção especial.

Ao criá-la, pense em diversos pontos — como, por exemplo, a pronúncia, a escrita, se ela vai gerar uma lembrança negativa ou positiva nas pessoas, entre outros.

As cores também precisam ser escolhidas com sabedoria, já que elas podem transmitir para o consumidor sensação de tranquilidade, urgência ou qualquer outra impressão ou sentimento.

Mas além de cuidados com a criação de sua marca, pense a respeito de que ela representa você e seus produtos.

Se você quer que o seu público relacione sua marca com produtos de qualidade, mostre isso a eles — desde seu logotipo e nome. Se o negócio abrange os produtos naturais, então faça com que eles identifiquem essa característica já na sua marca.

Muitas pessoas são tão fiéis a uma marca que não abrem mão dela. Crie a sua com a intenção de fidelizar consumidores. Dessa forma, você terá mais chances de crescimento.

Mas ainda existe um detalhe muito importante e que merece cuidado. Não se esqueça de registrar a sua marca. Somente com o registro você garante que essa marca seja sua e apenas sua.

Sem o registro, alguém poderá “roubá-la” de você, ou copiar, então terá que fazer tudo de novo e ainda correr o risco de perder diversos clientes fiéis.

Seguindo essas 6 dicas você conseguirá fazer sua empresa crescer e alcançará o tão sonhado sucesso!

Para ajudar a inspirá-lo, clique aqui e conheça 9 lições de alguns dos maiores empreendedores do mundo. Certamente eles vão motivá-lo muito mais!