CDP: saiba mais sobre plataformas de gestão de clientes!

CDP: saiba mais sobre plataformas de gestão de clientes!

A facilidade do acesso à informação, somada ao crescente número de produtos e serviços semelhantes que são disponibilizados no mercado, impulsionaram significativamente o nível de exigência dos consumidores, e forçaram as empresas a repensarem suas formas de relacionar com as audiências.

Ainda nesse contexto, a experiência moderna dos clientes permitiram o acesso a dados importantes a respeito do comportamento desse público. E dessa conexão mais intensa, surge a dificuldade de interpretar e utilizar a seu favor as características que ficam fragmentadas nos mais variados canais de comunicação.

Para solucionar tal obstáculo e transformar o planejamento das estratégias de marketing em ações bem-sucedidas, uma nova ferramenta promete revolucionar os registros e consistência das informações coletadas sobre os clientes — o CDP, Customer Data Platform.

Quer saber o que é e como o CDP pode contribuir para melhores interações com o público do seu negócio? Então siga a leitura e confira.

Afinal, o que é o CDP – Customer Data Platform?

A sigla CDP ou termo Customer Data Platform podem ser traduzida como plataforma de dados de clientes. Trata-se de uma inovação que surgiu em meio a dificuldade das empresas em atender as peculiaridades dos seus consumidores de modo satisfatório.

Logo, a tecnologia criada pela plataforma CDP viabilizou uma maneira mais eficiente de segmentação de público e consequente direcionamento para práticas que concedesse uma vivência única.

O recurso funciona como um banco de dados integrado que contém as principais características dos clientes da marca. Normalmente é gerenciado pelo empreendedor ou setor de marketing da empresa. Entretanto, esses dados poderão ser acessados por outros departamentos estratégicos, como os canais de vendas e serviços.

**O intuito é unificar as informações a fim de que elas possam ser acessadas de modo muito mais ágil do que nos bancos de dados tradicionais. **Podendo inclusive serem verificadas a partir de outros sistemas.

Especialmente em tempos de concorrência acirrada e aumento das reivindicações dos compradores, a plataforma de dados do cliente (CDP) opera como facilitadora do trabalho dos empresários que estão em busca de satisfazer as necessidades personalizadas dos clientes.

O sistema CDP foi projetado para ser um espaço onde os comerciantes encontrariam os mais variados dados acerca de cada cliente em específico, tais como:

  • perfil;
  • identificadores pessoais;
  • visitas ao site da empresa;
  • atividades nas redes sociais;
  • ordens de compra;
  • sessões iniciadas a partir de dispositivos móveis;
  • gravações de áudio durante conversas de atendimento ao cliente;
  • respostas dadas por e-mail etc.

Quais as principais diferenças entre o CDP e o CRM?

Os sistemas de CRM (Customer Relationship Management) foram criados para suprir a necessidade de melhor gerenciamento das suas relações com os clientes, durante as etapas de venda. É uma ferramenta que permite aos vendedores o gerenciamento das atividades de compra ao logarem em suas respectivas contas na plataforma. Lá, podem verificar todo o histórico de compras: quando aconteceram, o que foi negociado, e também prever quais serão os próximos passos deste consumidor.

Já o CDP emergiu da evolução do mercado empresarial no sentido de prestação de um atendimento mais íntimo e personalizado, bem como da importância de levar esse processo a um nível de escalabilidade.

É verdade que os vendedores de maior capacitação e grande poder persuasivo já possuíam esta habilidade e a empregavam para obtenção de melhores resultados. Porém a diferença nesse aspecto é que existe uma limitação quanto ao número de mão de obra — não há como exigir deles o cumprimento de uma quantidade de tarefas além dos limites humanos. O CDP trouxe a automatização do processo de análise de perfis.

Quais as vantagens trazidas pelo CDP?

Fornece uma visão holística da jornada de compra

O Customer Data Platform amplia a visão do empreendedor para que ele analise o seu cliente sobre diferentes aspectos. Para tanto, leva-se em consideração as interações nos ambientes digitais e também as campanhas de comunicação tradicionais.

Independente da forma como o consumidor tenha iniciado a sua jornada de compra, a ferramenta tem potencial para coletar camadas de dados heterogêneas. Você poderá observar os comportamentos dos seus leads a partir de diferentes tipos de conteúdos e encontrar as ações mais eficazes para impactá-los.

Permite a tomada de decisões em tempo real

O período que compreende a primeira ligação com a marca até a fase de consideração para realizar uma compra está em constante evolução. Em poucos instantes, um detalhe mínimo pode fazer o cliente mudar de ideia.

Nesse sentido, outro benefício que o CDP oferece diz respeito a coleta e divulgação dos resultados de uma campanha de marketing instantaneamente. Isso permite que eventuais problemas sejam corrigidos de forma ágil, bem como a otimização das suas estratégias para campanha as futuras.

Proporciona uma leitura ampla do mercado

O destino do consumidor na jornada de compra está em frequente mutação. Esse fator é justificado introdução de novos produtos e serviços no mercado a todo momento.

Assim, **o sistema Customer Data Platform deve ser projetado para colocar essas informações em sincronia. **A plataforma tem o importante papel de antecipação dos movimentos do mercado. Visto que é capaz de sincronizar e deixar a sua disposição um panorama sobre tais informações.

Aumenta a capacidade de personalização

O investimento no sistema de CDP assegura às empresas a precisão nas atividades desenvolvidas para gerar uma experiência ao cliente mais próxima da perfeição. Mais do que nunca, esses consumidores fazem uso de canais e dispositivos que deixam rastros, sugerem pistas sobre suas reais expectativas.

Um dos principais focos dessa ferramenta é chegar o mais próximo do real desejo de cada indivíduo, e eliminar das operações de marketing a abordagem improvisada. Assim como das demais interações com o seu público. Cada movimento é calculado com o objetivo de atender necessidades particulares.

Fornece a interação com outras tecnologias

A capacidade de interagir com diversas tecnologias é um passo fundamental para que as empresas estabeleçam um diálogo eficiente com seu público, independente do momento do ciclo de compras que ele se encontra.

Nesse sentido, além de integralizar os dados que são coletados nas mais variadas plataformas, o Customer Data Platform permite uma combinação de recursos, a fim de que a empresa leve sua mensagem a partir de diversos canais:

  • plataformas móveis;
  • provedores de e-mail;
  • conteúdo de vídeo, dentre outros.

Garante eficiência operacional

A tarefa de conciliar as estratégias de comunicação com soluções pontuais oferecidas pelas ferramentas tecnológicas disponíveis no mercado costumavam ser bastante trabalhosas. Era necessária a aplicação de vários mecanismos em conjunto; o que muitas vezes reduzia a confiabilidade dos resultados obtidos.

Mas com o CDP, as informações contidas em várias ferramentas são integralizadas — economizando o tempo que era gasto para cruzar e avaliar as informações que se tem em mãos. Desse modo, interpretações equivocadas são prevenidas, e as ações da sua empresa mais eficazes.

Assegura a privacidade e resguardo contra o vazamento de dados empresariais

Com a imensa quantidade de dados que são gerados pelos consumidores no ambiente virtual ou físico, a segurança de tais informações é uma questão bastante relevante e que merece a atenção dos empreendedores.

O objetivo é prevenir que elementos valiosos sobre seus clientes vazem e sejam aproveitados pelos concorrentes. Portanto, o CDP também funciona como garantidor de privacidade, reduzindo as chances de disseminação de dados sigilosos.

Flexibiliza o espaço de dados por onde a empresa pode navegar

O Customer Data Platform possui a habilidade fundamental de crescer a medida em que o cliente avança pela jornada de compra, uma das formas mais eficientes por ele utilizados é a hospedagem na nuvem.

Graças a esse tipo de armazenamento de dados, todos os setores da empresa podem gerenciar, extrair e acrescentar informações ao mesmo tempo — não há barreiras físicas para limitar o manuseio dos dados.

Qual o melhor momento para apostar nessa plataforma?

A transformação digital obriga as marcas a permanecerem em constante processo de evolução dos seus modelos operacionais. Por esse motivo, o quanto antes novas ferramentas são incorporadas, maiores as chances de obtenção de resultados expressivos, e se destacar perante os concorrentes.

O número de recursos e dispositivos que funcionam como canais de comunicação entre empresa e cliente, gera informações valorosas sobre o perfil deste consumidor. Portanto saber lidar com todo esse volume da forma correta, ou seja, utilizar o CDP a seu favor é medida de urgência.

Quais são as ferramentas disponíveis no mercado?

É importante deixar claro que os CDPs são a evolução do que conhecemos como automação de marketing.

Uma ferramenta de email marketing consegue segmentar e enviar mensagens baseados em gatilhos e/ou comportamentos. Já um Customer Data Platform consegue não só conversar com seu sistema de envio de emails, como vai ser integrado ao Analytics do seu site, o que aconteceu nas redes sociais, sua plataforma de SMS, seu ERP e qualquer outra plataforma que tenha informações de um cliente.

A ideia é reunir tudo o que você sabe dos seus leads e clientes para planejar melhor as interações com a sua marca. Muitas vezes deixando que a segmentação seja automática e em tempo real. Assim é possível ver tendências, contar com análises preditivas e até mesmo com inteligência artificial para melhorar as recomendações de produtos e/ou serviços.

Tudo isso para dizer que ainda não temos um player nacional de CDP. Mas há negócios como o BlueVenn e AgilOne que já prometem fazer análises preditivas de marketing. Softwares como o Ensighten e Segment já melhoraram (e muito!) o taggeamento de clientes, com APIs prontas para conversarem com seus outros sistemas de marketing.

Podemos citar também o mParticle, Ascent360 e Signal.

E agora?

O sistema Customer Data Platform é uma tecnologia valiosa para as operações de marketing de qualquer empreendimento. Os CDPs facilitam o desafio do mercado empresarial de oferecer uma interação excepcional com seus clientes. Além da maior capacidade de utilização dos dados, o CDP torna o processo de segmentação mais preciso e eleva as chances de conversão de leads em vendas.

Gostou do artigo? Agora que você já descobriu como o CDP pode ajudar a sua empresa no desenvolvimento de uma concepção mais eficiente e personalizada sobre as características do seu público, aproveite para conhecer o curso de Customer Success da Rock Content e aprenda como garantir o sucesso da satisfação e fidelização de clientes.

comments powered by Disqus