avaliação de desempenho

Avaliação de desempenho: o que é e como fazer uma para sua empresa

Quem é o grande responsável pelo sucesso de seu negócio?

Quem é o grande responsável pelo sucesso de seu negócio?

Certamente, a resposta para esta pergunta envolve uma série de variantes, mas, sem dúvidas, as pessoas escolhidas para integrar o ambiente da empresa, as quais darão conta das diversas tarefas presentes na rotina de um empreendimento, serão componentes essenciais para determinar se sua companhia será ou não bem-sucedida em seu mercado de atuação.

Por este motivo, um gerenciamento eficiente dos recursos humanos é exigência para negócios de todos os portes.

Neste artigo, nós vamos apresentar uma das ferramentas mais importantes para a gestão de pessoas: a avaliação de desempenho.

Você vai conhecer diversos métodos avaliativos e saber como aplicar no dia a dia de seu negócio.

Não deixe de acompanhar!

Avaliação de desempenho: uma definição

Para começar é interessante estabelecermos o conceito de avaliação de desempenho do ponto de vista da gestão de pessoas.

Em linhas gerais, a avaliação de desempenho é um instrumento utilizado por profissionais de Recursos Humanos com o intuito de mensurar a qualidade do trabalho de um funcionário de acordo com sua função e produtividade no desempenho de seu cargo.

Seu papel é estratégico, pois é capaz de determinar se um funcionário faz jus aos objetivos e políticas de uma determinada empresa.

Além disso, a avaliação de desempenho leva em conta o potencial do colaborador quanto ao alcance de metas, seu nível de entrega de resultados, sua real capacidade de crescimento dentro do ambiente da organização e o quanto ele contribui para o desenvolvimento da empresa

Por fim, fatores mais subjetivos também são levados em conta na hora de avaliar um funcionário.

Neste sentido, o departamento de recursos humanos buscará analisar o grau de comprometimento do colaborador, sua relação com os colegas de sua equipe, seu comportamento, ética profissional e se ele gera efeitos positivos ou negativos no ambiente interno.

Com tantas possibilidades de análise, é crucial que o RH defina quais informações ele deseja extrair e de que forma estas informações podem se adequar com os objetivos da empresa naquele determinado momento.

Para tanto, existem tipos variados de avaliação de desempenho. Acompanhe os principais em nosso próximo tópico.

Qual a importância da avaliação de desempenho?

A avaliação de desempenho é um processo que pode ser realizado em prazos diferentes: há empresas que façam no final do ano, enquanto outras realizam uma avaliação semestral, trimestral ou mensal, por exemplo.

Mais do que uma etapa necessária ou mesmo burocrática, essa avaliação é importante porque traz benefícios importantes. Dentre eles, estão:

Permite que a empresa reconheça suas necessidades

O capital humano é um dos ativos mais importantes para o negócio. Entender quais são as necessidades dos colaboradores para que possam atuar de maneira mais adequada, portanto, é uma forma de melhorar a empresa em si.

Isso é possível porque por meio dessa avaliação é possível identificar quais são os pontos fracos de desempenho e, portanto, o que é necessário fazer ou fornecer para que os colaboradores tenham resultados melhores.

Permite o alinhamento com objetivos e metas

Depois de reconhecer quais são as necessidades dos colaboradores e o que a empresa precisa fazer, essa avaliação também permite que haja um alinhamento de metas e objetivos com a atuação das pessoas.

Com essa avaliação, é possível definir claramente o que é mais importante para o negócio e transmitir isso de maneira adequada para os colaboradores.

Ao gerar mais compreensão, fica mais fácil garantir que os colaboradores desenvolvam um desempenho mais voltado para o planejamento estratégico do negócio.

Estimula a valorização dos colaboradores

Se é um dos ativos mais importantes, o capital humano precisa de reconhecimento e motivação — e é exatamente o que a avaliação de desempenho oferece.

Baseando-se em seus resultados é possível oferecer benefícios e recompensas para quem receber as melhores avaliações gerais, por exemplo.

Também funciona como uma forma de reconhecer o esforço adequado de colaboradores, assim como para identificar talentos em potencial que possam ser desenvolvidos.

Tudo isso cria uma política de valorização do colaborador, gerando motivação e resultados otimizados.

Os principais tipos de avaliação de desempenho

Para auxiliá-lo a definir qual o tipo de avaliação de desempenho é mais adequado para sua empresa neste momento, nós criamos uma lista com seis modelos avaliativos utilizados no cotidiano dos departamentos de recursos humanos de diversas empresas e também por líderes e gestores de equipe.

Lembre-se: você pode variar as avaliações de desempenho, sempre de acordo com a estratégia de sua organização, o fundamental é ficar atento as especificidades de cada método.

Vamos lá?

Autoavaliações

As autoavaliações podem ser aplicadas em contextos diversos e, como o próprio nome enuncia, diz respeito a avaliação que o funcionário faz de si mesmo e do seu trabalho no ambiente da empresa.

É bastante válido que este tipo de avaliação de desempenho seja aplicado de modo sistemático, para que você possa notar as diferenças de percepção que seus colaboradores têm sobre seus desenvolvimentos na companhia ao longo de um determinado período.

Além disso, seja específico nas questões, descrevendo o que você exatamente deseja saber.

Outro ponto fundamental sobre as autoavaliações é a necessidade de dar liberdade a seus funcionários e fazer com que eles se sintam confortáveis a respeito do processo, do contrário, este método tende a ser pouco produtivo.

A visão da equipe

Outra metodologia de avaliação de desempenho que envolve a visão dos colaboradores é a análise realizada pelas equipes de trabalho.

Neste método, cada colaborador irá avaliar o desempenho e as capacidades dos membros de sua equipe, podendo ainda sugerir metas para seus colegas.

Do mesmo modo que na autoavaliação, este método também precisará da participação dos líderes e das equipes de recursos humanos, tendo em vista a coordenação de todo o processo, a mediação de conflitos e a garantia da independência de avaliação para cada colaborador que participar do processo.

Avaliação do líder

Acreditar no potencial de sua equipe é uma das características essenciais dos grandes líderes.

Entretanto, isso só é possível mediante processos de avaliação que lhe permitam conhecer, de fato, este potencial.

Na avaliação de desempenho realizada pelo líder de uma equipe, o que se tem é a soma dos esforços entre o gestor de um time e o departamento de recursos humanos.

Basicamente, a partir da orientação e com o acompanhamento do RH, o líder irá avaliar diversos aspectos dos funcionários que ele coordena e repassar reports para o setor de recursos humanos.

A definição dos aspectos a serem avaliados – comportamentais, cumprimento de metas, potencial de desenvolvimento na organização, etc. – devem sempre levar em conta o tipo de informação que se deseja ser obtida e qual a finalidade de tais dados.

Avaliação de desempenho por competência

A avaliação de desempenho por competência pode fornecer um relatório amplo e minucioso sobre qualquer colaborador, desde que aplicada corretamente.

Na base deste modelo de avaliação, temos o estudo do desempenho de um colaborador a partir de uma série de fatores, tais quais:

  • Quais as tarefas que aquele funcionário desempenha e qual a qualidade do trabalho realizado?
  • Quais são metas estipuladas para ele? Elas têm sido cumpridas?
  • O funcionário vem atingindo resultados satisfatórios?
  • Qual o comportamento e as atitudes daquele profissional?
  • O colaborador demonstra potencial de desenvolvimento?

A partir de questões nessa linha, o departamento de recursos humanos fará comparativos com o modelo ideal de desempenho e competência esperados e poderá ter maior precisão na hora de estabelecer se os funcionários avaliados atendem ou não as expectativas da empresa e contribuem para o futuro da organização.

Este modelo de avaliação de desempenho é bastante útil para, por exemplo, investigar os perfis de funcionário que atuam em uma companhia.

Deste modo, é possível saber quais tem contribuído com a cultura organizacional e quais precisarão ser “deletados” por afetarem negativamente a empresa.

Avaliação por resultado

Para ter sucesso, o método de avaliação por resultado depende, consideravelmente, do trabalho dos líderes e supervisores das equipes.

De modo objetivo, este indicador é construído a partir da comparação entre os resultados previstos e os resultados realmente entregues por determinada equipe ou funcionário.

A partir do levantamento de tais informações, o supervisor pode comparar estes dados com outras avaliações realizadas a respeito de seus colaboradores, de modo a contribuir na identificação daqueles trazem ganhos reais para a cultura da empresa.

Avaliação 360°

O último modelo de avaliação de desempenho de nossa lista é um dos métodos avaliativos mais completos para análise das capacidades de um funcionário.

Isso porque a avaliação 360° se traduz por um apanhado de feedbacks realizados de modo simultâneo, os quais tem por objetivo mensurar o desempenho do colaborador a partir de diferentes visões.

Neste sentido, o funcionário poderá ser avaliado pelo gestor de sua equipe, colegas de trabalho, equipes de recursos humanos e clientes.

A avaliação 360° pode englobar ainda uma autoavaliação do colaborador acerca de seu próprio desempenho.

O principal intuito da avaliação 360° (que pode também ser chamada de Feedback 360 graus ou de fontes múltiplas) é o de identificar quais pontos no desempenho de um funcionário precisam ser melhor desenvolvidos e quais tem atingido níveis satisfatórios para os objetivos da empresa.

Como aplicar avaliações de desempenho na rotina de seu empreendimento?

Para aplicar de modo eficiente as avaliações de desempenho no dia a dia de sua empresa, considere seguir três etapas que tendem a otimizar o processo e sistematizá-lo:

Avaliação diária

A avaliação de seus colaboradores deve ser encarada com um processo a ser integrado na rotina diário e não apenas algo realizado esporadicamente.

Observe diariamente o comportamento e a motivação de seus funcionários, qual sua postura, nível de comprometimento, quais suas maiores virtudes, de que forma ele vem contribuindo para o alcance das metas e como é a relação dele com os colegas.

Identificação dos pontos de melhoria

A partir de suas observações, é natural que você identifique os pontos de melhoria no trabalho dos seus colaboradores.

Com isso, mantenha um diálogo aberto, fornecendo feedbacks continuamente para as equipes.

Avalie ainda o empenho dos funcionários em cumprir com suas indicações.

Análises do perfil

Finalmente, o contato com o departamento de recursos humanos também deve ser constante.

O objetivo aqui é comparar diferentes indicadores de desempenho de modo a avaliar a evolução do funcionário dentro do ambiente organizacional.

Será preciso impor medidas mais sérias?

É possível contar de modo positivo com aquele colaborador?

Questões como essas precisam sempre estar no radar do gestor, tendo em mente a manutenção de equipes motivadas e produtivas.

Dica Final

Agora que você já conhece os principais métodos de avaliação de desempenho e sabe como aplicá-los na realidade de seu negócio, para concluir, nós lhe deixamos uma dica final: a avaliação das equipes é uma etapa crucial, mas não a única, para uma boa gestão de suas equipes.

Não deixe de buscar conhecimentos que aprimorem sua capacidade de liderança e melhore sua relação com os colaboradores de sua empresa, afinal de contas, com funcionários motivados, produtivos e eficientes, suas chances de crescimento serão sempre mais significativas.