As características que seu sócio NÃO pode ter

As características que seu sócio NÃO pode ter

4 tipos de sócio que com certeza você NÃO quer na sua empresa

Esse post faz parte da série de posts sobre Como escolher sócios, escrita pelo empreendedor Scher Soares (Grupo Triunfo).

O sócio indesejável é aquele que não atende as expectativas da empresa e da sociedade, lembrando que essas expectativas variam muito de negócio para negócio. Contudo, há alguns perfis característicos que merecem a atenção. São eles:

O empresário de mentirinha
Esse é aquele sócio que muitas veze está empreendendo pela primeira vez e normalmente de carona com algum sócio com o perfil mais empreendedor e visionário. O empresário de mentirinha tão logo entra em uma sociedade já começa a se ver como um grande empresário e a – como eu costumo dizer – brincar de empresário. Começa a fingir ser algo que ele não é e com frequência assume posturas que levam a péssimos resultados.

O oportunista
Um tipo de sócio muito perigoso, pois com frequência é preguiçoso e está interessado apenas em se beneficiar da sociedade. Tem um perfil instável e não está disposto a fazer o que precisa ser feito. No geral, entra em uma sociedade procurando por aquela oportunidade de ouro e tão logo vê que há pela frente trabalho duro e uma longa jornada, deixa o sócio na mão.

O especulador
Você conhece um sócio especulador quando já de início ele quer discutir demais questões como por exemplo os ganhos dele no curto prazo, quando ele passará a ter aquela remuneração de empresário e qual será o lucro que ele embolsará a cada ano. Aqui não devemos confundir o especulador com o investidor. O investidor precisa discutir essas questões para arquitetar seu investimento, mas o especulador é aquele sócio que, apesar de ter um papel na empresa, está interessado apenas em si mesmo. Fuja dele.

O sócio no bônus
Você certamente já ouviu falar que abrir uma empresa tem seus bônus e ônus. O que as vezes as pessoas não explicam é que, com frequência os ônus são todos no curto prazo e muito intensos, ao passo que o bônus só vem no longo prazo e mesmo assim aos poucos. Esse é outro perfil de sócio para você passar longe. São avessos ao ônus, não lidam bem com adversidades, não estão dispostos a pagar o preço e podem, além de não agregar nenhum valor, quebrar a empresa já no começo em função do seu apetite pelos bônus.

Para mais dicas sobre como encontrar sócios, veja os demais posts da série, assine nosso RSS ou curta nossa página no Facebook.