A vida como ela é: empreendedores

A vida como ela é: empreendedores

Empreendedores não são pessoas que levam a vida de acordo com a regra comum que diz o seguinte: estude bastante, entre numa boa universidade e consiga um bom emprego. Na verdade, ocorre exatamente o contrário.

Empreendedores não são pessoas que levam a vida de acordo com a regra comum que diz o seguinte: estude bastante, entre numa boa universidade e consiga um bom emprego. Na verdade, ocorre exatamente o contrário.

Isso significa que enquanto a grande maioria busca a tal estabilidade (que por sinal não existe mais), os empreendedores – e eu me incluo com muito orgulho nesse grupo – aceitam o desafio de fazer as coisas de um jeito diferente e de tentar o novo.

É claro que falando assim tudo parece muito bonito, mas a realidade é que as coisas não são nada fáceis para quem decide empreender. A luta é muito dura. Primeiro, porque você estará sozinho (não tem patrão, mas também não tem garantia de dinheiro na sua conta no início de cada mês). Segundo, porque, caso algo dê errado, sempre haverá alguém para ficar buzinando no seu ouvido e dizendo “eu avisei”.

A verdade nua e crua é que para empreender você tem que querer isso acima de qualquer coisa. Você precisa ter muita vontade de vencer e muita garra para superar os inúmeros desafios que, sem sombra de dúvida, aparecerão ao longo do caminho.

Esqueça toda aquela história glamorosa que você lê por aí. Empreender não é um conta de fadas. É difícil e vai exigir muito de você. Contudo, é recompensador. Afinal de contas, construir algo com as próprias mãos e deixar sua marca é simplesmente sensacional.

E então? De que lado você prefere ficar?

Consultoria online para empreendedores individuais e microempresários é na  www.negocioteca.com.
.

  • Empreender não pode ser uma simples escolha, tem que ser um sonho! Se não for assim você vai acabar voltando para a “segurança” da posição de funcionário…

    Muito legal o post, Victor, só não acho que o empreendedor necessite estar sozinho. Acho que uma das melhores coisas que ele pode fazer é abrir as portas para algum sócio (ou sócios) que possa também contribuir e sonhar junto com ele!

    Abraços!

    • Victor Santos

      Concordo contigo, Rafael. Quando disse sozinho me referi a questão de ser responsável por fazer a roda girar (não tem patrão, mas também não tem garantia de dinheiro na sua conta no início de cada mês). Foi nesse sentido, entendeu?