5 Pérolas de sabedoria da Trilogia Batman para o mundo dos negócios

5 Pérolas de sabedoria da Trilogia Batman para o mundo dos negócios

5 grandes aprendizados da trilogia Batman que empreendedores podem aplicar no mundo dos negócios

Este artigo foi escrito pelo Diego Wagner, CEO do Siga o Rastro.

Alfred, o mordomo de Bruce Wayne, é a personificação da sabedoria. Experiente, calmo, sempre sabe o que dizer. É o mentor que toda empresa gostaria de ter.

Mas não é só ele que compartilha sua sabedoria na última trilogia do homem morcego, muito pelo contrário, diversos personagens fazem comentários que podem ser exportados para o mundo dos negócios.

Confiram as 5 pérolas que separamos:

1- “Não é o que eu sou por dentro, e sim o que faço que me define”
– Rachel

Não são ideias ou discursos que irão definir a reputação de sua empresa, mas a constância de suas ações.

De que forma você lida com os problemas dos seus clientes? Como você trata os colaboradores e parceiros envolvidos com seu negócio? É esse tipo de ação que irá definir sua imagem perante o mercado.

Lembre-se: ações tem maior peso que palavras.

2- “A noite é sempre mais escura antes do amanhecer”
Harvey

Em diversos momentos você vai querer desistir, achando que já chegou no fundo do poço, que pior não pode ficar e que o melhor a fazer é partir para outra.

E é nessa hora, quando parece que tudo está dando errado, que a perseverança pode lhe trazer a recompensa.

3- “Por que tão sério? Vamos colocar um sorriso nesse rosto”
Coringa

As pessoas estão cansadas de lidar com empresas frias, instituições com um discurso elegante e polido, sempre com aquele ar de seriedade. Esse tipo de postura está completamente ultrapassada.

O que elas querem agora é se relacionar com empresas alegres, que tenham e demonstrem prazer em lhes servir.

Regra geral: trate seus clientes como trataria um amigo querido que não via há muito tempo.

4- “Alguns homens só querem ver o circo pegar fogo”
Alfred

Acredite, 20% dos seus clientes vão causar 80% dos seus problemas.

Isso ocorre por alguns motivos: eles podem não ser o seu perfil de cliente, podem estar put** da vida porque suas empresas estão com problemas e vão descontar sua frustração nos fornecedores, ou simplesmente porque eles gostam de ver o circo pegar fogo.

Quer uma dica?
Pare de fazer negócio com eles.

Selecione o perfil de cliente que mais causa dor de cabeça, e educadamente informe que não poderá mais atender suas necessidades. Até mesmo aponte alguém que poderia prover um serviço parecido.

Sua cabeça irá se livrar de grande parte dos problemas e passar a se concentrar em aspectos realmente importantes do negócio (veja mais na dica demita o seu cliente).

5- “Por que caímos? Para que possamos aprender a nos levantar!”
Thomas Wayne

Se você optou por criar um empreendimento próprio, prepara-se para cair. E para cair muito.

Estratégias traçadas irão se mostrar erradas, metas não serão cumpridas, e essa é só a ponta do iceberg. Mas o importante não é deixar de cair, mas saber se levantar (e aprender com o tombo).

Os maiores empreendedores do Brasil são calejados de tanto cair, e foi a capacidade de levantar a cabeça e seguir em frente que os levou até o topo.

Nesse momento é bom ter alguém que te dê a mão e ajude a se levantar. Um conselheiro, alguém que faça exatamente o que o Alfred faz com Bruce Wayne (mas para sua empresa).

Como nem sempre é fácil encontrar esse mentor, você pode buscar conselhos com os experts em negócios da Siga o Rastro, plataforma de aconselhamento online para empreendedores.

Que outras frases de filmes podem ser consideradas lições para o mundo dos negócios?

Não deixe de ver também os 10 filmes com grandes lições para o mundo dos negócios.