4 cs do marketing - homem digitando

Como usar os 4 Cs do marketing a favor da sua estratégia

Se você já ouviu falar dos 4 Ps do marketing chegou a hora de conhecer como os 4 Cs do marketing vai ajudar a montar uma estratégia de sucesso!

Os estudos sobre marketing pautam as estratégias das empresas, e isso não é por acaso, afinal, muitos pesquisadores trouxeram soluções valiosas para o mundo do empreendedorismo nas últimas décadas.

No entanto, se você precisa entender esses conceitos de forma rápida, não se preocupe. Neste post você vai saber o que são e para que servem os 4 Cs do marketing.

Os 4 Cs do marketing referem-se a: cliente, comunicação, conveniência e custo. Agora é hora de entender cada um deles.

1. Cliente

Quando falamos do cliente é importante frisar que o objetivo é entender quais são as suas necessidades de compra. Isso é importante porque durante muitos anos empresários acreditavam que primeiro precisavam de uma ideia e depois o cliente apareceria. No entanto, esse raciocínio tende a levar a empresa ao fracasso.

Vamos supor que você seja um grande cozinheiro e decida abrir um restaurante. Por mais gostosas que sejam as refeições, se não houver a necessidade de um restaurante naquela região, ele fechará as portas. Muitos empresários — principalmente os que estão começando — ignoram isso.

Resumindo o conceito de cliente: sua empresa precisa atender às necessidades que já existem. Não se cria uma necessidade, em alguns casos ela apenas não era perceptível.

2. Comunicação

Nesse aspecto entram as muitas possibilidades de comunicar-se com o cliente, como a publicidade, o atendimento etc. Uma boa comunicação é a que não deixa dúvidas, e isso vale para uma propaganda de TV ou para o atendente de telemarketing que precisa conhecer os produtos da sua empresa.

O cliente tem uma necessidade que precisa ser sanada, então a questão é: sua empresa pode atendê-lo? Ele buscará informações — com amigos, na internet, por telefone, lendo seu folder etc. ­ —, e com esse conteúdo ele decidirá (ou não) pela compra.

3. Conveniência

O cliente decidiu que sua empresa pode atendê-lo, mas a qualidade do seu serviço de entrega não é boa. Quando se fala em conveniência, a reflexão deve ser: o quão fácil é o acesso ao meu produto?

Questões como logística de entrega ou escolha do ponto comercial entram nesse quesito. Lembre-se que hoje, com a internet, muitos compradores optam pelo e-commerce, então quem está pensando em empreender nesse segmento deve atentar-se à conveniência.

4. Custo

O último dos 4Cs do marketing traz um conceito simples, mas importantíssimo: o quão acessível o seu preço está para o consumidor final? Lembre-se que o consumidor mede o preço de outras formas além da monetária.

Se uma pessoa compra seu produto, ela retira um valor do orçamento — que pode não estar previsto — e faz um “investimento” na sua empresa. Ela percebe esse gasto como algo útil ou necessário? Seus clientes costumam demonstrar arrependimento ao gastar no seu negócio?

O valor real da compra e a percepção que esse valor possui para o cliente são analisados nesse “C” do marketing.

Lembre-se que o ideal é que os 4 Cs do marketing façam parte de uma estratégia conjunta, ou seja, eles não devem pautar estratégias individuais, afinal são complementares. Agora que você já sabe um pouco mais sobre os Cs, conheça os 4 Ps do marketing!