12 cuidados na hora de escolher um novo sócio

12 cuidados na hora de escolher um novo sócio

Novos sócios podem funcionar de duas maneiras: muito bem ou muito mal. Aqui vão 12 dicas para ajudar no processo de escolha de um novo sócio.

Este texto faz parte da coluna da Plataforma Brasil feito especialmente para os leitores do Saia do Lugar.
Por: Gustavo Chierighini, fundador da Plataforma Brasil Editorial.

Tocar um negócio é tarefa árdua. Exige disciplina, coragem, e muito um empenho.

Isso é conhecido, porém, quando o esforço demandado começa a ultrapassar os limites do razoável, talvez tenha chegado a hora de atrair um novo sócio, e como sabemos sociedade é algo que se forma com cautela e caldo de galinha.

Bem formatada e escolhida, pode funcionar como uma alavanca para o futuro, mas se não funcionar, certamente representará um retrocesso difícil de administrar.

Entretanto, com a adoção de alguns cuidados na hora de selecionar esse novo casamento, as chances de sucesso aumentam exponencialmente, e como resultado todos ganham: a empresa, os sócios (antigos e novos), e sua saúde também (a biológica e a financeira).

Vamos lá:

1. Antes de tudo saiba com clareza quais são os motivos que o levaram a decisão de atrair um novo sócio. Com isso, poderá selecionar a partir de parâmetros específicos e assim elevar as chances de êxito.

2. Não se baseie nas ultimas modinhas de gestão, escolha com objetividade e de forma totalmente particularizada para com a realidade da sua empresa;

3. Não se preocupe em encontrar pessoas que pensem rigorosamente em sintonia com você, por um único motivo: essas pessoas simplesmente não existem. Naturalmente que deve existir uma boa convergência de pensamento, filosofia empreendedora e visão do negócio, mas nada além disso. Em resumo, prepare-se para enfrentar eventuais conflitos de ideias. Isso ocorrendo de forma saudável e estruturada, traz benefícios para todos. Busque competências e perfis complementares.

4. Saiba identificar perfis efetivamente empreendedores, mesmo que o novo sócio venha para administrar o dia-a-dia, essa pegada é fundamental, afinal de contas dividirão responsabilidades, buchas, lucros e prejuízos quando for o caso. Deve ser alguém que alimente fervorosamente o sonho de independência e liberdade, e que por conta disso esteja preparada para enfrentar adversidades, obstáculos, sempre cm paciência e perseverança.

5. Evite fanáticos desprovidos do mínimo de auto ceticismo. É importante acreditar no que se faz ou no que se investe, mas levar-se a sério demais pode ser perigoso, pois anula o senso crítico e dilui a sensibilidade diante de perigos e abismos.

6. Evite pessoas que enveredam pelo empreendedorismo como solução. Esta escolha deve ser antes uma opção. Está mais para vocação do que para a união do útil ao agradável.

7. Tente captar como essa pessoa reagiria em momentos de grande stress ou fadiga. A serenidade e a resistência emocional são características fundamentais em um sócio.

8. Procure pessoas que saibam discutir no campo das ideias, argumentando e expondo motivos e conclusões com lógica, mas também com autoconfiança suficiente para ceder e aceitar que foi voto vencido em um embate com naturalidade. Um novo sócio deve saber conviver, e encarar as discussões como algo natural, por mais acaloradas que sejam.

9. Pode parecer um clichê, mas só admita sócios com valores éticos elevados, para quem a honestidade é um valor em sí e não um comportamento útil diante da ditadura do politicamente correto.

10. O novo sócio deve ser alguém que goste de trabalhar duro, sem ser viciado, mas que encontre no trabalho uma forma de satisfação e afirmação da existência.

11. Procure pessoas que saibam conviver com os erros. Eles são inevitáveis, mas não saber como lidar com eles no dia seguinte pode ser contraproducente e fatal.

12. Tente trazer gente mais experiente e mais competente do que você. Todos ganham com isso.

Boa sorte, até o próximo, e feliz convivência.

Plataforma Brasil Editorial atua como uma agência independente na produção de conteúdo e informação.

Para ler outros ótimos artigos da coluna da Plataforma Brasil no Saia do Lugar, clique aqui. Para ler outros artigos da nossa seção sobre como começar empresa, clique aqui.

  • Nandalacerdap

    Ótimo texto! São princípios que realmente devem ser observados quando procuramos uma pessoa para sócio. Além disso, eu resumiria que é necessário ter uma personalidade compatível e querer ir para o mesmo lugar.

    Abraços